O alho: um potente estimulador do sistema imune

Ainda que a mais conhecida seja a alicina, o alho também nos traz outros nutrientes que fortalecem nosso sistema imune e melhora nossa saúde no geral. 

O alho tem um sabor e cheiro particular que o converteram em um condimento ideal para muitas refeições, o que fez com que seu consumo tenha se propagado muito mais por todo o planeta.

Na medicina natural, o alho tem um papel muito importante. Suas propriedades o convertem em um excelente coadjuvante para tratar problemas cardiovasculares e, além disso, ajuda a potencializar o sistema imune. Recomenda-se seu uso principalmente em jejum.

Neste artigo mostramos quais são os efeitos positivos do alho no sistema imune. 

O que é o alho?

Alho

É uma planta herbácea que tem folhas largas e flores pequenas e brancas. O bulbo, que é o que todos reconhecem facilmente, tem um cheiro e sabor muito intenso, coberto com um envoltório similar a um papel. Este bulbo é composto por pequenas peças chamadas dentes.

O alho é um condimento muito comum. Inclusive, muitas receitas se baseiam em seu uso, como a sopa de alho ou o frango ao alho. Logo, pode ser aplicado em uma grande variedade de pratos em diferentes apresentações.

Quer conhecer mais? 3 remédios à base de alho para tratar os fungos vaginais

Quais são os componentes e propriedades do alho?

O alho tem altos níveis nutricionais. Cerca de 30% de seu conteúdo é de carboidratos e 6% de proteínas. Além disso, contém vitaminas (do grupo B e C) e minerais (cálcio, iodo, fósforo, manganês, selênio, ferro) e fibras.

Também, contém alicina, um composto de enxofre utilizado por suas propriedades medicinais e é liberada quando o alho é cortado, triturado ou mastigado. Também é o causador de seu particular cheiro.

O alho também tem antioxidantes que ajudam a proteger o corpo da oxidação. Seu consumo é recomendado ás vezes em jejum, já que proporciona diversos benefícios.

Quais são os benefícios do alho no sistema imune?

Os componentes do alho fazem com que este seja um excelente antibiótico, antiviral e um ideal estimulante do sistema imune. Inclusive, em diferentes dimensões e aplicações, pode ser tão efetivo como a penicilina e a tetraciclina.

Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares e do câncer. Entre os benefícios que encontramos no alho estão:

Reduz os níveis de gordura

O alho melhora a circulação

Consumir alho melhora a saúde cardiovascular, pois reduz as gorduras como os triglicerídeos e o ácido úrico, graças a nicotinamida. Também previne a formação de coágulos e o desenvolvimento de bactérias causadoras da meningite, o tifo, a pneumonia ou a difteria.

Além disso, contém trissulfeto de dialilo, que é um composto que protege o coração, durante as cirurgias cardíacas. Também recomenda-se consumi-lo depois de um ataque do coração para cooperar com sua recuperação.

Prevenção de partos prematuros

Para evitar os partos prematuros recomenda-se comer frutos secos e verduras com allium. Este é um dos compostos que o alho contém, por isso é um bom aliado para a gestação.

Do ponto de vista imune, seu consumo durante a gravidez é de grande ajuda no momento de prevenir as infecções microbianas.

Fortalece o sistema ósseo

Este benefício data da antiga Grécia quando se dava alho aos atletas olímpicos com a finalidade melhorar seu rendimento nos esportes.

  • O alho é rico em cálcio, por este motivo é ideal para aliviar a artrose e a osteoporose.
  • Além disso, ajuda a eliminar os resíduos tóxicos das articulações e contribui para aumentar os nutrientes dos ossos.

Antibiótico

Suas propriedades antibióticas convertem o alho em excelente aliado para tratar a bronquite, a hipertensão, a tuberculose, a flatulência, transtornos do fígado, o reumatismo, a diabetes e inclusive a febre. Todas estas afecções estão relacionadas com um sistema imune frágil. Logo, o alho ajuda a fortalecê-lo para evitar que apareçam.

Um dos componentes que potencializam seu efeito imune é o sulfeto de dialilo. Além disso, é eficaz para combater a bactéria Campylobacter, causadora de infecções intestinais.

Prevenção de tumores cerebrais

O alho ajuda a combater a dor de cabeça

Os compostos orgânicos do enxofre contidos neste produto natural, ajudam na destruição das células em glioblastomas. Isso é um tipo de tumor cerebral mortal.

Tanto o enxofre como os demais componentes do alho contribuem no controle do crescimento de células tumorais no cérebro. Também impedem o desenvolvimento celular de outros tipos de microrganismos e bactérias.

Reduz o dano hepático ou produzido pelo álcool

Tomar bebidas alcoólicas durante um tempo prolongado e em grandes quantidades pode ocasionar lesões hepáticas, além de outros danos no organismo.

O dissulfeto de dialilo que o alho contém tem efeitos protetores contra o efeito do estresse oxidativo que o etanol produz. Quem consome álcool pode regular o efeito negativo do álcool com este produto natural.

Purifica a pele

Uma mistura de alho com mel é ideal para eliminar infecções produzidas por piolhos ou caspa.

Também ajuda a eliminar verrugas e qualquer tipo de alteração na pele deste tipo. Por isso, é usado em muitos produtos dermatológicos.

Não sabia? Como fazer uma máscara de alho para desintoxicar e rejuvenescer a pele

Função antioxidante

Ao conter vitaminas A, B e C, ajuda a proteger o corpo dos radicais livres. Também contém fósforo, o que o torna um sedativo ideal para os nervos. Além disso, é um antidepressivo, pois suas propriedades fazem com que aumente a vitalidade.

Existem várias formas de consumir alho. No geral, recomenda-se ingerir um dente de alho em jejum para ter todos os seus benefícios.

Se você se preocupa com o mau hálito, pode mastigar folhas de salsa para combatê-lo e, é claro, escovar os dentes.

Recomendados para você