Aprenda a fazer massagens relaxantes

18 de março de 2016
Evitaremos fazer massagens caso a pessoa tenha algum problema nas costas, pois isso poderia piorar a condição. Lembre-se de que a massagem deve ser feita sempre na direção ascendente, para favorecer a circulação.

A grande maioria de nós não é especialista e nem tem um diploma de fisioterapeuta, mas isso não exclui o fato de que, em algumas ocasiões, queremos fazer massagens relaxantes em alguém como, por exemplo, nosso parceiro.

Trata-se apenas de relaxar, e não tentar aliviar algum problema nas costas. Para resolver problemas existem os profissionais do ramo, mas será que nós podemos oferecer uma massagem para aliviar tensões e relaxar?

A resposta é “sim”. Com algumas dicas simples podemos proporcionar um instante de relaxamento e paz a qualquer pessoa querida. Hoje, em nosso espaço, queremos compartilhar essas dicas com nossos leitores.

Descubra: Técnicas de relaxamento para dormir profundamente

Como preparar massagens relaxantes

Visto que o que buscamos, antes de tudo, é proporcionar relaxamento, a ambientação será tão importante quanto a própria massagem. Para isso, devemos considerar alguns aspectos simples:

Ambientação

  • Uma iluminação agradável, onde a luz não seja muito intensa.
  • É recomendável uma música instrumental. Segundo este estudo da Universidade do Desenvolvimento (Chile), a música pode ajudar a reduzir o estresse significativamente.
  • Podemos aromatizar o cômodo com algumas fragrâncias suaves.

Materiais

  • Toalhas.
  • Papel toalha para secar o excesso de óleos.
  • Para fazer a massagem você pode usar um creme hidratante ou óleos essenciais.
  • Os óleos essenciais têm a vantagem de demorarem mais para ser absorvidos pela pele. Além disso, oferecem vantagens terapêuticas como o alívio da ansiedade. Assim afirma este estudo realizado pela Escola Paulista de Enfermagem (Brasil) que, além disso, destaca a lavanda como a principal fragrância para alívio dos sintomas.

A melhor posição

Como fazer massagens relaxantes

A primeira coisa em que pensamos na hora de fazer uma massagem relaxante é que a pessoa deve estar deitada. Entretanto, os especialistas recomendam que se não temos experiência, o melhor é fazer a massagem com a pessoa sentada. Isso pode ajudar a conciliar melhor o sono como assina a Universidade Pedro de Valdivia (Chile) neste estudo.

Se a pessoa estiver sentada em uma cadeira de encosto baixo, será mais cômodo para que possamos nos mover. Se estiver deitada, será mais complicado ter mobilidade, e com algum movimento errado podemos machucar a cervical ou as costas.

Leia também: 4 causas da dor na parte baixa das costas

Para isso, faremos o seguinte:

  • Escolher uma cadeira sem encosto ou com encosto baixo.
  • Deixar que a pessoa se incline um pouco para frente.
  • Colocaremos alguma toalha ou almofada como apoio, para que a pessoa se incline de forma mais cômoda.

Nesta posição poderemos fazer massagens relaxantes de uma forma mais simples para nós e evitando sofrer dores resultantes de uma má postura.

Como fazer as massagens relaxantes?

Depois que a pessoa estiver relaxada na cadeira e criarmos uma boa ambientação, começaremos nossa massagem. As regiões de nosso corpo que mais agradecem uma massagem, sem dúvidas, são a região cervical e os ombros. É nessas regiões que se concentram todas as sobrecargas, segundo afirma este estudo realizado pela Clínica Alemana da Universidade do Desenvolvimento. Assim, serão essas as áreas que trabalharemos.

Conselhos prévios

Usaremos a mão inteira. Algumas pessoas se limitam a fazer massagens apenas com as pontas dos dedos. Isso faz com que a pessoa se canse mais rápido. Use as mãos e sirva-se da ajuda de todo o corpo para executar cada movimento.

Mulher recebendo massagem

Antes de começar avise a pessoa que vai receber a massagem. A pessoa pode sentir um leve impacto quando colocarmos as mãos sobre ela ou aplicarmos o óleo, assim, pediremos que respire fundo por alguns segundos e contenha a respiração.

A técnica

  • Começaremos aplicando o óleo para expandi-lo com movimentos leves e alongados.
  • Usaremos as mãos por inteiro e começaremos na parte baixa das costas para depois subir até a altura do coração. Os movimentos serão sempre para cima, respeitando o fluxo sanguíneo que vai para o coração.
  • Você também pode executar a técnica de amassar ou pressionar, com muito cuidado. Nada mais é do que fazer círculos com os dedos ao redor da região dos ombros, da cervical e no meio das costas, exercendo, por sua vez, uma pressão leve durante alguns poucos segundos.
  • Neste tipo de massagem, o dedo polegar e a palma da mão devem avançar a parte da musculatura que desejamos trabalhar. Isto deve durar entre 4 e 5 minutos.
  • Devemos lembrar que uma massagem tem uma sequência e um ritmo. Ou seja, se começamos os movimentos com ambas as mãos sobre o pescoço e as costas da pessoa, não vamos tirar uma das mãos em pouco tempo porque nos cansamos. Isso fará com que o ritmo e a harmonia se percam.
  • Podemos terminar a massagem com a técnica do leque. Trata-se apenas de separar bem os dedos das mãos (como se fossem um leque abrindo) para ir passando de forma ascendente desde o meio das costas até o pescoço. É uma técnica recomendada neste estudo publicado pelo Portal da Rede de Saúde de Cuba. Nessa técnica não aplicamos pressão, só “arrastamos” os dedos para cima.

Para concluir, devemos lembrar sempre que não somos especialistas, e por isso evitaremos fazer massagens relaxantes quando a pessoa tiver alguma dor ou lesão cervical, com isso poderemos agravar ainda mais o problema. As massagens relaxantes devem ser muito suaves, e quem as recebe deve desfrutar igualmente a ambientação e o simples contato com a pele.

  • Cherkin DC, Sherman KJ, Kahn J, et al. Effectiveness of focused structural massage and relaxation massage for chronic low back pain: protocol for a randomized controlled trial. Trials. 2009;10:96. Published 2009 Oct 20. doi:10.1186/1745-6215-10-96
  • Büyükyilmaz, F., & Aşti, T. (2013). The Effect of Relaxation Techniques and Back Massage on Pain and Anxiety in Turkish Total Hip or Knee Arthroplasty Patients. Pain Management Nursing14(3), 143–154. https://doi.org/10.1016/j.pmn.2010.11.001
  • Sherman KJ, Ludman EJ, Cook AJ, et al. Effectiveness of therapeutic massage for generalized anxiety disorder: a randomized controlled trial. Depress Anxiety. 2010;27(5):441–450. doi:10.1002/da.20671