Que alimentos evitar se sofro de retenção de líquidos

· 19 de janeiro de 2017
Uma vez que muitos produtos pré-cozidos já levam sal em sua elaboração, é conveniente que evitemos nos exceder ao temperá-los ou que optemos por usar especiarias para adicionar sabor.

A retenção de líquidos ou edema é um problema muito habitual causado por uma alimentação desequilibrada, pelo sedentarismo e por não beber suficiente água todo dia.

Em muitos casos as pessoas acreditam que acumulam gordura, mas na verdade, é porque o organismo não elimina os líquidos como deveria.

Neste artigo, vamos lhe contar quais alimentos dever evitar se você sofre deste transtorno.

Quando ocorre a retenção de líquidos?Meia para evitar a retenção de líquidos no pé

Você deveria saber que acontece uma acumulação de água nos tecidos do corpo quando se produz um desequilíbrio entre as forças que a regulam, como os líquidos que caminham em diferentes áreas do organismo.

Se não pudermos eliminar a água a mesma se acumula em certas áreas. Os principais fatores que agravam este problema são:

  • Muito sódio na dieta
  • Má circulação por sedentarismo
  • Desajuste hormonal
  • Falta de exercício

Se você sofrer de retenção de líquidos poderá detectá-lo facilmente, pois aumentará de peso e sentirá o inchaço em várias partes do corpo (sobretudo nas pernas e nos tornozelos).

Para fazer a prova você só tem que pressionar o pé durante uns segundos; se ao retirar o dedo ficar com uma marca branca que se mantém por um tempo, é porque você sofre de edema.

É preciso levar uma dieta com pouco sal e aumentar a ingestão de bebidas e alimentos diuréticos (água, sucos, verduras, frutas, etc..).

Também recomenda-se realizar exercício, ao menos, 2 vezes por semana.

Que alimentos evitar ao sofrer de retenção de líquidos

Quando temos este problema não basta deixar de consumir sódio ou fazer exercício. É preciso evitar a ingestão de certos alimentos que possuem a capacidade de aumentar a quantidade de líquidos no corpo.

Estes são alguns deles:

Bebidas Alcoólicas

  • É fato que uma boa parte dos componentes que ingerimos se acumula no organismo (entre eles o açúcar)
  • O álcool provoca retenção de líquidos no estômago e nas pernas.
  • Um copo de vinho ao dia não é um problema, mas sim beber coquetéis, cerveja ou bebidas com alta grau alcoólico várias vezes por semana.

EmbutidosAlimentos que devem ser evitados se sofrer de retenção de líquidos

Por serem preparados com uma alta concentração de sódio, além de serem gordurosos, produzem retenção de líquidos. E também, quando comemos embutidos estamos “tapando” as paredes das artérias e aumentando a possibilidade de sofrer um infarto do coração.

No mesmo “grupo” podemos colocar os queijos muito salgados que acompanham os embutidos em um típico aperitivo, assim como as salsichas, o presunto defumado e o salame.

Petiscos

As batatas fritas de pacote (entre outros similares) têm muito sal, utilizado para realçar o sabor.

Além disso, são alimentos viciantes que não nos permitem controlá-los ou só comer uma porção….Terminamos todo o pacote!

Se durante a tarde der vontades de beliscar alguma coisa, recomendamos que escolha sementes de girassol, frutas secas como as nozes ou purês vegetais (de grão-de-bico, de berinjelas, etc…).

Açúcar refinadoO açúcar aumenta a retenção de líquidos

Muitos dos produtos que consumimos na atualidade têm grandes doses de açúcar ou adoçantes.

Assim como acontece com o sal, se o organismo receber estes componentes não pode eliminar corretamente os líquidos e provoca inchaço.

Aconselha-se nestes casos reduzir o seu consumo ou buscar alternativas mais naturais, como por exemplo, a estévia, o mel ou a canela para temperar.

Farinha branca

As pessoas que têm uma dieta carregada de massas, pizzas, biscoitos ou pães são mais propensas a sofrer de retenção de líquidos e aumento de peso.

A farinha refinada possui carboidratos que se acumulam no organismo e não permitem aos rins funcionarem direito.

Estes compostos, por sua vez, aumentam a quantidade de água ao desacelerar a função renal. Em vez de ingerir farinha branca, recomendamos que escolha o integral ou reduza bem o seu consumo.

Você verá os resultados em pouco tempo.

Produtos manufaturadosCasal com retenção de líquidos no supermercado

Os empanados, comidas congeladas e todos aqueles alimentos já preparados possuem excesso de sal no processo de elaboração.

  • A indústria alimentícia usa muito o sódio para mantê-los frescos ou em bom estado.
  • Ao comê-los estamos propiciando uma retenção de líquidos com estas comidas.

Procure consumir pratos mais caseiros. Cozinhe um pouco mais (ainda que seja algumas vezes por semana),  e evite os alimentos manufaturados.

Isto pode ser uma tarefa difícil porque há muitos ingredientes que se tornam necessários para combater a ansiedade ou o apetite, mas, aos poucos, você se alimentará melhor.

Por sua vez, é preciso que não salgue demais a comida, nem no momento de preparar e nem no de consumi-la.

  • Uma boa técnica consiste em não levar o saleiro à mesa. Por  não estar à frente à tentação, será mais fácil de ser evitada.
  • Outra opção é temperar seus pratos com ervas naturais, suco de limão ou azeite de oliva. Será mais saudável e mais gostoso, e terá menos risco de sofrer de retenção de líquido ou de doenças.

Recomendamos que você leia: Abobrinha: fibra natural e sem calorias, uma aliada para o seu visual

O que consumir se sofro de retenção de líquidos?

Além de reduzir ou evitar a ingestão daqueles alimentos que podem aumentar o inchaço ou a acumulação de sódio recomendamos que tenha em consideração os seguintes alimentos para prevenir o problema:

  • Água (entre 2 e 3 litros por dia)
  • Adoçantes naturais (stevia, agave)
  • Frutas (melancia, laranja)
  • Bebidas de ervas (camomila, chá verde, menta)