Limpar o fígado para perder peso

· 4 de junho de 2014
Ao depurar o nosso fígado, os níveis de energia aumentam, assim como a nossa vontade de praticar atividades físicas, de nos levantarmos mais cedo e de sermos mais produtivos em geral.

Uma boa limpeza do fígado envolve a ingestão de alguns suplementos para melhorar as funções do órgão. Existem diferentes “receitas” para limpá-lo, todas incluem azeites, sais, sucos ou suplementos naturais.

Quando seu fígado está limpo, você certamente fica mais saudável, pois poderá eliminar tudo aquilo que não é necessário.

O que saber sobre a limpeza do fígado?

Em primeiro lugar, você deve conhecer quais são os efeitos que esta técnica tem. É escolhida por aqueles que desejar perder peso ou ainda que sofreram algum dano neste órgão.

A obesidade ou o sobrepeso nada mais são do que o resultado de uma alimentação excessiva. Dessa forma, o organismo vai armazenando os alimentos, mas primeiro os transforma em gorduras.

Quando há algum dano hepático, podemos sofrer de micção inadequada, obstrução da vesícula, fezes amolecidas ou prisão de ventre, por exemplo, tudo pelo acúmulo de toxinas que prejudicam este órgão. Quando a limpeza do fígado é realizada, isso é removido.

Os suplementos que são ingeridos durante o tratamento ajudam este órgão para que ele continue cumprindo seu papel. Além disso, quanto mais alto e funcional for o metabolismo, maior será a possibilidade de emagrecimento.

Ainda que a limpeza hepática seja um método efetivo para perder peso, não se deve realizar de maneira inadequada ou apenas para tal fim.

Antes de realizar o tratamento, é bom consultar um médico para que você se informe sobre os ingredientes que pode ou não consumir. Lembre-se que essa limpeza não serve para curar doenças ou complicações hepáticas.

E mais, não abuse da limpeza, pois isso também não é bom para sua saúde. Se você quiser repetir, aguarde um tempo prudencial para tal.

Ilustração do fígado no corpo feminino

Existem diferentes receitas que você pode aproveitar para limpar o fígado. Elas ajudam a aumentar o movimento intestinal e para que tanto este órgão quanto a vesícula eliminem tudo o que não lhes serve mais.

Durante a limpeza, não é recomendado realizar muitas atividades, não levantar muito peso e, na medida do possível, ficar em casa.

Além disso, não vá se deitar imediatamente depois de consumir a receita escolhida, pois você pode sentir enjoos, náuseas ou vomitar.

Por que é necessário fazer uma limpeza do fígado?

Basicamente pelo estilo de vida que levamos, a alimentação desordenada e desequilibrada que consumimos e a falta de exercícios ou esportes.

O fígado gera mais gordura e depois a armazena em excesso. É importante fazer uma dieta de desintoxicação do fígado de vez em quando para melhorar sua função hepática e aumentar seus níveis de energia.

Assim, você também poderá aumentar a vontade de fazer atividades físicas, levantar cedo, produzir mais no trabalho ou nos estudos.

Em geral, você vai se sentir muito melhor em vários aspectos. Alguns dizem que mudaram o tipo de pele, deixaram de ter acne, por exemplo, e a maioria dos que provaram esta limpeza afirma que serve para perder peso.

Leia também: 5 bebidas que otimizam a função hepática

Como limpar o fígado?

Lembre-se que o trabalho que este órgão faz todos os dias o faz acumular toxinas, por isso a ideia é eliminar estes resíduos negativos.

Pode-se repetir o processo até três vezes ao ano. Sendo assim, veja as seguintes receitas para uma efetiva limpeza hepática:

  • Suco de toranja com alho e gengibre: faça este procedimento durante o fim de semana. Além disso, vai ajudar a fortalecer seu sistema linfático.

Você precisará de duas toranjas, quatro limões, dois dentes de alho, uma rodela de raiz de gengibre, 300ml de água e duas colheres de azeite de oliva.

Dessa forma, esprema as toranjas e os limões, rale o gengibre e amasse o alho. Coloque todos os ingredientes no liquidificador e misture bem. Beba antes de dormir pela noite.

Suco de toranja para limpar o fígado

  • Suco de laranja, alho e azeite de oliva: você precisará de 1/4 de xícara de azeite de oliva, 1/4 de xícara de suco de laranja recém espremido, meia colher de gengibre ralado e meia colher de alho picado.

Bata no liquidificador e beba antes de ir dormir. Procure se deitar do lado direito. Este procedimento deve ser repetido durante três noites seguidas.

Leia também: Como preparar suco de toranja e melão para perder peso

Alimentos que te ajudarão a desintoxicar o fígado

Além das receitas mencionadas, você pode, uma semana antes e depois, preparar o corpo mantendo o clima “natureba” ou desintoxicante.

Sendo assim, aconselha-se consumir os seguintes alimentos:

  • Grãos integrais: têm vitamina B e melhoram a metabolização das gorduras e a função hepática;
  • Chá verde: tem propriedades antioxidantes (catequinas), úteis para auxiliar o fígado;
Chá verde para auxiliar a limpar o fígado

  • Uvas: contribuem com açúcares naturais e muitos antioxidantes, ativando, assim, a função de limpeza do fígado e a produção de bílis;
  • Maçãs: contam com uma grande quantidade de pectinas e componentes químicos que ajudam a eliminar toxinas do aparelho digestivo;
  • Cenoura e beterraba: têm muitos flavonoides e beta-caroteno, que estimulam a função hepática;
  • Hortaliças de folha verde: são uma das aliadas mais fantásticas para limpar o fígado, devido à clorofila que absorve as toxinas da corrente sanguínea e protegem este órgão tão importante;
  • Azeite de oliva: é útil se consumido em quantidades moderadas;
  • Berinjelas: trata-se de um tônico digestivo que serve para ativar as funções da vesícula;
  • Escarola e endívia: ambas têm uma substância de sabor amargo que serve para limpar de forma natural a vesícula;
  • Abacate: protege o fígado da sobrecarga de toxinas e aumenta o poder de limpeza do tratamento que você escolher.
O abacate é capaz de ajudar na limpeza do fígago

Como últimas recomendações: reduza as porções que você consome, evite o álcool, a carne vermelha, os lácteos e produtos refinados. Beba bastante água e, além disso, realize uma rotina de exercícios moderada.

Imagens cortesia de Maxpax, Dan McKay y Jaanus Silla.