Pé de atleta: descubra 7 remédios caseiros para tratá-lo

· 3 de setembro de 2018
Tanto a infusão como o óleo de calêndula são dois remédios muito eficazes para aliviar o desconforto causado pelo pé de atleta ou frieira, e acelerar sua cura.

O pé de atleta é uma afecção causada por um fungo (Tinea Pedis), que faz com que a pele das mãos, dos pés e das orelhas fique vermelha e inflamada, gerando uma sensação de queimação e coceira muito irritante.

Descubra neste artigo o que é o pé de atleta e quais são os melhores remédios caseiros para tratá-lo. Com ingredientes naturais, como arnica, alecrim, cebola ou batata, podemos combater os sintomas deste distúrbio de forma eficaz e rápida.

O que é o pé de atleta?

Pessoa escondendo o pé de atleta nas mãos

O pé de atleta é consequência da vasoconstrição e vasodilatação súbita provocada pelo fungo Tinea Pedis. Também está relacionado com problemas de circulação.

O pé de atleta aparece nas extremidades do nosso corpo e, geralmente é acompanhado por outros sintomas irritantes, como vermelhidão, dor, ardor, ou coceira. Em alguns casos a pele pode ficar roxa, e úlceras ou bolhas podem aparecer.

O frio como fator externo, e a má circulação como fator interno, são as principais causas do pé de atleta. No entanto, a umidade e roupas inadequadas também podem influenciar no seu aparecimento.

Remédios caseiros para tratar o pé de atleta

Para tratar o pé de atleta precisamos dos seguintes remédios caseiros:

  • Anti-inflamatórios: para reduzir a vermelhidão e a inflamação.
  • Calmantes: para acalmar a área e aliviar a dor.
  • Circulatórios: para promover uma boa circulação, acelerar a recuperação, e prevenir o aparecimento do pé de atleta novamente.

1. Batata

Quem não tem batatas em casa? Este tubérculo é um remédio caseiro barato e eficaz para diferentes transtornos, com a grande vantagem de que sempre o temos ao alcance. Neste caso, podemos usar o suco de batata crua.

A batata reduz a inflamação e acalma a dor. É muito eficaz em casos de doenças da pele devido à exposição prolongada ao sol ou ao frio, como o pé de atleta.

2. Gengibre

O gengibre é adequado para ser tomado como remédio, e também para aplicar topicamente. Embora tenha a virtude de fornecer calor, também possui um alto poder anti-inflamatório e analgésico. Além disso, ao mesmo tempo estimula a circulação.

Para tratar o pé de atleta podemos usar o óleo essencial de gengibre diluído em um óleo vegetal (coco, azeite, amêndoa, gérmen de trigo, etc…). Nós também podemos usar seu suco, ou sua infusão concentrada.

3. Arnica

A arnica é uma flor com muitas propriedades para diferentes doenças, que não pode faltar em nosso kit de primeiros socorros. Além disso, podemos encontrá-la em vários formatos: gel, creme, óleo, homeopatia, tintura, etc…

A arnica promove a circulação local, na área onde a aplicamos. Desta forma, podemos aliviar a comichão, os ferimentos, as contusões, etc… Na verdade, é um dos primeiros remédios que podemos usar com as crianças.

Sabia? Como preparar uma pomada de arnica para atenuar as varizes e microvarizes

4. Calêndula

A calêndula serve para tratar o pé de atleta

A calêndula é o segundo remédio de emergência após a arnica. Esta flor cor de laranja é muito eficaz para acalmar e aliviar a coceira, tão frequente no pé de atleta, e outras condições de pele.

Podemos encontrar diferentes tipos de loções e cremes à base de calêndula, bem como o seu extrato natural. Nós também podemos usar o seu óleo puro, que é muito adequado para nutrir as peles mais sensíveis e delicadas.

Não perca: Você sente frio e inchaço nas extremidades? Controle-os com remédios para a circulação

5. Cebola

Outro remédio caseiro que todos temos em casa para aliviar o pé de atleta, é a cebola. Esse superalimento ajuda a acalmar a coceira que esse distúrbio causa, de forma rápida e natural, e sem efeitos colaterais para a saúde.

Podemos esfregar a cebola diretamente na pele ou prepará-la como cataplasma. Também podemos deixar uma fatia no local, e cobrir com uma bandagem para que não caia.

6. Alecrim

O alecrim é uma das plantas medicinais mais populares para ativar a circulação do organismo. A fricção com álcool ou vinagre de alecrim são bem conhecidas, para melhorar a circulação do sangue de qualquer parte do corpo.

Se a área estiver inflamada é possível que o álcool ou o vinagre irritem ainda mais a área. Por esse motivo recomendamos optar pela infusão concentrada de alecrim. Também podemos usar seu óleo essencial puro em pequenas quantidades, sempre diluído em outros óleos vegetais mais suaves.