Quando devemos nos preocupar com as olheiras em crianças?

As olheiras são aquelas sombras localizadas sob os olhos. Os adultos atribuem a sua aparição à privação de sono, ao estresse ou à fadiga. No entanto, por que as olheiras aparecem nas crianças?
Quando devemos nos preocupar com as olheiras em crianças?

Última atualização: 18 Março, 2021

Embora raramente sejam motivo de preocupação, é necessário entender por que as olheiras aparecem nas crianças. A primeira coisa a definir é que elas são provocadas por uma alteração na coloração da pele localizada sob os olhos ou em seu contorno total.

Essa alteração ocorre devido à produção excessiva de melanina e também pela dilatação dos vasos sanguíneos. É preciso lembrar que a pele ao redor dos olhos mede entre 300 a 800 mícrons, ou seja, é bastante fina, por isso esses processos fisiológicos são tão notórios.

Causas comuns das olheiras em crianças

É normal que os pais fiquem alarmados ao ver que seus filhos acordam abatidos, pois essa condição os faz parecerem doentes e cansados ​. No entanto, as olheiras não são necessariamente um motivo de alarme. As razões pelas quais as olheiras aparecem em crianças são as seguintes.

Dificuldades para dormir

É normal o aparecimento de olheiras quando as crianças têm hábitos inadequados de sonoEsse distúrbio é conhecido como insônia infantil e afeta crianças entre os seis meses e os 5 anos de idade.

O sono das crianças pode ser afetado pelo consumo de alimentos ou bebidas, como café ou chocolate, pouco antes de dormir. A atividade física à noite, o estímulo luminoso de aparelhos tecnológicos e o ruído do ambiente também podem afetá-los e dar lugar ao aparecimento das olheiras.

Insônia infantil
Na insônia infantil, aparecem olheiras devido à falta de descanso adequado.

Apneia obstrutiva do sono

Outra motivo que pode causar o aparecimento de olheiras em crianças é a apneia obstrutiva do sono. Este distúrbio é causado pelo bloqueio parcial ou total da respiração durante o sono devido ao estreitamento das vias aéreas.

Outros sintomas que podem sugerir que seu filho tem esse distúrbio incluem os seguintes:

  • Ronco com longas pausas na respiração.
  • Terrores noturnos e sono agitado.
  • Boca seca.
  • Respiração pela boca.

Fadiga

Devido à privação de sono ou a atividades excessivas durante o dia, as crianças podem apresentar episódios de fadiga que levam ao aparecimento de olheiras.

Nestes casos, é necessário rever as atividades que a criança desenvolve durante o dia para proporcionar períodos de descanso que lhe permitam se recuperar. É preciso ter cuidado com os cochilos diurnos para que eles não prejudiquem o sono noturno.

Congestão nasal

Sendo uma das causas mais comuns, a congestão nasal causada por gripe, rinite alérgica, asma ou sinusite também provoca o aparecimento de olheiras. Essa mudança de cor não ocorre apenas no contorno dos olhos, mas também no nariz.

Isso ocorre devido à dilatação das veias nessas áreas. Deve ser esclarecido que quando há conjuntivite, as pálpebras ficam vermelhas devido à irritabilidade da pele.

Condições genéticas

Embora isso geralmente se manifeste na adolescência, algumas crianças podem ter uma predisposição genética para ter olheiras em uma idade precoce. Essa condição também é conhecida como olheiras congênitas ou melanose periorbital hereditária.

Trata-se de uma hiperpigmentação genética na área ao redor dos olhos que raramente pode ser eliminada. O importante é que ela não compromete a condição física da criança.

Neuroblastoma

O neuroblastoma é um tipo de câncer que ocorre com frequência nas glândulas suprarrenais, no abdômen, tórax ou áreas do corpo onde existem grupos de células nervosas. Ele aparece em crianças menores de cinco anos e causa hematomas ao redor dos olhos.

É essencial não confundir esses hematomas com olheiras. Outros sintomas também aparecem, como caroços subcutâneos, proptose (olhos que parecem saltar das órbitas), dores nos ossos ou nas costas, febre e perda de peso sem motivo aparente.

Celulite orbital

A celulite orbital é uma infecção que pode ser grave. Em crianças, aparece como uma condição sinusal, portanto, é acompanhada por olheiras ou olhos salientes em crianças menores de 7 anos de idade.

Os culpados comuns são as bactérias Staphylococcus aureusStreptococcus pyogenes e Haemophilus influenzae. Além disso, surge uma coloração vermelha no globo ocular, dificuldade de mobilização dos olhos e febre.

O que fazer para combater as olheiras em crianças?

Normalmente, as olheiras em crianças não são uma condição séria. No entanto, quando há outro tipo de sintoma associado, é necessário consultar um médico para descartar qualquer doença. Para melhorar a aparência, você pode ter em mente essas recomendações e tratamentos naturais.

Promova o descanso

No que diz respeito às olheiras por privação de sono, será necessário evitar que a criança tire cochilos longos durante o dia. Evite que ela assista televisão ou se exponha a telas antes de dormir. Você pode consultar um médico quanto à possibilidade de oferecer infusões para ajudá-la a adormecer, como camomila ou leite com mel.

Por outro lado, se a criança faz muitas atividades durante o dia, você pode avaliar a opção de lhe dar mais tempo para descansar ou fazer atividades que relaxem, como ioga ou meditação.

Menino usando tablet antes de dormir
O uso de telas antes de dormir não é uma boa ideia, pois elas atrapalham o sono noturno.

Recorra a tratamentos naturais

Se o seu objetivo for ajudar a reduzir o aparecimento das olheiras, você pode recorrer a opções naturais como as rodelas de pepino. Coloque uma fatia em cada um dos olhos. Isso vai melhorar a circulação, desinflamar e hidratar essa área.

Você também pode aplicar um pouco de óleo de coco ou amêndoas nas olheiras com a ajuda de uma bola de algodão. Isso também ajuda a reduzir a inflamação e promove o crescimento dos cílios.

As olheiras em crianças são um problema estético

As olheiras em crianças, assim como nos adultos, são mais estéticas do que um problema de saúde na maioria dos casos. Portanto, se você já descartou um problema físico com a ajuda do seu médico, é melhor manter a calma.

Em casos hereditários, é necessário ajudar a criança a aceitar as suas características físicas e evitar a aplicação de produtos que prometam sua eliminação sem autorização médica. As opções naturais são válidas, desde que não haja contraindicações.

It might interest you...
Tratamento caseiro para atenuar as olheiras
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Tratamento caseiro para atenuar as olheiras

Hoje compartilharemos alguns truques a serem colocados em prática para atenuar as olheiras. Não perca essas dicas e melhore sua autoestima.