Remédios naturais para os problemas da próstata

24 de outubro de 2018
O consumo abundante de água ao longo do dia é uma excelente forma tanto de prevenir, como de aliviar os problemas da próstata e suas possíveis complicações.

Entre os 40 e 50 anos, os homens começam a sofrer problemas da próstata. Felizmente existem remédios naturais que podem ajudar a reduzir os riscos nessa glândula. Confira nesse artigo!

Existem várias doenças que causam desconforto nos homens durante a velhice devido aos distúrbios da próstata. Quando falamos da próstata, nos referimos ao órgão glandular do sistema geniturinário do homem. Ele tem o tamanho de uma noz e se encontra na base da bexiga.

Sua principal função é permitir a saída do sêmen durante a relação sexual. O tamanho da próstata se mantém estável até por volta dos 45 anos, quando começa a crescer. Seu aumento progressivo causa muitos problemas ao urinar.

Conheça os problemas da próstata mais comuns

Entre os problemas da próstata, estão a prostatite e a hiperplasia prostática benigna.

  • A prostatite é uma infecção na próstata causada por uma bactéria.
  • A hiperplasia prostática benigna é o crescimento normal da próstata ao longo do processo de envelhecimento masculino.

As enfermidades relacionadas à próstata se devem principalmente aos processos infecciosos ou inflamatórios. O tratamento com antibióticos é fundamental, mas certos remédios caseiros também têm se mostrado úteis no tratamento dos transtornos da próstata.

Conheça o Saw palmetto para a próstata e o trato urinário

O sabal

Visite o médico caso tenha problemas da próstata

Também conhecido como palmito americano, é uma planta de origem norte-americana. Ela também é usada em muitos países europeus, como Espanha, Itália, Alemanha e França.

Dentro de suas virtudes, está a inibição da testosterona, que evita a inflamação e a possível obstrução do canal urinário. Se a uretra permanecer desobstruída, evita-se o acúmulo de bactérias provenientes da urina, impedindo a progressão de qualquer processo infeccioso.

  • O sabal é amplamente utilizado na forma de chá, cápsulas ou extrato líquido. Simples, eficaz e econômico!

A semente de pólen

Há muitos benefícios relacionados ao consumo diário de uma colher de chá (8 gramas, em média) de pólen de abelha. O pólen é eficaz para reduzir as infecções e combater as bactérias da urina.

Essa semente é principalmente utilizada pelo seu poder antibiótico e reduz o risco de contrair infecções urinárias. Seu consumo gera efeitos imediatos no organismo.

Sementes de abóbora

Trata-se de um remédio bem fácil de preparar, seja como chá ou como tempero natural para os alimentos. As sementes de abóbora impedem o crescimento acelerado da próstata.

As sementes de abóbora têm múltiplos benefícios porque contam com nutrientes essenciais para o organismo, como o zinco, fósforo, cobre, potássio, ferro e magnésio.

  • Você pode incluir as sementes em receitas simples, como biscoitos, sobremesas, molhos, entre outros.

Salsa, limão e cenoura

Fáceis de preparar em forma de suco para o café da manhã ou como acompanhamento para algumas comidas, esses ingredientes são ótimos por seu efeito diurético. Isso promove a eliminação de toxinas pela urina e facilita a função da bexiga.

A salsinha, o limão e a cenoura servem como diuréticos naturais. Por isso, graças às suas propriedades, limpam o corpo das toxinas e bactérias.

Não deixe de experimentar esse Remédio caseiro com salsa e limão para limpar os rins

Consuma tomates

Os tomates são ricos em um pigmento vegetal chamado licopeno, que exerce um efeito antioxidante, diminuindo o tamanho da próstata.

Eles são ótimos para evitar o câncer na próstata. Este composto se encarrega de promover a destruição das células cancerígenas que invadem essa glândula.

  • Você pode usar os tomates para fazer suco ou para comer com salada. De qualquer forma, ajudará o seu organismo a se manter saudável e diminuirá os problemas da próstata.
Tomates para problemas da próstata

O manjericão e a seda de milho

Ambos os remédios naturais oferecem grandes vantagens, como anti-inflamatórios naturais. Você pode consumi-los nas saladas ou pode liquidificá-los para beber. De qualquer forma, isso vai reduzir o risco do crescimento prostático e do desenvolvimento de câncer.

O tratamento vai se basear, como em muitas doenças, em levar uma vida saudável, manter uma alimentação balanceada e usar produtos naturais como remédio para as doenças.

Cientistas de todo o mundo têm estudado os efeitos do consumo regular de água ao longo do dia. Ao promover a produção de urina, você vai facilitar a excreção de substâncias tóxicas do organismo. Da mesma forma, será evitado o acúmulo de bactérias no trato urinário.

Um diagnóstico precoce pode levar a um tratamento mais eficaz e uma recuperação bem-sucedida. Com esses remédios naturais, você poderá ajudar seu corpo a combater os problemas da próstata.

  • Nilsen ES, Sæterdal I, Underland V. Serenoa repens for benign prostatic hyperplasia. Alternative Therapies in Health and Medicine. 2012.
  • Komosinska-Vassev K, Olczyk P, Kaźmierczak J, Mencner L, Olczyk K. Bee pollen: Chemical composition and therapeutic application. Evidence-based Complementary and Alternative Medicine. 2015.
  • Vahlensieck W, Theurer C, Pfitzer E, Patz B, Banik N, Engelmann U. Effects of pumpkin seed in men with lower urinary tract symptoms due to benign prostatic hyperplasia in the one-year, randomized, placebo-controlled GRANU study. Urol Int. 2015;
  • Xu X, Li J, Wang X, Wang S, Meng S, Zhu Y, et al. Tomato consumption and prostate cancer risk: A systematic review and meta-analysis. Sci Rep. 2016;