Como reduzir a dor nos ossos naturalmente

· 1 de novembro de 2015
Além do leite, existem outros alimentos muito recomendáveis para aliviar a dor nos ossos graças às suas propriedades anti-inflamatórias e à sua concentração de vitaminas e minerais.

A dor nos ossos pode ser menos comum que outras doenças articulares ou musculares. Mas, da mesma forma, reduz a qualidade de vida e pode impedir a realização de várias atividades cotidianas.

A dor nos ossos pode ter diversas origens, pois pode ser provocada por infecções, doenças crônicas ou algum tipo de lesão ou de fratura.

Contudo, independentemente de sua causa, sentir estas dores pode ser motivo suficiente de incapacidade. Além disso, com o passar do tempo, pode dar lugar ao desenvolvimento de condições mais graves.

Qualquer tipo de dor ou tensão em um ou vários ossos deve ser discutida com um especialista para determinar a sua origem e receber o tratamento adequado. 

No entanto, também podemos considerar algumas recomendações para ajudar a reduzi-las de forma natural.

Remédios naturais para reduzir a dor nos ossos

Chá de urtiga

a dor nos ossos

Devido ao seu alto poder diurético, a urtiga é uma planta que ajuda a reduzir as dores nos ossos por facilitar a eliminação de líquidos retidos nas articulações inflamadas.

Contém quantidades importantes de cálcio, magnésio e minerais essenciais para fortalecer a saúde óssea.

Além disso, o melhor é que o seu consumo também traz benefícios para o sangue, o estômago, o canal intestinal, os rins e os pulmões.

Como tomar?

Preparar uma decocção da raiz seca de urtiga em um litro de água e tomar 3 xícaras por dia.

Recomendamos que leia: 12 remédios naturais para aliviar as dores nas articulações

Chá de ulmária

Esta erva fabulosa exerce uma importante ação sobre o sistema circulatório e também atua como diurético e anti-inflamatório natural.

Dessa forma, beber de três a quatro xícaras por dia deste chá pode servir como uma ajuda para prevenir e reduzir as incômodas dores nos ossos.

 Como tomar?

Separe um punhado de folhas de ulmária secas e deixe em infusão durante 7 minutos em meio litro de água. Deve-se tomar uma xícara no final de cada refeição principal.

Mas atenção: este chá é contraindicado para menores de 15 anos, pessoas com problemas de coagulação e mulheres grávidas.

Ácidos graxos ômega 3

a dor nos ossos

Os ácidos graxos ômega 3, presentes em grandes quantidades em alimentos como o peixe azul, as sementes, as frutas secas e o azeite de oliva, têm uma ação positiva no tratamento da dor e da inflamação óssea.

Como tomar?

Para absorver a quantidade suficiente de ômega 3, é aconselhável comer, no mínimo, 2 porções de peixe por semana.

Além disso, outra opção consiste em tomar um suplemento de boa qualidade.

Leite

Segundo o Instituto Nacional de Artrite e Doenças Musculoesqueléticas e da Pele, dos Estados Unidos, o leite é uma fonte de cálcio e vitamina D, nutrientes com um papel determinante na prevenção da perda de massa óssea e do desenvolvimento de doenças crônicas como a osteoporose.

Como tomar?

Em primeiro lugar, é preciso determinar se você é intolerante à lactose. Se este for o caso, deve descartar por completo este remédio.

Caso você não tenha problemas com o leite, poderá consumir um ou dois copos por dia, preferencialmente uma variedade com baixo teor de gordura.

Batida de morango e laranja

a dor nos ossos

A vitamina C, fornecida tanto pelos morangos como pelas laranjas, é essencial na prevenção de inflamações e no fortalecimento da cartilagem que cobre os ossos.

Além disso, esta batida natural terá seus efeitos potencializados com leite de soja enriquecido, pois é uma fonte importante de cálcio e magnésio, minerais essenciais para a manutenção da densidade óssea.

Ingredientes

  • 8 morangos
  • 2 colheres de sopa de suco de laranja (20 ml)
  • ⅔ de xícara de leite de soja enriquecido (170 ml)

Como tomar?

Para começar, lave bem os morangos e processe-os no liquidificador junto com os outros ingredientes.

Quando a batida estiver pronta, você pode tomar a qualquer hora do dia.

Especiarias

A cúrcuma e o gengibre são perfeitos para reduzir a dor e a inflamação graças às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Como tomar?

Tanto a cúrcuma quanto o gengibre podem ser adicionados em sucos, saladas e vários alimentos. Contudo, para reduzir a dor, aconselha-se o seu consumo em forma de infusão.

Ver também: Salmão com especiarias e arroz integral

Couve

a dor nos ossos

O consumo frequente deste vegetal é uma grande ajuda para fortalecer os ossos, principalmente quando tomar produtos lácteos não é uma boa opção.

A couve contém quantidades importantes de cálcio e vitamina K, ambos essenciais na prevenção da osteoporose e de outros problemas relacionados aos ossos.

Como tomar?

Pode-se incluir em saladas e batidas naturais ou cozinhá-las.