Para que serve o cravo-da-índia?

· 8 de julho de 2016
Um dos usos mais comuns do cravo-da-índia é o de anestésico. É muito útil, por exemplo, para aliviar as dores de dente e a inflamação de gengivas.

Há anos, o cravo-da-índia tem sido usado como condimento para comidas, tanto doces como salgadas, e é bastante popular em diversas partes do mundo.

Mas, além de suas propriedades para a culinária, também possui propriedades curativas, por ser analgésico e antisséptico.

Propriedades do cravo-da-índia

O cravo-da-índia oferece vários benefícios, como por exemplo:

  • Anestésico
  • Antibacteriano
  • Afrodisíaco
  • Analgésico
  • Estimulante
  • Antiespasmódico

Um de seus componentes mais importantes é o eugenol. Esta substância que previne a coagulação do sangue, é ideal, portanto, para pacientes cardiovasculares ou para evitar problemas do tipo. É utilizado nos tratamentos odontológicos, como por exemplo, no tratamento de cáries.

Contém flavonoides, portanto, ajuda a reduzir o nível de açúcar no sangue. Além disso, pode ser usado como anti-inflamatório ou antibiótico.

Em relação a seus valores nutricionais, oferece:

  • vitamina K,
  • magnésio,
  • cálcio,
  • potássio,
  • ácidos graxos ômega 3.

Não deixe de ler: Antibióticos naturais para combater infecções leves

Para que serve o cravo-da-índia?

Esta planta é excelente para combater o chulé e os fungos que atacam os pés. Por outro lado, alivia a diarreia e cura infecções graves (parasitas intestinais, tuberculose, cólera e malária). Além disso, alivia a dor de cabeça e estimula a circulação, evitando os pés frios.

Usos do cravo-da-índia

Como usar o cravo-da-índia

Se você misturá-lo em pó com o mel, obterá um bom remédio contra náuseas e o inchaço estomacal.

Também pode ser usado como infusão.

Como preparar

  • Primeiramente, ferva 2 a 3 cravos numa xícara,
  • Logo depois, deixe repousar por 10 minutos,
  • Finalmente, adoce com mel.

Essa infusão é ideal, por exemplo, para eliminar os gases.

Além disso, também é possível preparar uma pasta com sal, água e cravo-da-índia para massagear a testa e as têmporas, trazendo alívio para a dor da enxaqueca.

Leia também: Acelere o alívio da enxaqueca com 6 soluções alternativas

Quem sofre com dores de dentes pode aplicar uma mistura de um quarto de colher de azeite de oliva e uma gota de óleo de cravo-da-índia, diretamente sobre o dente afetado. No caso de dor nas gengivas, pode-se esfregar o pó de cravo-da-índia ou umedecer um algodão com uma gota de óleo de cravo para gerar um efeito anestésico.

As mulheres com contrações durante o trabalho de parto podem massagear a barriga com o óleo de cravo-da-índia.

Ele também é ideal para dores de ouvido (aplicando-se uma gota do óleo essencial).

Além de tudo isso, a infusão com essa maravilhosa especiaria ajuda quem fica enjoado durante viagens a locais de grande altitude.

E, finalmente, é também utilizado para o tratamento da cólera.

Imagem cortesia de Urban Hafner

Então, gostou das nossas dicas? Sendo assim, continue antenado na nossa página com mais dicas para o seu bem-estar.

  • Shan, B., Cai, Y. Z., Sun, M., & Corke, H. (2005). Antioxidant capacity of 26 spice extracts and characterization of their phenolic constituents. Journal of Agricultural and Food Chemistry.
  • Niki, E. (2010). Assessment of antioxidant capacity in vitro and in vivo. Free Radical Biology and Medicine.
  • Nzeako, B. C., Al-Kharousi, Z. S. N., & Al-Mahrooqui, Z. (2006). Antimicrobial activities of clove and thyme extracts. Sultan Qaboos University Medical Journal.