Como fazer um buquê de noiva

28 de setembro de 2019
Ao fazer um buquê de noiva não só evitará gastar muito mais dinheiro para o seu casamento, mas também fará algo para você mesma em um dia importante da sua vida. 

Se você estiver planejando um casamento econômico, ou do tipo faça-você-mesmo, e tiver tempo para cuidar de várias coisas ao mesmo tempo, talvez queira saber como fazer um buquê de noiva. Esse elemento geralmente é bastante caro se for comprado pronto, principalmente se inclui flores exóticas.

Para economizar algum dinheiro e fazer alguma coisa para você mesma naquele dia especial, basta começar a trabalhar. Não é tão difícil quanto parece. Você pode até fazer alguns testes, até chegar ao mais bonito e perfeito para a festa.

Passos para fazer um buquê de noiva: escolher as flores 

Flores do buquê de casamento

Como primeiro passo você deve determinar que tipo de buquê prefere, qual a cor das flores, e como deseja que o buquê seja (mais ou menos carregado, com acessórios, vintage, etc…).

Para gastar muito menos recomendamos que você escolha flores da estação e do próprio local.
Você pode comprá-las em um mercado, ou até mesmo pela internet:

  • Uma das melhores é a hortênsia, que cresce o ano todo.
  • A anêmona está disponível em todas as cores e também floresce entre a primavera e o outono.
  • As papoulas são vermelhas, mas também existem em outros tons.
  • Os copos-de-leite são brancos com matizes amarelas, vermelhas, roxas ou laranjas.
  • Os crisântemos, as margaridas, e as rosas florescem o ano todo, e podem ser obtidos em quase todas as cores.
  • Para o verão, exclusivamente, existem dálias, delfínios e lisiantos.
  • Se, pelo contrário, você se casar no inverno, pode optar por orquídeas, tulipas ou ranúnculos.

Por outro lado, se você não quer flores frescas ou prefere fazer um buquê de noiva com antecedência, a melhor opção é usar a lavanda. Esta planta é muito bonita quando está seca e permite combiná-la com outras de tons de branco ou amarelo, por exemplo. Assim, é ideal se a decoração do seu casamento incluir o roxo ou o lilás.

Segundo passo:elaborandoo buquê de noiva 

Depois de ter as flores para o seu buquê, prepare o espaço de trabalho. Você pode escolher a cozinha ou a varanda, o terraço ou o pátio; A ideia é que, no final, você possa limpar facilmente.
Compre os materiais necessários: tesouras, fitas, cola, agulha e linha, alfinetes, apliques, etc…

Primeiro, com um removedor de folhas ou uma tesoura, remova as folhas e os espinhos de todas as flores.
A ideia é que elas fiquem lisas para não machucá-la ou espetá-la, e que fiquem mais bonitas.
Tente garantir que todas as extremidades sejam do mesmo tamanho.

Remova também as pétalas que não estiverem saudáveis, ​​ou cuja cor esteja apagada. Para montar o buquê em si, não há regras a serem seguidas; é simplesmente ir “adicionando flores” com a combinação que você goste.

No caso de as flores terem tons diferentes, você pode intercalá-las. A ideia é que comece no centro, e coloque o buquê em uma forma circular, adicionando mais flores ao redor. A largura que terá pode depender do seu gosto, e até do tamanho da sua mão.

Aproveite o colorido: Um japonês plantou milhares de flores para que sua esposa cega sentisse seu aroma

Terceiro passo: o ramalhete 

Buquê de casamento em forma de coração

Para fazer um buquê de casamento você deve levar em consideração o vestido, a cor que prevalecerá na sua festa, e o estilo da celebração. Por exemplo, você pode fazer um ramalhete com fendas ou rendas se sua vestimenta também leva isso, ou, mesmo que o vestido seja simples, dê a si mesma o prazer de levar um buquê impressionante.

Depois de preparar o buquê recomendamos que você o prenda com um elástico ou fita, e em seguida comece a decorar os caules ou a amarração que terá.
É aqui que você expõe suas habilidades artísticas, pois é possível fazê-lo de diferentes maneiras ou materiais.

O mais rápido e fácil é comprar uma fita e enrolar as hastes das flores com ela. Para que não se mova, coloque um pouco de cola em uma extremidade, faça todas as curvas que considerar necessárias e, quando terminar, fixe com mais cola.

É um dia muito especial: O amor precisa ser cuidado desde a raiz para que floresça diariamente

Finalmente:ornamentospara um buquê de casamento 

Você pode adicionar uma fita de outra cor (ou da mesma) na forma de um arco, ou decorar com pérolas ou apliques no centro. Lembre-se de que você deve carregar o buquê na mão, e este não deve incomodá-la em nenhum momento.

Não é necessário que todo o caule esteja coberto com fitas. Alguns desenhos usam apenas esse elemento ao meio para que a noiva possa segurá-lo sem problemas (e sem se machucar, ou ficar com a mão verde).

Uma ideia de faça-você-mesmo que incluireciclagemé usar um tubo de papelão decorado com fitas de cetim. Isso dará mais apoio às suas flores, e impedirá que elas se desmanchem. Lembre-se de que durante o casamento você ficará muito nervosa ou ansiosa. Esta opção permite manter o buquê sempre em boas condições.

Noiva segurando buquê de casamento

E se você não gosta da ideia de fazer um buquê de noiva com flores… sempre pode inovar. Será uma ideia mais do que original, e com aquilo você já tem em casa. Que tal fazer flores com tecidos ou sedas?

Inclusive, algumas noivas são incentivadas a fazê-las com papel, broches, pérolas e até com feltro. Ao contrário dos florais, esses buquês duram muito mais, e você pode mantê-lo entre seus principais tesouros. Além disso, se você seguir a tradição de jogá-lo aos convidados solteiros convidados no dia do casamento, será uma lembrança muito preciosa para quem conseguir pegá-lo.