Pão branco ou integral: qual é a melhor opção?

· 17 de dezembro de 2017
Ainda que o pão integral contenha mais fibras e seja mais benéfico para nosso trato gastrointestinal, o importante é prestar atenção nos seus acompanhamentos.

Um dos debates alimentares mais controversos que existem hoje tem a ver com o tipo de pão que consumimos diariamente: é melhor comer pão branco ou integral?

O engraçado é que muitas pessoas tomam uma decisão sem saber realmente qual é a diferença entre ambos os produtos.

Certamente, o pão é mais saudável em suas variedades integrais, mas a maioria das pessoas não entende o verdadeiro porquê. É surpreendente a quantidade de dúvidas e mitos que existem sobre um dos alimentos mais conhecidos em todo o mundo.

O pão realmente nos faz ganhar peso e é prejudicial para a nossa saúde? É melhor comer a variedade escura? Há coisas que devemos refletir antes de tirar conclusões sobre o assunto.

Pão integral é mais … nutritivo?

Em sua constituição tradicional, a mistura para a massa de pão é feita com três partes após o cozimento: farelo, gérmen e amido. Esta estrutura é fundamental para entender a diferença entre pães brancos e pães escuros.

Assim, a farinha usada para fazer pão branco só consiste em amido, mas tanto o farelo quanto o gérmen permanecem nas variedades integrais.

Isso permite a conservação dos nutrientes mais valiosos da semente de trigo.

  • Consequentemente, é um erro grave acreditar que sua apresentação integral tenha os mesmos efeitos que um produto dietético.
  • No máximo, será capaz de fornecer um maior número de nutrientes, mesmo quando consumimos porções menores.

Todos os pães escuros são integrais?

Pães caseiros

Leia também: Por que devemos evitar as farinhas refinadas? Descubra 7 efeitos negativos

O fato de ser escuro nem sempre significa que é integral. Na verdade, existem algumas apresentações refinadas nas quais é adicionado um suplemento de farelo para obter essa coloração.

Além disso, algumas massas geralmente são enriquecidas com várias vitaminas do complexo B e, embora possa ser muito convincente, consumi-las seria semelhante a consumir pão branco.

Assim, muitas pessoas acreditam que estão comprando um alimento integral com base simplesmente na coloração do produto.

O pior é que as lojas os vendem como se fossem produtos naturais.

Então … Por que o pão branco é menos saudável?

Basicamente, o problema está nos processos de refino usados ​​para dar uma cor, aparência e textura mais atraentes ao pão, do ponto de vista comercial.

Por causa desses processos, o alimento perde fibras, minerais e gorduras saudáveis.

Além disso, por ter um maior teor de fibras, o pão integral tem uma vantagem maravilhosa: aumenta o volume e melhora a textura das fezes, facilitando sua eliminação e desintoxicando o organismo.

Por outro lado, é provável que precisemos de quantidades maiores da versão branca para sentir realmente que estamos satisfeitos.

Em busca do pão ideal

Pães integrais

Tudo o que foi dito acima mostra que a quantidade de calorias não representa uma grande diferença entre o pão branco ou integral. O mais recomendável é consumir o que for mais natural e rico em fibras.

E qual é a melhor opção? O mais aconselhável é um produto feito de farinha de trigo integral, feito a partir de grãos integrais.

Dessa forma, estaremos consumindo um alimento com mais fibras, vitaminas e nutrientes.

Por outro lado, pães com um alto teor de açúcares e glúten devem ser evitados. Em resumo, um pão será ou não saudável dependendo dos componentes que entram em sua massa.

Saiba mais: 3 receitas de pão integral

Benefícios do pão integral

Longe do que se pensa, o consumo de pão de forma moderada traz benefícios notáveis ​​para a saúde.

  • As fibras ajudam na limpeza do trato intestinal, facilitando a expulsão dos resíduos por meio de fezes.

O consumo de pão também pode nos ajudar a cuidar da nossa saúde cardiovascular. Para isso, devemos comer pelo menos 2 ou 3 porções pequenas, equivalentes a 70 gramas por dia.

  • O consumo moderado de pães com grãos integrais é recomendado para pessoas com diabetes.
  • Isso porque eles geram menos alterações no índice glicêmico do que a maioria dos produtos refinados.

Consumo moderado de pão branco ou integral

Pão integral

Além disso, a nocividade do pão branco ou integral tem a ver com os acompanhamentos que ingerimos junto com eles, e não apenas com o pão em si.

  • Outro fator que merece atenção são os alimentos que usamos para untar ou rechear os pães.
  • Manteiga, embutidos, geleias e outros alimentos altamente calóricos representam um sério risco para a nossa saúde no futuro.

É aconselhável alternar esta ótima fonte de carboidratos com outras opções, como arroz integral, aveia ou quinoa, entre outros.

Se os ingredientes são de alta qualidade e consumidos de forma moderada, a única coisa que obteremos do pão são benefícios para a manutenção de nossa saúde.

Anónimo. (2008). Farinhas: de trigo, de outros cereais e de outras origens. Aditivos e Ingredientes.

RODRIGUES, B. S. (2010). Resíduos da agroindústria como fonte de fibras para elaboração de pães integrais. Dissertação (Mestrado). https://doi.org/10.11606/D.11.2010.tde-20102010-104809