Como resolver os problemas do relacionamento?

Os problemas do relacionamento não precisam significar o fim do mundo. Pelo contrário, podem ser uma oportunidade para melhorar alguns aspectos e estreitar os laços.
Como resolver os problemas do relacionamento?

Última atualização: 19 Março, 2021

Em algumas situações, você pode ter dificuldade para resolver os problemas do seu relacionamento. No entanto, isso não significa que você deva desistir de tudo e se sentir mal porque o “fim” da relação está próximo.

Muitas pessoas têm problemas de relacionamento por vários motivos. Enquanto alguns os compartilham com pessoas de confiança ou diretamente com especialistas em diferentes áreas, outros não ousam falar sobre o assunto, porque consideram que não sabem como fazê-lo ou porque temem que o assunto piore.

Isso já aconteceu com você? Você já teve dificuldade em conversar com seu parceiro sobre algo que o incomoda? Você tem um problema e gostaria de resolvê-lo, mas não sabe como? Não se preocupe, a mesma coisa acontece com muitas outras pessoas. Isso não é algo fora do comum.

A seguir, compartilharemos algumas dicas que podem te ajudar a resolver seus problemas de relacionamento. Porém, você deve ter em mente que, em alguns casos, pode ser necessário consultar um especialista.

Quais são os problemas de relacionamento mais comuns?

Casal brigado

Como comentamos anteriormente, há vários motivos pelos quais um casal pode ter problemas. Alguns dos mais comuns são os seguintes:

Ciúmes

Junto com a desconfiança e a falta de respeito pela privacidade ou intimidade do outro, o ciúme é um dos problemas de relacionamento mais comuns e geralmente se origina não só da má comunicação, mas também de problemas de autoestima e distorções cognitivas. É aconselhável abordar essas questões com ajuda profissional. 

Comunicação disfuncional

A falta de empatia, o uso de esquemas passivo-agressivos, a manipulação e a falta de assertividade podem prejudicar o relacionamento, gerando conflitos e desconforto em ambos os membros do casal.

Por outro lado, evitar falar sobre determinados temas para “evitar conflitos” pode ser contraproducente, uma vez que a preocupação se prolonga e não encontramos uma solução. Evitar certos temas, embora a princípio possa parecer uma boa estratégia, só impede que vocês dois conversem, cheguem a um acordo e normalizem o fato de que o diálogo é necessário para manter um relacionamento saudável.

Falta ou excesso de tempo juntos

Como diz o famoso provérbio: todos os excessos são prejudiciais. Nesse sentido, se duas pessoas não conseguem passar um tempo juntas devido ao excesso de responsabilidades, isso pode causar diversos problemas no relacionamento. Por exemplo, uma das partes pode considerar que não foi tratada como prioridade e que permaneceu em um segundo ou terceiro plano na vida da outra.

Por outro lado, quando duas pessoas passam muito tempo juntas, elas também podem ter problemas porque não se permitem um espaço para funcionar por conta própria e ter algum tempo para si mesmas, seus hobbies , seus projetos, etc.

Problemas de convivência

No dia a dia, um casal também pode ter problemas de convivência em maior ou menor grau. Geralmente, eles giram em torno da divisão de tarefas, da manutenção da casa, do cuidado com o animal de estimação e da criação dos filhos.

Ao conversar sobre o que incomoda e tentar chegar a um acordo, é possível superar a maioria dos problemas.

Falta de um projeto de vida comum

A falta de visão de futuro e de um projeto de vida em comum pelo qual trabalhar em equipe também pode causar problemas na relação do casal, pois gera grandes incertezas, insegurança e múltiplas preocupações. 

Pode ser que também haja alguma desigualdade de abordagem. Por exemplo, uma das duas partes pode evitar falar sobre o assunto porque pensa que é “muito cedo”, enquanto a outra está ansiosa para consolidar ainda mais a relação e ter pelo menos um esboço geral das possibilidades.

Desentendimentos na cama

Outros dos problemas de relacionamento mais comuns são aqueles relacionados à vida sexualA comunicação tende a desempenhar um papel nesse âmbito.

Se o casal não conversa abertamente sobre as vulnerabilidades, preocupações ou até mesmo fantasias, preferências, o desejo de compartilhar uma experiência específica, o desejo de estimular o ponto G e experimentar algumas brincadeiras sexuais, pode acabar se distanciando e gerando conflitos.

Além disso, as incompatibilidades no sexo são um ponto que deve ser abordado. Caso contrário, não será possível chegar a um lugar comum para resolvê-las. Para isso, você pode considerar recorrer a um especialista.

O sexo pode ser uma forma de resolver os problemas do relacionamento?

Casal junto na cama

Muitas séries e filmes costumam dizer que a melhor forma de resolver um conflito é na cama. Por esse motivo, muitas pessoas replicam esse comportamento.

No entanto, será que essa seria a melhor maneira de resolver seus problemas de relacionamento? Certamente não. Não é conveniente aplicar a mesma medida para todos os problemas que possam surgir no relacionamento.

Embora seja verdade que a atividade sexual pode contribuir para a proximidade do casal e liberar a tensão, não é uma solução para os conflitos. Na verdade, pode se tornar um “remendo”, que nada mais faz do que prolongar o desconforto.

No entanto, quando os problemas de relacionamento se originam na cama, a solução pode estar lá. Nesses casos, você pode consultar um psicólogo ou sexólogo. 

Comunicação, o pilar para resolver seus problemas de relacionamento

Terapia de casal

Para resolver seus problemas de relacionamento, além de conversar com o parceiro, você também pode considerar iniciar uma terapia. O auxílio profissional pode ser de grande ajuda.

Como você pode perceber, a solução de um problema pode ser encontrada falando com respeito sobre tudo o que gera preocupação, a forma como cada pessoa enxerga a situação e como o problema poderia ser resolvido, para que os dois se sintam confortáveis e felizes no relacionamento.

O sexo pode ser um complemento válido em alguns casos, mas não é a solução para todos os conflitos. Portanto, priorize a boa comunicação, pois é ela que permite fortalecer e cuidar do relacionamento e melhorar outros aspectos, como a convivência.

A comunicação desempenha um papel fundamental na abordagem e resolução dos problemas, seja com o parceiro ou de qualquer outra natureza. Ela permite expor preocupações e encontrar um lugar comum no qual ambas as pessoas possam se sentir confortáveis.

Pode interessar a você...
Como manter a paixão no relacionamento?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Como manter a paixão no relacionamento?

A monotonia, entre outros fatores, costuma afetar a convivência dos casais. No entanto, há maneiras de manter a paixão viva no relacionamento.