Como prevenir o herpes labial?

· 20 de março de 2014
O herpes labial é uma doença bastante comum. Saiba como preveni-lo.

O herpes labial é uma doença bastante comum que é causada pelo vírus Herpes Simples tipo 1, que pode ser passado por outra pessoa que tenha a doença, mas também existem casos de herpes labial que o contágio ocorre pelo sexo oral, e é causado pelo vírus Herpes simples tipo 2.

Sintomas

Quando os sintomas começam, o vírus faz com que a pele fique avermelhada e sente-se uma coceira que, por fim, produz pequenas úlceras.

Às vezes a coceira aparece, e em outros casos, ocorrem afecções na zona afetada ou dor. Muitas pessoas sofrem com surtos seguidos desta doença, mas o herpes pode permanecer latente e aparecer novamente somente depois de alguns anos.

Leia mais: 5 remédios para curar o herpes das costas

O que sentimos quando o Herpes labial aparece?

A primeira coisa que se sente quando se tem o herpes labial é uma forte dor na boca e também nos lábios. É possível sentir febre e dor de gargante acompanhada de inflamação nos gânglios que se encontram ao redor do pescoço.

Bolhas aparecem em qualquer área da boca, em geral as úlceras que já existem se abrem e liberam um líquido transparente que forma uma crosta e que logo desaparece ao fim de um par de semanas.

O que pode causar o herpes labial são as gripes, as febres, os períodos menstruais, mudanças emocionais, os raios de sol, muito frio, fatiga e o estresse. 

Saiba mais: Os 4 melhores remédios caseiros para o herpes genital

Medidas de segurança e recomendações necessárias

alho para melhorar o herpes labial
O alho, um grande aliado para tratar o herpes labial.
  • É melhor evitar tocar alguns fluídos corporais que podem ser altamente infecciosos; como beijar alguém que esteja infectado ou utilizar os utensílios de alguém infectado.
    Além disso, beber no mesmo copo ou comer no mesmo prato aumenta as chances de infecção.
  • Além disso, utilize algum protetor nos lábios, essa é uma boa opção para evitar que a exposição solar produza erupções.
  • O ferro e o zinco são duas vitaminas muito importantes para o cuidado da pele. Por isso, alimente-se com uma dieta balanceada à base destes componentes; além de outras vitaminas como a A,B,C e E. 
  • O alho é um alimento bastante antisséptico, assim, pode-se comê-lo fresco em jejum, o que fortalece o sistema imunológico; além de ser um ótimo germicida via oral.
    Se não puder consumir o alho em jejum, consuma cápsulas de alho, é um bom suplemento de origem natural.

Por fim, esses são alguns dos cuidados principais para evitar que o herpes apareça. Lembre-se sempre de usar algum hidratante nos lábios e também de usar preservativo quando for ter sexo oral.

  • Trindade, A. K. F. D., Queiroga, A. S., Silva, D. S. C. D., Campos, S. E. M., Lucena, L. B. S. D., & Sousa, E. M. D. D. (2007). Herpes Simples Labial um desafio terapêutico. Comun. ciênc. saúde18(4), 307-313.
  • Rodrigues Mateus, M. J., Lauritzen Duarte, I., Lins Gondim, V. M., & Veras Sobral, A. P. (2006). Avaliação do nível de estresse e sua correlação com o surgimento do herpes labial recorrente. Revista Brasileira em Promoção da Saúde19(1).