Objetivos SMART: o que são e como ajudam a melhorar suas finanças?

Os objetivos SMART consistem em definir propósitos específicos que reflitam evolução, sejam possíveis de realizar e sejam desenvolvidos em um período de tempo estipulado.
Objetivos SMART: o que são e como ajudam a melhorar suas finanças?

Última atualização: 08 Julho, 2021

As finanças são essenciais para ter clareza sobre receitas e despesas e para manter uma organização que permita cumprir seus objetivos. Desta forma, a poupança desponta como uma importante atividade do dia a dia, embora muitos tenham dificuldade em implementá-la. Esse é o seu caso e você deseja melhorar? Saiba mais sobre os objetivos SMART neste artigo e encontre uma solução!

Economizar dinheiro se torna quase impossível quando as pessoas se concentram apenas no presente imediato. Isso acontece porque focamos nossa atenção nas tentações constantes, nos enchendo de itens desnecessários e gastando mais do que temos.

É necessário que as pessoas se projetem em tudo o que desejam obter e alcançar. Este é o caminho para se visualizar a curto, médio ou longo prazo a nível pessoal, familiar e profissional.

O que são os objetivos SMART?

Como a tradução em português indica, os objetivos SMART se referem a ‘objetivos inteligentes’. Para serem chamados assim, eles têm que ser concretos, claros e minuciosamente analisados. Cada letra tem um significado que ajuda a compreender as características.

Explicaremos cada um deles abaixo:

  • S: significa que o objetivo tem que ser específico, ou seja, deve ficar muito claro o que se deseja alcançar e por quê.
  • M: indica que o objetivo deve ser mensurável, o que significa que existem estatísticas ou elementos fortes para verificar o quanto você evoluiu e quanto ainda falta.
  • R: implica que a meta deve ser alcançável. Aqui é apontado que nada está à deriva e há certeza de que o propósito pode ser cumprido.
  • R: os objetivos têm que ser relevantes, pois o que se busca sempre é que as novas experiências representem um progresso de vida.
  • T: expressa que o objetivo deve ser cumprido no prazo estipulado. Assim, a pessoa não deixa ao acaso o momento de sua vida em que deseja alcançar o proposto e define os ritmos necessários.
O que são os objetivos SMART
Planejar e definir objetivos é uma solução inteligente para organizar a sua vida.

Por que é importante aprendermos a economizar dinheiro?

Aprender a economizar é um processo fundamental para promover a responsabilidade financeira, pois nem todo o dinheiro se destina a ser gasto; parte dele começa a ser economizado. Isso reduz o risco de chegar ao limite.

Isso permite adquirir hábitos e gastar somente o necessário. Não é segredo que a situação econômica pode variar, há momentos confortáveis ​​e outros que se complicam a nível financeiro.

No entanto, economizar permite que você mantenha o equilíbrio em situações difíceis, pois as economias funcionam como uma reserva à qual você pode recorrer. A poupança financeira acumula os recursos que permitem realizar novos sonhos e não ficar no círculo vicioso de gastos desnecessários e poucas ambições.

Além disso, aprender a poupar implica incluir objetivos SMART na vida pessoal, pois são decisivos para consolidar investimentos, projetos e uma saúde financeira bem-sucedida.

Dicas e objetivos SMART para melhorar as finanças

Os objetivos SMART fazem com que as pessoas levem seus propósitos a sério e não os deixem sozinhos como palavras ou ideias vagas que não saem do lugar.

São fundamentais para que todas as propostas que fluem sejam levadas em consideração, comecem a se materializar e recebam um plano de trabalho para avaliar sua viabilidade. Aqui estão algumas dicas que ajudam nas finanças.

1. Escreva seus objetivos em um lugar visível

Fazer uma lista com todos os projetos que você pode imaginar permite que você sempre encontre aspirações e pense em obter cada vez mais progresso para a sua vida.

Escrever os objetivos também é uma atividade-chave para diagramar tudo o que você deseja alcançar e determinar qual é o prazo para a conclusão. Somado a isso, ajuda a reconhecer as necessidades de maior prioridade.

2. Controle o dinheiro

É imprescindível fazer um registro de toda a receita que se recebe, pois desta forma é possível ter clareza do total arrecadado e anotar qual é o destino dado a esse dinheiro.

Por meio dessa atividade, pode-se esclarecer quanto é necessário para as despesas essenciais, quanto será economizado e quanto há de dívidas, caso se tenha alguma.

3. Avalie os métodos de economia

Existem vários métodos de economia, e estão sendo implementados cada vez mais para que as pessoas encontrem a melhor alternativa para o seu bem-estar.

É aconselhável ter interesse em explorar, informar-se e educar-se sobre cada um dos processos de poupança consolidados. A partir disso, é possível obter as melhores bases para analisar se a melhor decisão de finanças é investir, manter o dinheiro no banco, criar um fundo ou fazer alianças.

Avalie os métodos de economia
Ter uma poupança inteligente é saber como investi-la para que ela gere lucros enquanto espera para ser usada.

4. Defina metas diárias

Isso é decisivo para ter sempre claro aonde ir para alcançar o que propomos. É um exercício positivo para que cada dia seja um avanço e possamos economizar o montante que foi definido desde o início do processo.

Com os objetivos SMART, você fortalece seus hábitos e responsabilidades

Você tem que aprender a se deixar levar pelos objetivos e não pelas tentações, pois assim começará a evitar gastos desnecessários. Decidir começar com os novos hábitos imediatamente, compreendendo que adiá-los não gera nenhum benefício, é uma prioridade.

Além disso, temos que ver a economia como um avanço e não como um sacrifício, já que esse dinheiro economizado é positivo para a estabilidade do futuro. Com os objetivos SMART, a tarefa se torna mais suportável.

Pode interessar a você...
Dicas para economizar em família
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Dicas para economizar em família

Economizar em família é uma ótima ideia que pode proporcionar uma boa educação aos filhos, protegendo o futuro financeiro de todos.



  • Olmedo Figueroa Delgado, Luis, Las finanzas personales. Revista Escuela de Administración de Negocios [Internet]. 2009; (65): 123-144.
  • Steffens G. Cadiat A. Los criterios SMART: el método para fijar objetivos con éxito [Internet]. (S.L): 50Minutos.es; 2016 [citado 02 de marzo de 2021]
  • López J. Las finanzas personales, un concepto que va más allá de su estructura [Internet]. Pereira: Facultad de Ciencias Administrativas de la Universidad EAFIT, 2016 [citado 02 de marzo 2021]