Melhore a sua condição de vida com estes exercícios

8 de abril de 2019
Incluir uma rotina de exercícios no nosso dia a dia ajudará a melhorar nossa saúde geral. Podemos adaptar a intensidade e o tipo de atividade às nossas capacidades
Manter a saúde e melhorar a condição de vida é muito importante. Quando somos jovens não levamos em consideração que podemos causar danos à nossa saúde.

Tampouco somos conscientes de que podemos melhorar nossa condição de vida com coisas tão simples como uma rotina de exercícios ou uma boa alimentação.

A longo prazo, isso será compensado no bem-estar do nosso organismo. É por isso que queremos te ensinar como você pode melhorar sua condição de vida fazendo estes exercícios que traremos em seguida.

1. Os exercícios aeróbicos e cardiovasculares

Exercícios de panturrilha para melhorar a condição de vida

Os exercícios do tipo aeróbico têm a característica de proporcionar ao corpo um nível de energia mais alto. Desse modo, ajudam a aumentar a resistência do sistema respiratório e cardíaco.

Estes são exercícios conhecidos como cardiovasculares, nos quais você necessita de muita disposição e uma grande intensidade.

São exercícios que te ajudarão a queimar todo o excesso de gordura e melhorar sua saúde e a qualidade de vida.

  • Mexa-se e não se deixe vencer pela preguiça. Realizar exercícios é muito importante quando se trata de manter uma boa saúde.
  • Para isso, existem muitos exercícios cardiovasculares que são extremamente eficazes e fáceis de realizar, tais como: correr, caminhar, nadar, andar de bicicleta, dançar, escalar, pular corda, patinar, usar o aro, entre muitos outros.

Certamente, estes são exercícios simples que você pode realizar em qualquer ambiente, sem a necessidade de frequentar uma academia.  

No entanto, se não se sentir confortável realizando exercícios sem supervisão, pode consultar um profissional.

Leia também: 5 exercícios que não ajudam a  emagrecer

2. Exercícios de treinamento forte

Estes são exercícios conhecidos como anaeróbicos. Eles são fáceis de identificar, uma vez que são realizados em academias. São exercícios que requerem supervisão e uma dedicação maior.

Os exercícios anaeróbicos geralmente são compostos por rotinas de levantamento de pesos e realização de abdominais. Também são utilizadas máquinas como as de remo hidráulico.

  • A ideia destes exercícios é criar uma tensão no corpo, de modo que ative a massa muscular e elimine todo o excesso de gordura.
  • Sem dúvida alguma, são exercícios que requerem um supervisor capacitado para diminuir o risco de uma lesão.

3. Exercícios de flexibilidade

Exercícios de flexibilidade para melhorar a condição de vida

Estes são exercícios nos quais os seus músculos devem estar em perfeita sintonia com as suas articulações. Nesta modalidade, você realizará movimentos que combinam diferentes disciplinas. 

  • Graças a esta mistura de disciplinas, os músculos são condicionados adequadamente, preparando-os para uma sessão de exercícios mais rigorosa ou exigente.
  • É muito comum realizá-los antes de começar qualquer rotina de exercícios, para que o seu corpo aqueça e os músculos e articulações tenham a condição ideal para realizar exercícios mais pesados.

4. Exercícios de equilíbrio

Certamente, este é um tipo de exercício muito importante de realizar quando se atinge a terceira idade. São exercícios em que levam em consideração a resistência, tal como a habilidade dos músculos das pessoas mais velhas.

  • Determinar uma rotina de exercícios com pouca intensidade permite que o equilíbrio e o nível de elasticidade sejam mantidos.

Por outro lado, é normal que pouco a pouco essas características sejam pedidas ao decorrer do processo de envelhecimento das células, enquanto a idade avança.

Visite também este artigo: 4 exercícios de alongamento corretos

 5. Ioga vinyasa

Exercícios de relaxamento para melhorar a condição devida

Embora você possa não acreditar, mas a ioga também pode queimar calorias, inclusive até mais que uma longa caminhada pelo parque.

Este exercício de ioga possui muito dinamismo. Você deve sincronizar a mudança na postura do seu corpo com o ritmo da sua respiração.

  • Em primeiro lugar, sente-se em um colchonete com as pernas abertas e completamente estendidas, assim como os seus braços, que deverão estender-se para os lados da sua cabeça.
  • Posteriormente, mude de posição movendo o seu tronco primeiro para um lado, e em seguida para o outro de forma rápida, mantendo a sincronia com o ritmo da sua respiração.
  • Sem dúvida, é um exercício no qual você conseguirá queimar muitas calorias e, ao mesmo tempo, relaxar.

Em conclusão, lembre-se de que manter uma rotina de exercícios adequada te ajudará a melhorar consideravelmente a condição da sua saúde e a sua vida em geral.

  • Guiney, H., & Machado, L. (2013). Benefits of regular aerobic exercise for executive functioning in healthy populations. Psychonomic Bulletin and Review. https://doi.org/10.3758/s13423-012-0345-4
  • Jayakody, K., Gunadasa, S., & Hosker, C. (2014). Exercise for anxiety disorders: Systematic review. British Journal of Sports Medicine. https://doi.org/10.1136/bjsports-2012-091287
  • Garber, C. E., Blissmer, B., Deschenes, M. R., Franklin, B. A., Lamonte, M. J., Lee, I. M., … Swain, D. P. (2011). Quantity and quality of exercise for developing and maintaining cardiorespiratory, musculoskeletal, and neuromotor fitness in apparently healthy adults: Guidance for prescribing exercise. Medicine and Science in Sports and Exercise. https://doi.org/10.1249/MSS.0b013e318213fefb
  • Balasubramaniam, M., Telles, S., & Doraiswamy, P. M. (2013). Yoga on our minds: A systematic review of yoga for neuropsychiatric disorders. Frontiers in Psychiatry. https://doi.org/10.3389/fpsyt.2012.00117
  • Siegel, P., & Barros, N. F. de. (2009). Yoga as medicine: the yogic prescription for health and healing. Cadernos de Saúde Pública. https://doi.org/10.1590/S0102-311X2009000300029