Reabilitação do joelho após operação do menisco

28 de abril de 2019
O processo de reabilitação do joelho após uma operação do menisco deve ser iniciado quase imediatamente. Não é conveniente adiar os exercícios de cuidado e recuperação, já que a mobilidade pode ser comprometida

A reabilitação do joelho após a operação do menisco é um processo que pode ser prolongado por algumas semanas de acordo com o estado de saúde do paciente e o tipo de lesão. Seu principal objetivo é ajudar a recuperar a funcionalidade da articulação, pois a cartilagem articular deve se adaptar a viver sem o menisco.

Este período é muito importante para os atletas, pois permite que eles retomem suas atividades esportivas sem dificuldades. Além disso, é fundamental recuperar o tônus ​​e a força muscular, o que impede o desenvolvimento de complicações ou novas lesões.

Por que as lesões do menisco ocorrem?

O menisco é uma fibrocartilagem localizada entre o fêmur e a tíbia, dando flexibilidade e capacidade de rotação ao joelho. Ajuda a estabilidade desta articulação e facilita a distribuição correta da carga de peso do corpo.

A lesão do menisco mais comum é causada por movimentos de torção ou suporte deficiente. No entanto, também pode ser o resultado de uma condição degenerativa, isto é, piora com o passar do tempo.

Não deixe de ler: 5 dicas para superar uma lesão no joelho

Como é uma operação do menisco?

Homem com dor no joelho

Os métodos cirúrgicos de intervenção no joelho evoluíram ao longo do tempo. Embora cirurgias abertas ainda sejam realizadas, uma operação por artroscopia é mais frequente, o que faz parte das técnicas classificadas como “minimamente invasivas”.

Este procedimento moderno reduz o risco de infecções em até 50% e permite uma recuperação mais rápida. Para sua realização, o médico usa anestesia local ou raquidiana e faz uma incisão no joelho. Então, através dessa incisão, faz a inserção de um artroscópio.

Este instrumento cirúrgico, que tem aproximadamente o tamanho de um lápis, permite conhecer a extensão da lesão através de uma pequena câmera. Após fazer o reconhecimento, o profissional passa a usar outros elementos cirúrgicos para remover ou reparar a área danificada do menisco.

Quais são os objetivos da reabilitação do joelho?

Considerando que o joelho é uma estrutura complexa e delicada, é essencial considerar um processo completo de reabilitação após a operação do menisco. Deixar de realizar essa recuperação deixa a articulação suscetível a novos ferimentos. Em geral, os objetivos do processo de reabilitação do joelho são:

  • Estimula o fluxo sanguíneo da área para acelerar o processo de recuperação.
  • Alivia a rigidez articular que ocorre como efeito colateral da imobilização.
  • Evita a atrofia e o enfraquecimento dos músculos afetados pela inatividade.

Quando começar a reabilitação do joelho?

A reabilitação do joelho após a operação do menisco deve começar assim que possível. De fato, assim que a intervenção termina, é essencial aplicar alguns exercícios e cuidados que são decisivos para a recuperação. Os exercícios com o joelho devem começar 24 horas após o procedimento.

Plano de reabilitação do joelho após a operação do menisco

Após ser submetido a uma intervenção de natureza traumatológica, como é o caso da artroscopia, é essencial ter acesso a um plano de reabilitação da articulação. Esse tratamento complementar deve ser realizado de forma progressiva, de acordo com as características e evolução de cada paciente.

Da mesma forma, esses aspectos têm muito a ver com o tempo necessário para a reabilitação do menisco. Assim, embora possa durar de 3 a 5 semanas quando é o menisco interno, também pode ser estendido por 7 semanas se for o menisco externo.

Confira também: 4 coisas que seus joelhos dizem sobre sua saúde

Cuidados após a cirurgia

As primeiras medidas para a reabilitação do joelho começam a ser aplicadas logo após a operação. É uma série de cuidados e hábitos que permitem reduzir a inflamação antes de tentar recuperar a mobilidade da articulação. Estes incluem:

  • Mantenha o joelho elevado
  • Coloque gelo na área afetada
  • Use medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar a dor
  • Use muletas para evitar suportar todo o peso na perna operada

Exercícios de reabilitação após a operação do menisco

Mulher fazendo exercício de reabilitação

Grande parte da reabilitação do joelho ocorre com os exercícios que são realizados sob a supervisão de um fisioterapeuta. Essas atividades visam curar o joelho e ajudar a retomar as atividades que foram interrompidas pela lesão.

Quando se trata de seguir este tratamento, é importante levar em consideração vários aspectos:

  • O programa de exercícios deve ser acompanhado por outras medidas terapêuticas e preventivas.
  • As atividades escolhidas terão que se adaptar ao tipo de lesão e intervenção realizada.
  • A rotina de treinamento deve passar por uma série de fases nas quais não é possível avançar sem antes atender a uma série de objetivos. Cada uma dessas fases terá que ser projetada de acordo com a idade, condição física e possíveis doenças do paciente.
  • Levará muitas semanas até que o paciente possa fazer exercícios de alta intensidade. Nas primeiras 6 semanas, você não poderá engatinhar, agachar-se ou se ajoelhar.

Como já dissemos, o período de reabilitação varia em cada paciente. Deve-se considerar que nem todos respondem igualmente aos exercícios e terapias estabelecidos. No entanto, o que é certo é que a recuperação é muito mais rápida quando se trata de um processo artroscópico e não de uma cirurgia convencional.

  • Barber, F. A. (1994). Accelerated rehabilitation for meniscus repairs. Arthroscopy: The Journal of Arthroscopic & Related Surgery, 10(2), 206-210.
  • Barber, F. A., & Click, S. D. (1997). Meniscus repair rehabilitation with concurrent anterior cruciate reconstruction. Arthroscopy: The Journal of Arthroscopic & Related Surgery, 13(4), 433-437.
  • Shelbourne, K. D., Patel, D. V., Adsit, W. S., & Porter, D. A. (1996). Rehabilitation after meniscal repair. Clinics in sports medicine, 15(3), 595-612.