Remédios caseiros para tratar os pés e tornozelos inchados

· 29 de julho de 2015
Além de servir para aliviar o inchaço, os banhos de pés com sal grosso ou com ervas medicinais nos ajudam a relaxar depois de um longo dia de trabalho.

O uso de sapatos com salto, a gravidez, ficar o dia todo sentado, uma viagem de avião de muitas horas, problemas circulatórios ou edemas… Muitas são as causas dos pés e tornozelos inchados. Se você quiser reverter esta situação, leia este artigo onde encontrará os melhores remédios caseiros para esse problema.

O que você deve saber sobre os pés e tornozelos inchados

É um problema bem comum, sobretudo nas mulheres. Essa condição é chamada de edema periférico ou retenção de líquidos, os quais se concentram nas extremidades, fundamentalmente nos tornozelos e pés.

É um sintoma habitual da gravidez, por exemplo, mas também de uma alimentação com muito sal ou gorduras, de um calçado inapropriado ou um tipo de trabalho realizado.

Os pés e os tornozelos inchados podem ter diversas causas. Além das já indicadas acima, podemos destacar:

  • O sedentarismo;
  • O excesso de peso;
  • Mudanças hormonais durante o ciclo menstrual;
  • Menopausa e doenças cardíacas;
  • Insuficiência renal;
  • Problemas hepáticos.
Retenção-de-liquidos-500x404

Como tratar os pés e tornozelos inchados?

Graças às seguintes técnicas, você pode aliviar os sintomas dos pés e tornozelos inchados. Preste atenção e coloque esses conselhos em prática:

Massagens

Elas podem nos ajudar a reativar a circulação, uma das causas dos pés e tornozelos inchados. Antes de começar, banhe seus pés em uma bacia com água morna e essências, por exemplo, com algumas ervas (que são as mesmas usadas para preparar infusões).

Depois que os pés e tornozelos estiverem limpos, seque com uma toalha. Aplique algumas gotas de óleo essencial (por exemplo, sálvia, alfazema ou alecrim) ou, se você não tiver esses óleos à disposição, use azeite de oliva ou de amêndoas.

Se não tiver ou se você não gostar de óleos na pele, faça uma infusão com flores de camomila, deixe amornar, coe e, antes de esfriar, use como lubrificante para as suas massagens.

Comece a massagear com cuidado os pés, começando pelos tornozelos e descendo até os dedos.

Enquanto isso, você pode fazer movimentos circulares com os tornozelos ou mexer os dedos para acima e para abaixo. Pode começar abaixo dos joelhos para um maior efeito relaxante.

Outra opção de massagem é: em pé ou sentado, descalço ou com meias três-quartos, coloque uma bola de tênis no arco do seu pé. Massageie movendo a bola de trás para frente, em círculos, etc.

A ideia é que exerça certa pressão, sem chegar a doer, mas o suficiente para ativar a circulação do sangue. Antes de passar para o outro pé, compare as sensações entre ambos e você vai perceber o bem que essa técnica faz.

Leia também: Aprenda a fazer massagens relaxantes

Imersão

Ao molhar os pés na água com algum outro elemento, eles automaticamente começarão a desinchar. Alguns exemplos foram oferecidos com o remédio anterior.

Também existem outras alternativas como o sal grosso (o que se usa para cozinhar) dissolvido em água morna. Deixe os pés na água durante 30 minutos aproximadamente.

A farinha de aveia é outra boa opção porque, além de reduzir o inchaço, serve para retirar impurezas da pele.

Recomendamos a leitura: Inchaço nos pés e tornozelos: causas e prevenção

A sálvia é outro ingrediente que pode ser acrescentado à água na qual você irá molhar seus pés. Ela serve para combater a retenção de líquidos.

Prepare uma infusão de um pouco de sálvia por cada xícara de água e, quando estiver morna e não queimar, coloque em uma bacia e introduza os pés até a água esfriar.

Diuréticos

abacaxi para pés e tornozelos inchados

Sempre recomendamos os diuréticos naturais. Existem infusões e frutas que têm propriedades diuréticas que ajudam a eliminar os líquidos que se acumulam nas pernas, tornozelos e pés.

Eles favorecem também a micção (ir ao banheiro para urinar) e, além disso, são deliciosos. Alguns dos que estão disponíveis são o abacaxi, os morangos e o tamarindo. Não duvide em consumir estas frutas como sobremesa ou cruas em qualquer momento do dia.

Entre as infusões com propriedades diuréticas, destacam-se a de rabo-de-cavalo e a flor de hibisco.

É preciso limitar o consumo dessas ervas e só ingerir as doses indicadas. Uma colher da planta (seca ou não) por cada xícara de água fervendo. Não beba mais do que três xícaras diárias.

Compressa fria

Aplicar uma compressa fria é muito bom para reduzir a inflamação em qualquer parte do corpo. Por isso, quando se machucar, coloque gelo, por exemplo.

Para os pés e tornozelos inchados acontece a mesma coisa. As pedras de gelo ajudam essas partes do corpo a “voltarem à normalidade”.

Você só precisa colocar alguns cubos de gelo em uma toalha ou pano e aplicar na área. Lembre-se de nunca fazer a aplicação diretamente sobre a pele, porque você pode se queimar.

Elevação

Odor-de-pies-500x345

Quando chegar na sua casa, depois de ter ficado o dia todo no escritório, suportando os saltos e a postura diante do computador, a primeira coisa a ser feita é tirar os sapatos (existe alguma coisa melhor do que isso?) e, depois, colocar as pernas elevadas em algum lugar.

Por exemplo, se você estiver sentado no sofá, coloque umas almofadas e apoie os calcanhares nelas. Se estiver deitado, também pode apoiar os pés contra a parede.

Você pode experimentar fazer a “postura da vela”. Como se faz? Deite-se em um colchonete e coloque os braços ao lado do corpo. Eleve as pernas para o céu e, com um impulso, levante também o torso.

Você vai ficar apoiado unicamente com os ombros e a cabeça. Tente manter o equilíbrio!