Você sabe o que é a parafimose?

A parafimose é uma condição médica na qual o prepúcio fica preso atrás da glande e não pode retornar à sua posição original, levando à falta de fluxo sanguíneo.
Você sabe o que é a parafimose?

Última atualização: 07 Junho, 2021

A parafimose é uma condição na qual o prepúcio do pênis assume uma disposição anatômica anormal. O prepúcio é uma prega cutânea que se estende sobre a ponta do pênis, também conhecida como glande, o cobrindo.

Quando o paciente tem parafimose, o prepúcio fica preso atrás da glande e não pode retornar à sua posição original, o entrangulando. É uma situação de urgência, já que o sangue do pênis não pode para a corrente sanguínea.

Cabe ressaltar que a parafimose é diferente da fimose. A fimose refere-se a um excesso de pele que impede sua retração total. É fisiológica nos bebês. No entanto, geralmente a retração volta ao normal com o tempo.

Parafimose

Quais são os sinais e sintomas da parafimose?
A parafimose pode aparecer em qualquer idade.

Como aponta o Manual MSD, a parafimose é uma condição grave, por isso, bons cuidados são de extrema importância durante o processo de recuperação. Da mesma forma, é fundamental não implementar nenhuma medida sem antes consultar o profissional.

Possíveis causas da parafimose

  • Desenvolvimento incompleto, como é o caso dos bebês.
  • Retração forçada do prepúcio que forma uma cicatriz fibrosa.
  • Prepúcio apertado.
  • Circuncisão incompleta.
  • Traumatismo peniano.
  • Infecção devido à falta de higiene ou a um corpo estranho (piercings), etc.

Sinais e sintomas

A incapacidade de retrair o prepúcio é o principal sinal. O paciente experimenta dor e inchaço sempre que tenta fazê-lo. Se esta condição persiste por algum tempo, o sangue se acumula e a pele adquire uma coloração azulada devido à obstrução do fluxo sanguíneo.

Como é uma patologia evidente, geralmente ela é tratada a tempo. É raro um paciente ir ao pronto-socorro com gangrena avançada, porque essa condição é extremamente dolorosa.

O diagnóstico é muito simples; basta realizar um exame físico do pênis, suficiente para um diagnóstico preciso. Por não ser necessário nenhum outro teste, o tratamento pode ser iniciado imediatamente.

Tratamento

Qual é o tratamento da parafimose?
Quando a parafimose for detectada, é importante consultar um médico o mais rápido possível.

O tratamento depende do grau de estrangulamento da glande. Se estiver em uma fase inicial da patologia, geralmente é suficiente a manipulação manual do tecido inchado do prepúcio.

Para facilitar o processo, administram-se analgésicos e aplica-se gelo na área inflamada. Se o inchaço não diminuir, a drenagem do sangue pode ser feita com uma agulha ou através de um gradiente de pressão que permita sua circulação.

Também pode ser feito um pequeno corte na área do prepúcio retraído para liberá-lo. Esse procedimento é conhecido como fenda dorsal, pois libera o prepúcio e permite que ele retorne à posição original.

Para condições mais graves, a opção mais comum é a cirurgia. A circuncisão é uma técnica cirúrgica que visa a remoção do prepúcio.

Ao remover a pele que cobre a glande, a parafimose não poderá ocorrer novamente. O prepúcio deve ser completamente removido para evitar cicatrizes após a operação.

Além disso, se o paciente apresentar infecção, deverá ser administrado antibióticos o mais rápido possível. No pior dos casos, se a infecção for generalizada, será necessário drenar o pus e aplicar uma pomada antibiótica.

Na presença de sintomas que possam indicar esta condição, é necessário ir rapidamente ao médico para que, através de um exame, ele faça o diagnóstico e determine o tratamento adequado. O prognóstico é excelente se a condição for detectada a tempo.

Pode interessar a você...
Saiba mais sobre a fimose
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Saiba mais sobre a fimose

A fimose é uma doença sumamente frequente nos bebês. Estima-se que até 95% dos meninos podem apresentar esta anomalia nos primeiros anos.