Síndrome do olho seco: o que é e como combatê-la de forma natural

· 18 de novembro de 2017
Para evitar as complicações causadas pela síndrome do olho seco, é fundamental descansar a vista dos dispositivos eletrônicos, piscar com frequência e fazer exercícios oculares.

A síndrome do olho seco, também conhecida como queratoconjuntivite, é uma doença que se desenvolve quando os olhos não produzem lubrificante lacrimal suficiente para manter a superfície do olho úmida.

Isso produz uma resposta inflamatória em seus delicados tecidos e, além disso, gera incômodos como a coceira, a vermelhidão e a sensibilidade.

Inclusive, quando não é tratada adequadamente, pode influir na deterioração da córnea, bem como a deterioração conjuntiva.

É mais frequente entre as pessoas da terceira idade, ainda que possa aparecer em idades bem jovens, quando há exposição a ambientes contaminados ou lesões.

A boa notícia é que seus sintomas podem ser controlados de forma natural, já que alguns ingredientes umedecem a região afetada, sem causar irritação ou efeitos indesejados.

Neste artigo, contaremos mais detalhes sobre seu desenvolvimento e como preparar alguns remédios para promover seu alívio.

Confira!

Quais são as causas da síndrome do olho seco?

Esta doença ocular não tem uma causa exata definida, ainda que um grande número de casos estejam relacionados às mudanças hormonais.

Em geral, o problema pode surgir por:

  • Envelhecimento, já que a secreção das lágrimas diminui com a idade
  • Diminuição dos níveis de estrogênio
  • Uso de lentes de contato
  • Cirurgias oculares
  • Exposição prolongada ao sol
  • Consumo de remédios para o resfriado
  • Exposição a ambientes com ar condicionado
  • Fumaça de cigarro
  • Doenças crônicas, como o Parkinson e a diabetes

Você ainda pode se interessar por: Remédios caseiros para aliviar a síndrome do túnel do carpo

Como se manifesta a síndrome do olho seco?

Olho vermelho pela Síndrome do Olho Seco

Os sintomas da síndrome do olho seco são variáveis para cada paciente, quase sempre em função dos fatores que a provocam.

Entre suas manifestações clínicas mais comuns, cabe mencionar por exemplo:

  • Secura ocular
  • Sensação de areia nos olhos
  • Incômodo ao piscar
  • Vermelhidão nos olhos
  • Olhos ardendo
  • Aumento da sensibilidade à luz
  • Visão borrada
  • Dor de cabeça

Tratamentos naturais para a síndrome do olho seco

Para que você consiga superar os sintomas dessa doença, podem ser receitadas lágrimas artificiais, que podem ou não ter conservantes.

Elas são usadas de 2 a 4 vezes ao dia. Essa variação ocorre pois a aplicação depende da gravidade do problema.

No entanto, além disso, podemos usar vários remédios naturais que também equilibram a secura.

Compressas com camomila

Mulher com compressas de camomila nos olhos

As compressas com chá de camomila são um tratamento anti-inflamatório, já que diminui a vermelhidão e a ardência causada pela doença do olho seco.

Ingredientes

  • 2 colheres de camomila (20 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo

  • Coloque a camomila numa xícara de água fervendo e deixe repousar por 15 minutos.

Modo de usar

  • Assim que o chá estiver morno, aplique sobre os olhos com dois chumaços de algodão ou panos limpos.
  • Por fim, deixe o tratamento agir por 10 minutos e repita 2 vezes ao dia, se considerar necessário.

Compressas com chá preto

O chá preto é repleto de substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias que ajudam a proteger as áreas externas dos olhos quando eles não produzem lubrificante lacrimal suficiente.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 2 colheres de chá preto (20 g)

Modo de preparo

  • Primeiramente leve uma xícara de água a fogo e, após ferver, junte a colher de chá preto.
  • Por fim, deixe a bebida repousar durante 20 minutos e coe.

Modo de uso

  • Após comprovar que a bebida está morna, mergulhe dois chumaços de algodão no líquido e aplique sobre os olhos.
  • Em seguida deixe agir por 10 minutos e repita o tratamento todos os dias.
  • Se quiser, leve a bebida à geladeira para aplicá-la bem fria.

Você ainda por se interessar por: 5 Fatos importantes que você não sabia sobre Síndrome do coração partido

Rodelas de pepino

Mulher com rodelas de pepinos nos olhos

O clássico remédio com rodelas de pepino continua valendo como uma solução natural para os sintomas que afetam a visão pelo excesso de secura.

Ingredientes

  • 4 rodelas de pepino

Modo de preparo

  • Ponha as rodelas de pepino no congelador e deixe-as gelar durante 2 horas.

Modo de uso

  • Quando estiverem geladas, aplique-as sobre os olhos, no mínimo durante 10 minutos.
  • Recomendamos cortar 4 rodelas, porque assim você poderá trocá-las quando começarem a se aquecer.

Outras considerações…

  • Lembre-se de que, além de usar remédios naturais, é importante descansar a vista, sobretudo depois de passar muito tempo diante de dispositivos eletrônicos.
  • Aumente o consumo de água para evitar os olhos secos por desidratação.
  • Pisque e faça exercícios para os olhos.
  • Consuma alimentos com antioxidantes e ômega 3.

Você sente os olhos secos e irritados? Se esse sintoma é recorrente, consulte o médico para descartar complicações.

  • Fonseca, E. C., Arruda, G. V., & Rocha, E. M. (2010). Olho seco: etiopatogenia e tratamento. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. https://doi.org/10.1590/S0004-27492010000200021
  • Freitag, M. M. (2004). Olho seco : conceitos , história natural e classificações. Arquivo Brasileiro de Oftalmologia. https://doi.org/10.1093/jnci/djt276
  • Coral-Ghanem, C., Ghanem, V. C., & Ghanem, R. C. (2009). Lentes de contato terapêuticas e as vantagens dos materiais de alto Dk. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. https://doi.org/10.1590/S0004-27492008000700005