Os 8 melhores remédios naturais para combater as verrugas

23 Dezembro, 2019
É fundamental sermos contínuos com os tratamentos para obtermos bons resultados. No caso de apresentar alguma reação adversa, devemos suspender o uso e consultar um especialista imediatamente.
 

As verrugas são pequenas erupções na pele causadas pelo vírus do papiloma humano (HPV). Ele faz com que as células cresçam de forma rápida e repentina, causando pequenos crescimentos benignos que não são um risco para a saúde, mas um problema estético e contagioso.

Podemos encontrar 70 subtipos deste vírus, os quais geralmente causam condições menores. No entanto, o fato de desenvolver este tipo de sintoma, é um indício de que o sistema imunológico está debilitado e não conta com as forças necessárias para combatê-lo.

A primeira coisa que você deve fazer diante disso é procurar um dermatologista. Somente ele deve recomendar o tratamento, embora você possa perguntar se pode complementar o conselho dele com alguns remédios naturais.

Felizmente, existem atualmente muitos métodos profissionais e naturais para eliminar as verrugas ou reduzir a sua aparência na pele. Hoje queremos compartilhar 8 remédios naturais interessantes que não custam muito e que, com uma aplicação constante, podem ser muito eficazes. Conheça-os!

1. Óleo essencial de orégano contra patógenos

Óleo essencial de orégano para combater as verrugas

O óleo de orégano é eficaz para combater as verrugas porque tem a capacidade de lutar contra os agentes patógenos que causam a alteração na pele.

 

Suas propriedades fortalecem o sistema imunológico e atuam como um analgésico e fungicida natural, de acordo com esse estudo realizado pelo Centro de Pesquisa em Alimentação e Desenvolvimento do México. Esse óleo também fornece uma quantidade significativa de antioxidantes, o que contribui para reparar a pele.

Leia também: O orégano e seus variados usos medicinais

Como utilizá-lo?

  • Aplique três gotas deste óleo diluídas em um copo de água. Beba duas vezes ao dia em forma de infusão.

2. Suco de cebola para ajudar a combater as verrugas

A cebola está incluída na lista de antibióticos naturais que podem combater e eliminar muitos vírus que causam estrados na saúde. É isso que afirma esse estudo realizado pela Universidade Yeungnam (Coreia).

Neste caso, favorece a eliminação das verrugas e fornece nutrientes à pele para acelerar sua regeneração.

Como utilizá-lo?

  • Aplique três gotas desse óleo diluídas em um copo de água.
  • O procedimento deve ser feito, no mínimo, duas vezes por dia, até notar bons resultados.

3. Óleo essencial de árvore do chá para desinfetar

Óleo de essencial de árvore do chá para combater as verrugas

É um dos remédios mais populares no tratamento de infecções e doenças cutâneas. É antibacteriano, antifúngico e antimicrobiano, de acordo com esse estudo da Universidade de São Paulo (Brasil) e, portanto, um excelente tratamento para essa condição.

 

Como utilizá-lo?

  • Aplique três gotas desse óleo diluídas em um copo de água.
  • Não use mais do que o indicado, pois pode ser agressivo.
  • Utilize-o diariamente para obter bons resultados.

4. Aloe vera para a saúde da pele

A aplicação do gel de aloe vera sobre a pele contribui para hidratá-la e rejuvenescê-la. No entanto, o que poucos sabem é que também serve para tratar irritações, verrugas e diversas patologias.

Seus compostos antioxidantes e seus nutrientes essenciais favorecem a eliminação das verrugas e evitam a formação de cicatrizes, assim como afirma esse estudo realizado pela Universidade Arak de Irã.

Como utilizá-lo?

  • Em primeiro lugar, extraia o gel contido na folha de aloe vera.
  • Em seguida, aplique três gotas diluídas em um copo de água.
  • Repita seu uso três vezes ao dia, todos os dias.

5. Leite de figo verde para acelerar a recuperação

Leite de figo verde para combater as verrugas

O leite branco e espesso obtido do figo verde é um grande remédio para combater as verrugas, graças às suas propriedades antivirais, de acordo com esse estudo da Universidadr de Tabriz (Irã). Seus agentes ativos combatem o vírus e aceleram a recuperação da pele.

 

Como utilizá-lo?

  • Aplique duas gotas desse óleo diluídas em um copo de água.

6. Dente de alho, um potente antibiótico

O alho é um poderoso antibiótico natural, segundo esse estudo realizado pela Universidade Estatal de Washington (Estados Unidos), que se mostrou eficaz na eliminação das bactérias intestinais e outros agentes patógenos que atacam o sistema. Por isso, consumi-lo cru e aplicá-lo sobre as áreas afetadas da pele contribui para reduzir essas erupções antiestéticas em pouco tempo.

Como utilizá-lo?

  • Em primeiro lugar, amasse um dente de alho até obter uma pasta.
  • Em seguida, adicione à mistura um copo de água, até obter uma pasta mais aquosa.
  • Repita o tratamento todos os dias antes de dormir.

7. Suco de batata para acelerar a recuperação

Suco de batata para combater as verrugas

O suco de batata se tornou popular como remédio contra as olheiras e as bolsas sob os olhos graças ao seu efeito refrescante e anti-inflamatório, segundo essa pesquisa da Universidade Purdue (Estados Unidos). O que algumas pessoas não sabem é que ele também é útil para combater as verrugas e acelerar a sua recuperação.

Recomendamos este artigo: 5 grandes benefícios da batata crua para a pele

 

Como utilizá-lo?

  • Primeiro, amasse uma batata crua e aplique a pasta obtida sobre verruga antes de dormir.
  • Cubra fazendo um pequeno curativo para fixá-la durante a noite.
  • Aplique todos os dias.

8. Bicarbonato de sódio para eliminar as células mortas

A ação adstringente e antisséptica deste produto contribui para eliminar as células mortas e as pequenas verrugas que aparecem em várias áreas da pele.

Como utilizá-lo?

  • Faça uma massa com água. Acrescente uma colher e beba duas vezes por semana.

Os efeitos destes remédios naturais variam de pessoa para pessoa e em função da gravidade da condição. O essencial é saber que seus resultados não são imediatos e só serão obtidos com seu uso constante.

Lembramos que você tem que ter cuidado com o uso de óleos essenciais. Eles devem ser sempre diluídos até um máximo de 2% (2 ou 3 gotas de óleo essencial em uma colher de sopa de óleo portador, um óleo vegetal não essencial). Eles não devem ser utilizados ​​em crianças, mulheres grávidas ou lactantes, ou em animais de estimação.

Se estas alternativas não funcionarem, o melhor é consultar um dermatologista para conhecer outros métodos para eliminá-las.

 
  • Carson, C. F., Hammer, K. A., & Riley, T. V. (2006). Melaleuca alternifolia (tea tree) oil: A review of antimicrobial and other medicinal properties. Clinical Microbiology Reviews. https://doi.org/10.1128/CMR.19.1.50-62.2006
  • Hammer, K. A., Carson, C. F., & Riley, T. V. (1999). Antimicrobial activity of essential oils and other plant extracts. Journal of Applied Microbiology. https://doi.org/10.1046/j.1365-2672.1999.00780.x
  • Petrovska, B., & Cekovska, S. (2010). Extracts from the history and medical properties of garlic. Pharmacognosy Reviews. https://doi.org/10.4103/0973-7847.65321