Isoface: usos e efeitos da medicação

24 Fevereiro, 2020
O Isoface é um medicamento de uso sistêmico prescrito para o tratamento da acne cística e acne grave. Como ele funciona? Em quais casos é contraindicado? Vamos explicar tudo isso a seguir.

O Isoface é um medicamento cujo princípio ativo é a isotretinoína. A isotretinoína é um medicamento que pertence ao grupo dos retinoides, derivados da vitamina A ou ácido retinoico.

Assim, trata-se de um medicamento de uso sistêmico, utilizado no tratamento da acne cística e da acne grave. É, portanto, um medicamento que precisa de prescrição médica e, além disso, está sujeito a um controle especial.

Como o Isoface funciona?

Isoface para tratar a acne grave
O Isoface é um medicamento utilizado nos casos mais graves de acne. Em geral, ajuda a evitar a produção excessiva de sebo.

A acne é uma doença que depende de muitos fatores. Envolve a obstrução e a inflamação crônica do folículo pilossebáceo e, além disso, alterna períodos de surto e remissão.

O mecanismo de ação do Isoface não é completamente conhecido, mas sabe-se que suprime a atividade das glândulas produtoras de gordura e diminui o seu tamanho.

A isotretinoína impede a proliferação das células produtoras de gordura. Portanto, reduz a produção de sebo e evita que as bactérias colonizem os dutos das glândulas sebáceas.

Em quais casos este remédio é indicado?

Este é o medicamento mais receitado para o tratamento da acne grave, da acne cística e da acne inflamatória, para pacientes que não obtiveram sucesso com outros tratamentos.

Trata-se de um medicamento de uso sistêmico, que também é usado em casos de rosácea, hidradenite supurativa e psoríase.

Leia também: Tratamento para a psoríase

Como tomar o Isoface?

Cápsulas de medicamento para a pele
O Isoface vem em diversas apresentações e deve ser ingerido por via oral. É recomendável consumi-lo com alimentos.

Existem diferentes apresentações para ingerir por via oral. Tratam-se de cápsulas gelatinosas moles que contêm isotretinoína como único princípio ativo, e diferem nas doses e nos excipientes.

É aconselhável tomar as cápsulas com alimentos. A dose é ajustada individualmente, pois a resposta ao tratamento e a ocorrência de efeitos colaterais dependem de cada caso.

A dose recomendada para iniciar o tratamento em adultos é de 0,5 mg/kg de peso por dia. Em pacientes com insuficiência renal grave, inicia-se com doses mais baixas.

A remissão e a taxa de recaídas estão relacionadas, principalmente, com a dose total administrada, e não com a duração do tratamento. Em geral, um tratamento de 16 a 24 semanas é suficiente para alcançar a remissão.

Na maioria dos casos, a acne desaparece completamente com um único ciclo de tratamento. No entanto, se ocorrer uma recaída, é possível a administração de outro ciclo com a mesma dose.

Se for necessário repetir o tratamento, deve-se esperar pelo menos oito semanas, que é o tempo em que poderá haver melhora da acne após o tratamento.

Contraindicações

Mulher com doença hepática
O Isoface é contraindicado em pacientes com insuficiência hepática.

A isotretinoína é contraindicada nos seguintes casos:

  • Mulheres grávidas ou em idade fértil: existem estudos que demonstram o efeito teratogênico do ácido retinoico e alguns de seus análogos.
  • Mães que amamentam: a isotretinoína passa facilmente para o leite materno e, devido a possíveis efeitos adversos para a mãe e para o bebê, seu uso neste caso é contraindicado.
  • Insuficiência hepática.
  • Hiperlipidemia.
  • Tratamento simultâneo com tetraciclinas: nesses casos, existe o risco de hipertensão intracraniana benigna. Os sintomas que podem aparecer incluem, por exemplo, dores de cabeça, náuseas, vômitos e alterações visuais.
  • Hipervitaminose A.
  • Hipersensibilidade à isotretinoína.

Além disso, se você estiver sendo tratado com Isoface, evite a exposição ao sol e use sempre um filtro solar com fator alto de proteção.

Você também pode se interessar: Administração de medicamentos por via nasal

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais são muitos e dependem da dose. Eles podem aparecer poucos dias após o início do tratamento e incluem:

  • Ressecamento extremo da pele.
  • Ressecamento de mucosas da boca, lábios e olhos.
  • Vermelhidão e descamação da pele.
  • Dor nos músculos e nas articulações.
  • Aumento dos níveis de açúcar e de colesterol no sangue.
  • Presença de sangue ou proteínas na urina.
  • Trombocitopenia, trombocitose e neutropenia.
  • Aumento do nível de triglicerídeos e de enzimas hepáticas no sangue.
  • Dor de cabeça, estômago e ossos.

Por fim, durante o tratamento, não é recomendável usar esfoliantes na pele, pois existe o risco de irritá-la ainda mais e causar algum tipo de lesão.

Conclusão

O Isoface é indicado para tratar as formas mais graves de acne, uma vez que a isotretinoína ajuda a reduzir a produção de sebo. Por isso, os resultados obtidos superam os possíveis efeitos adversos que podem ocorrer.

  • Vieira, A. S., Beijamini, V., & Melchiors, A. C. (2012). The effect of isotretinoin on triglycerides and liver aminotransferases. Anais Brasileiros de Dermatologia. https://doi.org/10.1590/s0365-05962012000300005
  • Brenner, F. M., Rosas, F. M. B., Gadens, G. A., Sulzbach, M. L., Carvalho, V. G., & Tamashiro, V. (2006). Acne: um tratamento para cada paciente. Revista de Ciências Médicas.
  • Gómez-Flores, M. (2011). Uso de isotretinoína en acné común. Revista Medica de México Seguro.