A couve e seus benefícios

9 de setembro de 2013
Atualmente, muitas pessoas têm escolhido se alimentar de maneira mais saudável, o que aumentou o consumo geral de frutas e verduras.

Dentre tantas opções, algumas das mais populares na alimentação saudável são a couve e o repolho, os quais, como muitas outras verduras, nos oferecem grandes benefícios.

É possível consumir a couve de diversas maneiras. Por isso, sua presença na composição de vários pratos é muito comum.

Entretanto, a couve tem algumas características que seguramente você ainda não conhece. Desse modo, agora te apresentaremos alguns dados sobre a couve que te surpreenderão.

Conhecendo melhor suas propriedades

A couve tem mais vitamina C que frutas como a laranja, por exemplo. Por isso, pode-se dizer que grama a grama a couve contenha mais vitamina C que a laranja, já que uma menor quantidade dessa verdura fornece mais vitaminas que uma laranja inteira.

Ainda, a couve contém importantes quantidades de ácido alfa-linolênico, o qual é conhecido popularmente como ômega 3, essencial para termos uma saúde mental ótima.

A couve também ajuda a reduzir o risco de sofrermos diabetes tipo II e melhora a saúde cardiovascular.

Leia também: 7 ervas que ajudam a tratar a diabetes tipo 2

Diferente de qualquer outra verdura verde, a couve contém grande quantidade de vitamina A. Uma pequena quantidade dessa verdura oferece mais que uma pessoa necessita diariamente dessa vitamina.

E acredite se quiser: a couve tem mais cálcio que outros produtos, como, por exemplo, o leite! Em comparação, a couve tem 150 mg de cálcio para cada 100 g de leite, e o leite só possui 125 mg. Assim, comer um pouco de couve é muito bom para obter cálcio.

a couve e seus benefícios

Fique atento!

Apesar de todas as boas características e propriedades citadas, a couve é uma das verduras que mais resíduos de pesticidas conserva.

Logo, o melhor é consumir verduras e frutas orgânicas, já que isso nos garante que sua produção cumpre com os mais altos níveis de qualidade, além de não afetar nossa saúde.

Leia também: 7 produtos orgânicos que você deve escolher para cuidar de sua pele

Não esqueça que outra opção interessante é que você mesmo possa cultivar sua própria couve. Para isso, é necessária apenas uma pequena horta, que pode ser facilmente construída em sua casa.

É muito econômica e segura, uma vez que você é responsável pela horta e sabe perfeitamente como cultivou o alimento.

Por fim, é melhor comer a couve acompanhada. Esse alimento potencializa duas qualidades quando consumido com outros produtos. Nesse sentido, a couve ajuda a prevenir inflamações das artérias e de problemas cardiovasculares.

Por isso, é melhor consumir a couve, por exemplo, acompanhada de abacate, azeite de oliva e, inclusive, queijo parmesão. Também pode adicionar suco de limão, que faz com que o ferro dessa verdura seja digerido da melhor maneira possível pelo corpo.

Por isso, não perca mais tempo e não duvide mais do potencial da couve, prepare uma deliciosa salada! Sem dúvida, seu corpo e sua saúde agradecerão.

Se não te agrada a salada, basta preparar a couve refogada ou de outras mil e uma maneiras. As opções são inúmeras!

Imagens oferecidas por Marianne Ayleen Klock e azmichelle.

  • Ambrose, B. (1999). Cabbage. BMJ. https://doi.org/10.1136/bmj.318.7185.705a