Infusões para a anemia mais recomendadas

12 de agosto de 2019
Você tem anemia? Não sabe como lidar com ela? Existem infusões para anemia, e uma série de recomendações que lhe permitirão recuperar os níveis normais de ferro. 

A anemia é um problema que afeta muitas pessoas. Embora existam diferentes razões pelas quais ela possa aparecer, a mais frequente é o que tem a ver com a má absorção de ferro. Mas você sabia que existem infusões para anemia?

As infusões têm benefícios diferentes. Nos ajudam a acalmar as dores no estômago ou melhorar a nossa digestão. No entanto, também podem nos ajudar a assimilar melhor o ferro. Assim sendo, ao longo deste artigo vamos descobrir algumas das melhores infusões para esta indicação.

4 infusões para anemia

Segundo o artigo “Fatores que modificam o estado da nutrição do ferro: teor dos taninos das infusões de ervas”, algumas infusões funcionam melhor que outras porque contêm uma menor quantidade de ácido tânico (ácido que impede uma boa absorção do ferro).

Especialistas recomendam tomar essas infusões, pelo menos uma hora após as refeições, para que o corpo possa absorver, sem problemas, o ferro dos alimentos. Consumir uma infusão por dia é suficiente.

1. Infusão de funcho

Uma das primeiras infusões para anemia é a infusão de funcho. Seu nome científico é Foeniculum vulgare e, embora vamos falar sobre seu consumo como uma infusão, também pode ser incluída como alimento em diferentes refeições.

Para preparar a infusão, precisaremos de:

  • Usar cerca de 30 gramas de folhas de funcho.
  • Adicionar 1 litro de água.
  • Preparar como uma infusão normal.Funcho para anemia

Podemos aproveitar os bulbos do funcho para adicioná-los a muitos dos nossos pratos, e desfrutar de deliciosas refeições ricas em ferro.

2. Infusão de hortelã

A hortelã-pimenta ou menta é uma infusão amplamente utilizada, que a grande maioria das pessoas tem em sua cozinha. É ideal para acelerar a digestão e reduzir o peso causado pelo consumo de refeições abundantes. No entanto, também nos ajuda se sofrermos de anemia.

Entre as propriedades da hortelã está a de ser uma rica fonte de ferro. Por este motivo, é positivo consumi-la, pelo menos, uma hora depois de comer. Podemos tomar essa infusão até duas vezes por dia, e é melhor comprar as folhas da planta para preparar uma infusão caseira.

Leia também: 5 remédios caseiros com hortelã que você vai gostar de conhecer

3. Infusão de canela

Outra das infusões para anemia é a que se elabora com canela ou Cinnamomum verum. Esta especiaria que é usada em diferentes alimentos e sobremesas, também pode ser consumida em forma de infusão, se seguirmos os seguintes passos:

  • Vamos precisar de 2 paus de canela e 1 xícara de água.
  • Coloque a água para ferver.
  • Quando atingir o ponto de ebulição, adicione a canela.
  • Deixe ferver por alguns minutos, e depois desligue o fogo.

4. Infusão de alecrim

A infusão de alecrim, Rosmarinus officinalis, também é muito rica em ferro. Mas, além disso, tem diferentes propriedades que a tornam um excelente aliado para lidar com os gases, e o desconforto no estômago.Ervas para tratar a anemia

A infusão de alecrim não só ajuda a expulsar os gases, mas é uma rica fonte de ferro.

É preparada como uma infusão normal, embora seja preferível comprar as folhas de alecrim, em vez dos sacos de chá já preparados. A primeira opção é muito mais natural e eficaz.

Descubra ademais: Suco especial para perder medidas, energizar o corpo e combater a anemia

Dicas para a anemia

Além de todas as infusões para a anemia que acabamos de descobrir, é conveniente incluir alimentos ricos em ferro na dieta. Segundo o artigo “Importância do consumo de ferro e vitamina C para a prevenção da anemia ferropriva”, alguns alimentos ricos nesse mineral são:

  • Carne, aves e peixe.
  • Cereais integrais e leguminosas.
  • Raízes e tubérculos.

Incluir um copo de vinho branco durante a refeição também pode ajudar a aumentar a absorção de ferro presente em cereais e alimentos vegetais. No entanto, não é recomendável exceder a quantidade recomendada de um copo.

Agora que conhecemos as infusões que podem nos ajudar a combater a anemia, é essencial lembrarmos que nunca devemos consumi-las logo após as refeições. Assim, evitaremos que estas limitem a absorção de ferro dos alimentos.

Da mesma forma, é vital introduzir alimentos ricos em ferro, como os mencionados acima, e seguir as recomendações do nosso médico. Pode ser necessário tomar um suplemento adicional para estabilizar nossos níveis de ferro.

Alguma vez você já consumiu essas 4 infusões contra a anemia? Ajudaram você?

 

  • Fernández-Palacios, Lorena, Ros-Berruezo, Gaspar, Barrientos-Augustinus, Elsa, Jirón-de-Caballero, Elizabeth, & Frontela-Saseta, Carmen. (2017). Aporte de hierro y zinc bioaccesible a la dieta de niños hondureños menores de 24 meses. Nutrición Hospitalaria34(2), 290-300. https://dx.doi.org/10.20960/nh.1161
  • Gallegos-Zurita, M. (2016, October). Las plantas medicinales: principal alternativa para el cuidado de la salud, en la población rural de Babahoyo, Ecuador. In Anales de la Facultad de Medicina (Vol. 77, No. 4, pp. 327-332). UNMSM. Facultad de Medicina.
  • Madaleno, I. M., & Montero, M. C. (2012). El cultivo urbano de plantas medicinales, su comercialización y usos eitoterapeuticos en la ciudad de Río Cuarto, provincia de Córdoba, Argentina. Cuadernos Geográficos, (50), 63-85.
  • Mercado-Mercado, Gilberto, Rosa Carrillo, Laura de la, Wall-Medrano, Abraham, López Díaz, José Alberto, & Álvarez-Parrilla, Emilio. (2013). Compuestos polifenólicos y capacidad antioxidante de especias típicas consumidas en México. Nutrición Hospitalaria28(1), 36-46. https://dx.doi.org/10.3305/nh.2013.28.1.6298