Materiais recomendados para roupas de bebê

27 Junho, 2020
Ao comprar roupas para o seu filho, preste uma atenção especial aos materiais dos quais elas são feitas. Sempre escolha materiais naturais para evitar possíveis alergias.
 

A pele do recém-nascido é muito delicada e suscetível à irritação. Por esse motivo, você deve conhecer os materiais mais recomendados para as roupas de bebê. Você sabe quais são? Caso não saiba, continue lendo para escolher tecidos que não agridam a pele do seu filho.

Como escolher roupas de bebê

Hoje em dia, podemos encontrar roupas de bebê de todos os tipos: confortáveis, coloridas, elegantes, originais, combinando com as roupas da mamãe e do papai… As opções são múltiplas.

Por isso é tão importante conhecer os tecidos para escolher os melhores materiais para cuidar da pele do bebê.

9 materiais recomendados

O ponto mais importante para cuidar da pele do bebê é prestar atenção nos materiais com base nos quais as roupas são feitas, bem como nas decorações e enfeites que elas possuem.

1. Algodão

Entre os materiais recomendados para as roupas de bebê, devemos citar o algodão em primeiro lugar. Roupas de bebê feitas com um tecido 100% algodão transpiram melhor, impedindo que o suor grude na pele do seu filho e cause irritação.

Além disso, são perfeitas para manter a temperatura corporal correta para o bebê, ou seja, protegem no inverno e não sufocam no verão. Outra vantagem? Geralmente são fáceis de lavar e as manchas são removidas com uma facilidade aceitável.

O algodão é o melhor tecido para estar em contato direto com a pele do bebê.

Bebê nos braços da mãe
As roupas de bebê feitas de algodão são as mais recomendadas para os recém-nascidos. Seus tecidos são frescos e ajudam a evitar irritações.
 

2. Cambraia

Este tecido de algodão puro refinado é recomendado para roupas de verão, pois é muito leve e respirável. É um tecido suave e macio ao toque que, em alguns países, é usado principalmente para vestimentas de batizado.

Você pode se interessar: Como escolher o melhor berçário para o seu bebê

3. Linho

Sendo de origem natural e vegetal, o linho é um dos melhores tecidos para vestir o bebê. Macio, leve e confortável, é perfeito para o seu filho se mover livremente sem provocar coceira.

4. Malha de algodão

A principal vantagem deste material é que ele estica bem, facilitando a tarefa de vestir o bebê. Por se adaptar ao corpo e ser muito macio, ele também será percebido como um tecido confortável pelo pequeno.

5. Voile

Este tecido também está entre os materiais recomendados para as roupas de bebê. É um tecido fino, semelhante ao chiffon, que é amplamente usado para fazer roupas leves de verão.

6. Fleece

O fleece é um tecido extremamente macio, 100% natural e que mantém o calor, sendo perfeito para o inverno. Não hesite em comprar casacos e pijamas deste material.

Bebê sorrindo após o banho
As roupas de bebê feitas de fleece são ideais para manter seu bebê aquecido no inverno. Este é um tecido macio e muito confortável.

7. Musselina

Entre os materiais recomendados para as roupas do seu bebê, também devemos citar a musselina. Usado principalmente para fazer panos para cobrir o bebê ou secá-lo após o banho, pode ser outra boa opção para as roupas da criança.

 

Não deixe de ler: Estimulação nos bebês: aprenda a ativar os sentidos

8. Microfibra

A microfibra geralmente é o tecido de escolha quando as crianças são alérgicas, pois é 100% natural, suave e leve. Verifique se ela não é misturada com materiais sintéticos.

Dicas gerais para escolher roupas para o seu bebê

Além de prestar atenção aos materiais das roupas que você compra, você deve levar em consideração outras recomendações para manter seu filho saudável e protegido:

  • Evite aquelas peças de vestuário com estampas baseadas em tintas, pois podem irritar a pele da criança.
  • Não compre roupas com botões ou laços que possam cair e causar acidentes.
  • Evite a lã: embora seja um material natural, pode causar prurido e até alergias ou dermatite de contato.
  • Não compre roupas de lycra ou nylon: esses materiais sintéticos podem irritar a pele da criança e, além disso, são muito difíceis de vestir.
  • Sempre que possível, evite roupas com zíper, pois elas podem ser desconfortáveis.

Ao escolher novas peças para o seu filho, preste uma atenção especial aos materiais recomendados para as roupas de bebê. Lembre-se de sempre lavar cada peça de roupa antes do primeiro uso, com um sabão apto para a pele dos recém-nascidos.

 
  • Acuña, J., Romero, C., Barrio, C., López, M., Palacios, A., & Pallás, C. (2010). Cuidados desde el nacimiento: Recomendaciones basadas en pruebas y buenas prácticas. Ministerio de Sanidad y Política de España.
  • Tinajero, R. M., Salazar, R. E., Figueroa, C., & Escobar, M. R. (2014). El recién nacido. In El recién nacido: Una propuesta de atención de enfermería con enfoque de riesgo.
  • Mirada Vives, A., Pedraza Anguera, A., Torrelo Fernandez, A., Arnaez solis, J., Fernadez Zarate, M., Fernandez Arroyo, M., … Nuñez, J. (2013). Guía de cuidados de la piel del recién nacido y del bebé. Matronas Prof.