O que são as ‘mensagens eu’ e como elas podem melhorar a comunicação?

4 de maio de 2020
A comunicação humana é caracterizada por ser extremamente complexa. Por esse motivo, desenvolvemos uma série de estratégias que nos permitem nos expressar da forma mais adequada. Uma delas é chamada de "mensagem eu". Neste artigo, explicaremos do que se trata.

As ‘mensagens eu’ são uma ferramenta de comunicação especialmente útil para situações em que desejamos expressar nossos pensamentos ou emoções sem prejudicar nosso interlocutor.

Imagine, por exemplo, uma situação em que não gostamos da forma como outra pessoa age. Muitos de nós vão ter dificuldade para expressar esse desconforto e os sentimentos que isso gera.

Diante dessas circunstâncias, geralmente evitamos dizer o que realmente pensamos para não entrar em conflito e, se tentamos falar, podemos não encontrar as palavras certas para sermos assertivos o suficiente e não ofender o outro.

Nesse caso, as ‘mensagens eu’ são uma técnica muito apropriada, porque elas nos permitem expressar-nos respeitosamente e sem censura.

O que são as ‘mensagens eu’?

As ‘mensagens eu’ são uma estratégia de comunicação que nos permite expor nossos sentimentos com assertividade, sem atacar o interlocutor.

Nelas, priorizamos a fala em primeira pessoa, concentrando nossa atenção no fato de que estamos falando e descrevendo as emoções geradas.

Vamos supor que você diga: “Você nunca pega ou coloca nada no lugar, está sempre fugindo!” Esta é uma crítica que pode ocorrer entre duas pessoas que moram juntas. Dada essa frase, é fácil que a pessoa mencionada se sinta atacada e responda de maneira semelhante.

Em vez disso, dizer: “No mês passado, arquei com todo o peso do serviço de casa e senti pouco apoio da sua parte”, será muito mais apropriado. A pessoa descreve o que aconteceu e mostra como se sentiu, mas não se concentra em acusar a outra.

Casal tendo uma conversa importante
As ‘mensagens eu’ são um recurso de comunicação que nos permite nos expressar de maneira mais assertiva, reduzindo conflitos quando manifestamos algo que não gostamos.

Estruturar a mensagem dessa maneira significa que o interlocutor pode sentir mais empatia por nós, além de não se sentir julgado e expressar mais facilmente as suas emoções.

Leia também: 5 erros de comunicação comuns entre casais

Diferenças entre ‘mensagens eu’ e ‘mensagens você’

As ‘mensagens você’ são o que costumamos usar em uma discussão mal gerenciada. Vejamos algumas das diferenças em relação às ‘mensagens eu’.

Culpar

As ‘mensagens você’ dificultam a boa comunicação, pois a outra pessoa pode se sentir facilmente atacada se a culparmos pelo que aconteceu. Enfatizar a culpa só alcançará o efeito oposto: que o outro assuma uma posição defensiva, que não admita sua parcela de responsabilidade e que se oponha a outras críticas.

Por sua vez, as ‘mensagens eu’ minimizam a atitude defensiva. Nosso interlocutor não responderá da mesma maneira se dissermos: “Ontem fiquei mal por sua culpa” e se dissermos: “Ontem fiquei triste porque você não me ligou”.

Juiz

Nas ‘mensagens você’, o emissor emite um julgamento sobre a outra pessoa, que só vai gerar mais ressentimentoPor exemplo, dizer: “Você sempre faz a mesma coisa, nunca vai mudar!” impedirá que a outra pessoa deseje resolver o problema.

Em vez disso, dizer: “Fico muito nervoso quando você não me avisa que vai se atrasar” será uma opção melhor porque descreve a emoção e evita julgar o outro.

Casal discutindo
As ‘mensagens você’ emitem julgamentos que impedem uma boa comunicação. Portanto, é uma maneira de falar que dificulta a solução de problemas.

Resolver conflitos

As ‘mensagens você’ não resolvem o problema básico; pelo contrário, elas o pioram. No entanto, as ‘mensagens eu’ são uma boa estratégia para encontrar uma solução entre as duas partes envolvidas.

Concentrar a atenção na descrição do que aconteceu, expressar como o outro nos faz sentir e criar uma alternativa pode ajudar a resolver o conflito.

Não deixe de conhecer: Truques simples para controlar a raiva

Como usar as ‘mensagens eu’?

  • Formule a frase na primeira pessoa: “Eu me preocupo quando…”, “Me sinto mal quando…”, “Estou triste porque…”.
  • Descreva o comportamento da outra pessoa da maneira mais objetiva possível: “Quando você chega atrasado sem avisar…”, “Quando conto como foi o meu dia e você está preocupado com outros assuntos…”, “Quando você fala mal do meu melhor amigo…”
  • Explique como esse comportamento faz você se sentir: “… sinto que você não me respeita ou valoriza meu tempo”,”… sinto-me ignorado”, “… sinto que você não me valoriza o suficiente”.
  • Proponha uma solução: “Gostaria muito que, se você for se atrasar, me avise com antecedência”, “Prefiro que, da próxima vez, façamos as compras mais cedo, pois assim evitaremos tantas filas”, “Gostaria que planejássemos nossa viagem até a metade da próxima semana”.

As ‘mensagens eu’ são úteis para se comunicar com qualquer pessoa: amigos, parceiro, família, colegas de trabalho ou pessoas que acabamos de conhecer.

O importante ao nos comunicarmos dessa maneira é que impedimos que a outra pessoa se sinta acusada ou culpada. Pelo contrário, ela verá que estamos expondo uma situação que estamos vivendo e que focamos na solução, mas sem atacá-la.

Dessa forma, ela não ficará na defensiva e entenderá que não estamos nos sentindo bem. Por isso, será muito mais fácil fazer com que o outro colabore na resolução do conflito.

  • Armero, M. (2018). Aprendiendo a vivir. Uno Editorial.
  • Castanyer, O. (2014). Aplicaciones de la asertividad. Editorial Desclée de Brouwer.
  • De Castro, A. (2013). La comunicación oral: Técnicas y estrategias. Editorial Universidad del Norte.