Razões para nunca espremer espinhas

· 29 de janeiro de 2019
Espremer espinhas pode acarretar problemas ao longo da vida, que podem ser evitados cuidando da alimentação e prestando atenção aos produtos cosméticos aplicados

Quantas vezes sua mãe ou parceiro chamaram sua atenção ao vê-lo espremer uma espinha? Apesar de tudo, ainda sente o impulso em fazê-lo. As espinhas afetam a aparência, doem e, atualmente, desconhece-se a causa, mas há algo de fascinante nesse processo.

É verdade que não é bom espremer as espinhas? Sim, tem sido provado que não é uma boa ideia.

Todos os dermatologistas alertam que estourar espinhas é prejudicial.

Apontam que as dificuldades que podem gerar são muito maiores do que o problema de sua presença.

As espinhas ficam em nossa epiderme por alguns dias, enquanto que as consequências do uso da força podem marcar a sua vida inteira.

Está disposto a se arriscar? Se assim for, continue a leitura para entender o fenômeno.

Por que não se deve espremer as espinhas da pele?

Mulher olhando as espinhas do rosto

Certamente já fez isso alguma vez, então sabe que depois de espremer a espinha, surgirá uma ferida na área.

Normalmente, não se presta muita atenção, mas esse comportamento é como qualquer outro. Isto significa que existe um risco de infecção .

Por conseguinte, deverá tratá-la com antibióticos, que curam esta complicação, mas são prejudiciais à saúde em geral. Isto significa que o dano será em dobro.

Veja também:  Antibióticos naturais: um tratamento saudável ao alcance de todos

No entanto, existem efeitos colaterais mais variados. Já viu algumas daquelas pessoas que têm cicatrizes no rosto? Na maioria dos casos isto é devido à ação de espremer as espinhas.

Existem peles muito sensíveis e, quando as espinhas se tornam um problema, deixam algumas marcas impossíveis de remover.

Além disso, muitos optam por usar maquiagem, mas não é aconselhável, como discutido abaixo.

Portanto, é melhor deixá-las desaparecerem por si mesmas. No entanto, quando são recorrentes, é prudente procurar o médico.

Os especialistas vão prescrever loções e pomadas que tratam da área a fim de evitá-las.

De qualquer forma, é bom lavar o rosto com sabonetes naturais e esfoliantes, aplicar tônicos e hidratantes.

A prevenção é sempre a melhor opção.

O que é a espinha e por que surge?

Mulher com espinhas

Tende-se a relacionar com a adolescência, mas realmente não se conhece as causas do seu aparecimento. Como de costume, a sua origem está na inteligência do corpo.

Ocorre que, por meio da alimentação, bebida, qualidade do ar, ou mudanças hormonais, acumulam-se mais toxinas do que o corpo pode absorver .

Um dos sinais que o corpo dá é o aparecimento das espinhas.

Recomendamos a leitura:  7 fatores que podem influenciar o surgimento do câncer do colo do útero

Nesse sentido, se a ocorrência das espinhas for frequente, talvez deva pensar em mudar alguns hábitos. Assim não terá que espremê-las.

Entre os alimentos, é aconselhável ficar alerta e reduzir o consumo de:

  • Gorduras saturadas
  • Frituras
  • Açúcares com aditivos
  • Açúcar branco refinado

Como são muito difíceis de digerir, essas substâncias prejudiciais permanecem no organismo. E, em uma tentativa de eliminá-las, as mesmas se transformam em espinhas.

O mesmo se aplica às bebidas alcoólicas e carbonatadas.

Por outro lado, também deve-se ter cuidado com a maquiagem que se usa , bem como a sua frequência.

A indústria de cosméticos se esforça para melhorar os seus produtos para que sejam menos agressivos.

No entanto, ainda não se alcançou esse objetivo plenamente e aqueles que agridem menos à pele não são acessíveis a todos.

Por isso, deve-se deixar a pele descansar pelo menos duas vezes por semana e ler com bastante atenção a composição dos produtos usados. Também ajuda aplicar remédios naturais para reparar e hidratar a pele.

Em suma, espremer espinhas é sempre uma tentação, mas pense em tudo o que foi exposto aqui, antes de fazê-lo. Estamos confiantes de que será suficiente para detê-lo.

Ninguém deseja uma pele rachada ou introduzir antibiótico no sangue, e tudo isso pode ser evitado.

Pode fazê-lo?

Cortesia da imagem principal do © wikiHow.com