Rotina de exercícios para fortalecer a cervical

14 Janeiro, 2020
Você sofre de dores frequentes no pescoço? Você pode ter problemas nos músculos cervicais e precisar de algum exercício.

Os músculos cervicais precisam ser fortalecidos diariamente para evitar sobrecarga de trabalho e sobrecarregá-los.

A dor dos músculos cervicais é uma das doenças de maior consulta médica no momento e, muitas vezes, devido a más posturas.

Para evitá-las, nada melhor do que fazer exercícios de alongamento e outras atividades que garantam sua elasticidade e aumentem a massa muscular.

Neste artigo, ensinaremos você a exercitar os cervicais e alguns dos benefícios de manter essa área tonificada.

Benefícios dos exercícios para fortalecer a cervical

Contar com músculos cervicais fortes será uma vantagem para manter uma boa postura.

Esses músculos não apenas se interconectam com as costas, como também, além disso, contêm uma série de fibras nervosas que podem ser afetadas pela falta de treinamento.

Ajuda a manter o equilíbrio

Os movimentos motores básicos que desenvolvem o equilíbrio dinâmico se harmonizam com o exercício adequado.

Manter a força desses músculos contribui para evitar a tontura de origem cervical.

Melhora a qualidade da respiração

Manter a flexibilidade no pescoço tem um impacto na eficácia respiratória, sobretudo ao fazer exercícios.

Os músculos da região se contraem durante os exercícios, e se não nos exercitarmos adequadamente, podem se lesionar, causando a tão conhecida dor cervical.

Ajuda a liberar o estresse

Os exercícios para fortalecer a cervical ajudam a liberar a tensão acumulada pela rotina diária.

Uma sessão de exercícios é ideal para eliminar a rigidez no pescoço e relaxar os músculos relacionados.

Exercícios para fortalecer a cervical

É importante manter os músculos da cervical com a elasticidade de que necessitam.

Para conseguir isso, adote uma rotina de exercícios que ajude a fortalecer o tônus muscular e, assim, evitar ou diminuir contraturas que podem ser incapacitantes.

Os exercícios que recomendamos a seguir ajudarão a manter os músculos da cervical flexíveis. Lembre-se de que é sempre importante fazer um aquecimento muscular pouco antes.

Além disso, certifique-se de adotar a postura correta ao executá-los, pois uma execução inadequada do exercício pode piorar a dor ou causar lesões.

Em caso de dúvida, é melhor consultar um treinador ou profissional sobre o assunto. O que acha de colocá-los em prática?

Exercício 1: Flexão para a frente

Mulher com dor na cervical

  • Sente-se com a coluna ereta, olhando para a frente.
  • Estique as mãos à frente do corpo e pressione, ao mesmo tempo em que impõe força com sua cabeça para levá-la para a frente.
  • Repita 10 vezes.

Exercícios 2. Flexão de lado

  • Assim como o exercício anterior, coloque a mão nas têmporas enquanto tenta empurrar para o lado contrário com a cabeça, sentindo a tensão.
  • Faça este movimento inclinando a cabeça até que a orelha quase roce o ombro.
  • Repita com o outro ombro.
  • Faça 5 repetições.

Após o aquecimento, realize os seguintes exercícios:

Exercício 3:

Mulher com dor na cervical

  • Abaixe a cabeça para a frente, sentindo como a parte posterior do pescoço se alonga.
  • Mantenha a posição por 5 segundos.
  • Faça o mesmo para trás, inclinando o máximo possível. Mantenha por 5 segundos.
  • Descanse por 10 segundos.
  • Repita 5 vezes.

Exercício 4

  • Gire a cabeça, como se fosse olhar para o ombro.
  • Volte lentamente para a frente.
  • Gire no sentido contrário.
  • Repita 10 vezes.

Exercício 5

Homem com dor na cervical

  • Deixe cair suavemente a cabeça para a frente.
  • Gire lentamente para a esquerda, fazendo um movimento circular que leve a cabeça para trás e para a direita e, por fim, volte à posição inicial.
  • Descanse assim 5 segundos.
  • Repita do lado oposto.
  • Faça isso 5 vezes de cada lado.

Exercício 6

  • Sem mover a cabeça, levante os ombros como se quisesse tocar as orelhas com eles.
  • Mantenha essa posição por 5 segundos.
  • Em seguida, abaixe os ombros o máximo que puder.
  • Mantenha por 5 segundos.
  • Repita 10 vezes, em ambos os sentidos.

É importante destacar que esses exercícios devem ser realizados com suavidade e sem pressa. Os movimentos violentos podem gerar torções.

Manter um pescoço forte é fundamental para ter uma vida sem dor.

Uma postura incorreta, passar longos períodos na frente do computador, dormir com um travesseiro inadequado e deixar o estresse se acumular são fatores desencadeantes de problemas na cervical.

  • Desfrute de um descanso merecido, liberando-se das preocupações diárias.
  • Aproveite os benefícios de uma curta caminhada, incluindo-a em sua rotina diária.
  • Lembre-se de empregar técnicas de relaxamento, como a respiração pausada e profunda, para regular o estresse.

Tudo o que foi mencionado, somado aos exercícios recomendados, resultará em um benefício real para a sua saúde.

Imagem principal: cortesia de © wikiHow.com

  • Wilmore, J. H., Costill, D. L., & Gleim, G. W. (1995). Physiology of Sport and Exercise. Medicine & Science in Sports & Exercise. https://doi.org/10.1249/00005768-199505000-00024
  • Suvarnnato T, Puntumetakul R, Uthaikhup S, Boucaut R. Effect of specific deep cervical muscle exercises on functional disability, pain intensity, craniovertebral angle, and neck-muscle strength in chronic mechanical neck pain: a randomized controlled trial. J Pain Res. 2019;12:915–925. Published 2019 Mar 7. doi:10.2147/JPR.S190125
  • Falla, D., Jull, G., Russell, T., Vicenzino, B., & Hodges, P. (2007). Effect of Neck Exercise on Sitting Posture in Patients With Chronic Neck Pain. Physical Therapy. https://doi.org/10.2522/ptj.20060009
  • Johnston, V., Jull, G., Souvlis, T., & Jimmieson, N. L. (2008). Neck movement and muscle activity characteristics in female office workers with neck pain. Spine. https://doi.org/10.1097/BRS.0b013e3181657d0d