O alho e suas incríveis propriedades emagrecedoras

03 Janeiro, 2020
Se você estiver pensando em perder alguns quilos, precisa conhecer as propriedades emagrecedoras do alho. 

O alho proporciona benefícios importantes para quem quer perder peso e melhorar a saúde. Desde a redução do estresse até o controle de infecções bacterianas.

É um ingrediente comum em qualquer gastronomia e, como condimento, é usado em inúmeras receitas.

De fato, não é estranho dizer que ele é o ponto básico de qualquer prato.

No entanto, graças às suas propriedades adicionais, além de destacar o sabor dos alimentos, o alho para perder de peso é perfeito.

O alho: usos medicinais

É um elemento com muitos benefícios de acordo com a medicina naturopática.

Tem um efeito antibiótico e é capaz de reduzir os níveis alterados de pressão arterial, colesterol e insulina.

Da mesma forma, tem sido relacionada ao tratamento de toxoplasmose, controle de doenças cardíacas, regeneração de danos causados ​​pela arteriosclerose, reumatismo e complicações do diabetes.

Alho para perder peso

No entanto, em quantidades elevadas é prejudicial para pacientes com hemorragias devido as suas propriedades anticoagulantes. Além disso, sua ingestão exagerada pode provocar irritação estomacal.

Contudo, como mencionamos, seus usos medicinais são amplos e variados.

Aqui está uma lista de outras doenças nas quais o alho foi usado como tratamento natural:

  • Infecções intestinais
  • Hemorroidas
  • Frieiras, verrugas e calos
  • Herpes labial
  • Acidente cerebrovascular (AVC) e trombose
  • Gota
  • Edemas
  • Anemia

É melhor cru ou cozido?

Os benefícios do alho para perder peso podem ser aproveitados tanto cru quanto cozido. Ao triturar os dentes de alho, criamos a alicina, conhecida por seus efeitos antibióticos, hipoglicêmicos e antioxidantes.

Ao cozinhar com alho, a adenosina é liberada. Esse elemento tem propriedades anticoagulantes e também é conhecido por reduzir os níveis descontrolados de colesterol, conforme declarado em um estudo pelo Instituto Superior de Saúde de Roma (Itália).

Com relação as propriedades emagrecedoras, favorece a digestão dos alimentos e é utilizado há séculos para tratar doenças digestivas, segundo este estudo do Instituto Politécnico Nacional (México).

Ele também controla o açúcar no sangue, de acordo com este estudo da Universidade de Gezira (Sudão), podendo então ser benéfico para aqueles que sofrem de diabetes.

Não podemos ignorar que todos os pontos anteriores são básicos para emagrecer.

O alho estimula seu corpo

Se você quiser perder peso, o alho é o seu melhor aliado. 

Primeiro, porque ele inibirá seu apetite e você se sentirá mais saciado. Ou seja, você não vai comer demais.

Por outro lado, e talvez o ponto mais importante, este ingrediente será responsável por melhorar seu metabolismo. 

De que maneira? Bom, seus efeitos farão com que o sistema nervoso aumente a produção do hormônio adrenalina.

Dessa forma, o consumo de calorias aumentará, o que é muito útil para queimar e evitar o acúmulo de gordura, de acordo com este estudo da Universidade Tecnológica do Texas (Estados Unidos).

Chaves para perder peso com alho

Chaves para perder peso com alho

Se o seu objetivo for perder peso com as propriedades desse grande aliado da culinária, você pode misturar:

  • 1 colher de sopa de azeite 
  • 1 dente de alho cru amassado

Você deve tomar essa mistura todas as manhãs com o estômago vazio.

Outra opção com a qual você pode tirar proveito das suas propriedades é misturando o seguinte:

  • 1 alho cru amassado
  • 1/2 colher de chá de canela
  • 1 xícara de água quente

Se você beber esta bebida por três semanas, notará algumas mudanças no seu corpo.

Como vimos, o alho tem muitos benefícios com os quais você pode emagrecer de maneira saudável.

Mas não é só isso, também fortalece outras áreas do corpo, como o sistema imunológico.

No entanto, esse elemento não realiza milagres por si só.

É importante que você o complete com uma dieta equilibrada e exercícios se você quiser perder peso adequadamente.

Em caso de dúvida, o ideal é consultar um nutricionista.