O que faço se meu parceiro for infiel?

Você acabou de descobrir que seu parceiro é infiel e você não sabe como agir? Damos-lhe as chaves para enfrentar esta situação difícil.
O que faço se meu parceiro for infiel?

Última atualização: 21 Janeiro, 2021

Quando se descobre uma infidelidade, as emoções ficam à flor da pele e, querendo ou não, elas podem obscurecer nosso julgamento. Por isso, a pessoa se sente perdida e não consegue enxergar o assunto de um ponto de vista mais objetivo. Pensar com a mente fria é muito difícil.

Portanto, iremos oferecer algumas dicas que você pode colocar em prática nesse tipo de situação.

Tome um tempo antes de responder

"Se meu parceiro for infiel..."
Não é aconselhável tomar decisões quando se descobre que uma pessoa foi infiel. Você tem que tomar distância para poder refletir.

Uma notícia desse calibre costuma causar muito impacto. É provável que sua reação seja imprevisível, e seu parceiro pode começar a se desculpar e implorar por uma segunda chance. Não se apresse.

Você pode dizer que essa situação foi tão inesperada que você não consegue pensar claramente no momento nem tomar uma decisão. Você pode dizer que precisa de tempo.

Contudo, seria positivo expressar o que você estiver sentindo e contar a situação a uma pessoa de confiança. Essa pessoa não vi nos dizer o que fazer, mas pode nos ajudar a desabafar.

Dessa forma, você poderá ter uma melhor perspectiva da situação, esclarecer a mente e aplacar as emoções. Só então você saberá o que fazer, seja para terminar o relacionamento ou dar outra oportunidade.

Uma segunda chance?

“Se meu parceiro for infiel, devo dar uma segunda chance ou não?" Esse é um dos pensamentos mais comuns e mais difíceis quando se trata de dar uma resposta. De acordo com o exposto acima, o importante é não se apressar e tentar manter a serenidade para pensar com calma.

Em alguns casos, as segundas chances estão revestidas por duplas intenções: fazer o mesmo ou jogar o erro na cara do outro constantemente. Se você quiser dar outra chance ao seu parceiro, é altamente recomendável ir à terapia.

Mesmo que você pense que pode perdoar e não guardar rancor, às vezes não é tão fácil e você até mesmo se engana. Portanto, fazer terapia pode ajudar a recuperar a confiança no relacionamento e a seguir em frente com uma conexão mais forte e renovada. Sem esses fatores, é muito provável que essa segunda chance fracasse.

Verifique seus valores

De vez em quando devemos revisar nossa escala de valores. Talvez sua mentalidade em relação à infidelidade tenha mudado e você deva se perguntar se, talvez para você, isso não importa tanto.

No entanto, se ainda for algo inaceitável, permanecer no relacionamento violará seus princípios. Nesses casos, pode ser melhor romper definitivamente.

Tomar essa decisão vai doer, é verdade. No entanto, não atender suas convicções e aceitar algo que vai contra seus valores causará muita dor e dará ligar a um relacionamento com muitas inseguranças.

Rever a escala de valores pode ajudar ao enfrentar uma infidelidade.

Nunca use as crianças como desculpa

Algo que sempre é usado como justificativa para evitar o divórcio são as crianças. Dizemos frases como “Se não fosse pelos meus filhos, eu o deixaria", “Meus filhos precisam de uma família unida".

Tudo isso é uma maneira de não tomar a decisão de romper o relacionamento. Pense que os filhos sempre preferirão que seus pais sejam felizes, mesmo que separados, e não juntos se forem infelizes. Não use as crianças como desculpa para não ver o que está acontecendo.

Ame-se acima de tudo

Se você ainda está pensando em “Se meu parceiro for infiel …", reserve um tempo para refletir, recupere a perspectiva e evite decisões impulsivas. Além disso, não se esqueça de revisar sua escala de valores para decidir o que é melhor para você.

Por outro lado, se você já fez terapia, é importante que não abandone as sessões na primeira oportunidade. Embora alguns momentos não sejam muito agradáveis ​​e você não goste tanto, também são necessários para resolver todas as suas preocupações e seguir em frente.

Se mesmo assim você achar que a situação é impossível de ser resolvida, lembre-se de que você deve sempre pensar na sua felicidade. Não permaneça em um relacionamento que faz mal apenas por hábito ou insegurança.