Entenda um pouco mais sobre a acne

· 3 de novembro de 2013
Não são só os adolescentes que sofrem deste mal. Este problema ocorre quando os orifícios minúsculos na superfície da nossa pele, os poros, ficam, por algum motivo, entupidos.

A acne, popularmente conhecida como espinha, é uma doença de pele que pode causar a formação de lesões vermelhas inflamadas, de distintos graus e tamanhos.

Mais comum em adolescentes, é considerada um verdadeiro terror por este seleto grupo em fase de transformação do corpo e que se preocupa muito com a aparência.

No entanto, não são só os adolescentes que sofrem deste mal. Este problema ocorre quando os orifícios minúsculos na superfície da nossa pele, os poros, ficam, por algum motivo, entupidos.

Entendendo melhor…

Os poros são as aberturas para um folículo que apresenta uma glândula sebácea e um pelo. As glândulas são responsáveis por lubrificar a pele e remover todas as células mortas. As vezes, produzem muita oleosidade e, quando isso acontece, os poros ficam bloqueados.

Este bloqueio se dá por conta de resíduos de sujeiras, bactérias e células inflamatórias que acabam por se acumular e obstruir os poros. Tal obstrução é conhecida como comedão. O topo dele pode ser branco, das espinhas ou preto, dos cravos.

Caso ocorra o rompimento do comedão, o material encontrado dentro dele pode causar inchaços e vermelhidão. De acordo com o crescimento e aumento das espinhas, caso a inflamação for muito profunda, as espinhas podem até formar cistos dolorosos.

Pode te interessar: Tratamentos para desintoxicar a pele do seu rosto

Saiba mais sobre a acne

A acne pode ser ocasionada por alterações hormonais que aumentam a oleosidade da pele. Há estudos que comprovam um indício genético na formação da acne. Porém há outros indícios também relacionados à acne, tais como:

  • Alterações hormonais referentes à menstruação, estresse, gestação e/ou pílulas anticoncepcionais.
  • Cosméticos para cabelos e produtos muito oleosos.
  • Medicamentos que contenham testosterona, estrógeno e esteroides.
  • Níveis muitos altos de umidade e suor.
Saiba mais sobre a acne

Muitas pessoas acreditam que comer muito chocolate, amendoim, frutas secas e alimentos ricos em gordura, aumentam a probabilidade de apresentar acne. No entanto, estudos realizados ainda não comprovam tais fatos. O que se sabe é que alimentos ricos em açúcar refinado, estão diretamente relacionados com o aparecimento da acne.

Dicas de tratamentos naturais para cravos e espinhas

Entendendo melhor sobre a acne

Tratamento #1

Ingredientes:

Como prosseguir?

  1. Misture em partes iguais a água fria e o bicarbonato de sódio.
  2. Em seguida, esfregue na região com cravos.
  3. Depois, limpe a mistura com água quente.
  4. Aplique o mel na região e deixe agir por 15 minutos.
  5. Lave em seguida.

Leia também: Como preparar 5 remédios com alho para tratar a acne

Tratamento #2

Ingrediente:

Como prosseguir?

  1. Em primeiro lugar, esprema a batata até obter um purê.
  2. Em seguida, esfregue na região afetada.
  3. Deixe agir por aproximadamente quinze minutos. Lave bem em seguida.
  • Graham, G. F., & Tuchayi, S. M. (2016). Acne. In Dermatological Cryosurgery and Cryotherapy. https://doi.org/10.1007/978-1-4471-6765-5_62
  • Davidovici, B. B., & Wolf, R. (2010). The role of diet in acne: facts and controversies.Clinics in Dermatology, 28(1), 12–16. https://doi.org/https://doi.org/10.1016/j.clindermatol.2009.03.010