Quadrante do fluxo do dinheiro por Robert Kiyosaki

6 de julho de 2019
Robert Kiyosaki explica as 4 maneiras de ganhar dinheiro na atualidade.

O quadrante do fluxo do dinheiro é um livro escrito por Robert Kiyosaki em que explica de maneira sensata as quatro maneiras de conseguir dinheiro na atualidade. Estas quatro maneiras são:

  • Ser um empregado.
  • Ser um empresário.
  • Sendo um autoempregado.
  • Ser um investidor.

O quadrante do fluxo do dinheiro é a continuação de Pai rico, pai pobre. Kiyosaki pretende mostrar as chaves para conseguir a liberdade financeira. Realmente, o que Kiyosaki faz é um esquema em forma de cruz do que o sistema capitalista supõe. Dessa maneira, o autor explica o movimento do dinheiro, por quais mãos passa e como fazer parte desse fluxo.

O quadrante do fluxo do dinheiro

Empregado

É a figura do sistema capitalista que troca seu tempo e esforço por uma recompensa. Dessa forma, esta recompensa (um salário) chega através do trabalho. Por outro lado, Kiyosaki não cataloga o empregado como um ativo, posto que não se pode vender ou trocar como um produto.

Assim sendo, fala do empregado como a figura do quadrante que mais sofreu com a crise que nos acompanha desde 2009, sua situação se converteu em algo instável e pouco segura. 

Talvez te interesse ler também: Importância da cultura do bem-estar nas empresas

Empresário

Homem discutindo no trabalho

Trata-se da figura que investe o dinheiro para manter um negócio. Por sua vez, tem um horário flexível, posto que tem empregados que fazem o trabalho de mão de obra por ele.

Assim sendo, o dinheiro se move primeiro entre empresários e investidores. Estes são os que apostam em um projeto que deve dar o retorno do dinheiro usado para criá-lo ou utilizá-lo. Por isso, a função do empresário é muito importante no sistema; depende deles que uma empresa vá bem e que chegue dinheiro para a família dos empregados.

Autoempregados

Denominados como autônomos, são aqueles que são empresários e empregados ao mesmo tempo. O autônomo é o seu próprio chefe, seu tempo e investimento darão ou não os frutos da recompensa: o dinheiro.

O autônomo tem o trabalho mais duro, já que sua ausência de trabalho não será suprida por ninguém, quer seja de favor ou de benefício. Ou seja, o autônomo não tem férias, não descansa; de acordo com seu tempo de trabalho conseguirá muito ou pouco dinheiro.

Descubra ademais: Kakebo: método japonês para juntar dinheiro

Investidor

Homem mostrando como economizar

Este será o trabalho menos duro e, por sua vez, o mais arriscado. São pessoas que oferecem seu dinheiro às empresas para que estas cresçam, sempre em troca de alguns interesses. É o menos duro, posto que seu trabalho não requer esforço ou tempo. Por outro lado, necessita de conhecimentos da economia do mercado.

Além disso, é o mais arriscado, já que seu dinheiro dependerá de seus conhecimentos do mercado e da ação dos empresários e empregados. De fato, seu trabalho e dinheiro dependem do trabalho do resto. Por isso, pode-se dizer que não trabalham para o dinheiro, e sim que o dinheiro trabalha para eles.

Outros dados de interesse para gerenciar o fluxo de dinheiro

Kiyosaki fala de dois tipos de rendas:

  • Rendas lineares: explica como 97% da população possui 3% do dinheiro do mundo.
  • Rendas residuais: nesse mesmo sentido, 3% da população possui 97% do dinheiro do mundo.

Por outro lado, 95% do setor econômico é empregado. Ou seja, 5% dos participantes da economia são os encarregados diretos de mover esse fluxo de dinheiro. Dito de outra maneira, 95% da população depende da boa ação de 5% da população restante.

Por fim, estes quatros participantes da economia dependem de outros fatores externos. Isso quer dizer o que? Quer dizer que o lugar onde se nasce, a educação que se tenha tido, seu ambiente familiar e suas amizades, o número de nascimentos ou mortes ou até mesmo a sorte, afetarão os bolsos de cada indivíduo.

Como? É muito fácil, a família e as amizades outorgarão mais ou menos facilidades; por exemplo, alguns estudos mais ou menos prestigiosos poderão afetar diretamente o destino de trabalho.

Isso se vê, por exemplo, naqueles empresários milionários sem estudos, que herdaram alguma empresa. Assim, existem duas correntes de pensamento a respeito:

  • Pensamento meritocrático: o esforço no trabalho ou nos estudos fará com que o indivíduo tenha mais ou menos renda.
  • Pensamento anticapitalista: o esforço e os estudos somente ajudarão a viver um pouco melhor ou pior, pois o sistema capitalista está desenhado, cada vez mais, para que os impérios econômicos sejam herdados e não possam ser conquistados.