Infusão de hortelã, manjerona e erva-doce para tratar digestões lentas

5 de novembro de 2019
As propriedades de algumas ervas, como a manjerona e hortelã, podem ser de grande ajuda para tratar digestões lentas naturalmente e sem recorrer a medicamentos com possíveis efeitos colaterais.

Se você deseja tratar digestões lentas, o ideal é recorrer a remédios naturais e não a medicamentos. Assim, você evitará enfrentar os temidos efeitos colaterais que a grande maioria dos medicamentos costuma ter.

Além disso, não recomendamos a automedicação em nenhuma circunstância. Principalmente, se tivermos uma digestão lenta durante a gravidez, pois pode representar um grande risco para o bebê.

Tratar digestões lentas com infusõesInfusão de hortelã, manjerona e erva-doce para tratar digestões lentas

Há uma grande variedade de infusões destinadas a melhorar a digestão. Por exemplo, é bem conhecida a infusão de hortelã ou menta, que além de promover a digestão, deixa um hálito mentolado agradável.

Há muitas razões pelas quais as digestões pesadas podem ocorrer. Por exemplo, nas reuniões familiares realizadas em datas festivas como o Natal, é normal comer mais do que o habitual. Isso resultará em uma sensação de desconforto e gases.

Leia este artigo: Remédios caseiros para cólicas

Infusão de hortelã, manjerona e erva-doce

Hoje vamos descobrir uma infusão infalível para tratar digestões lentas eficazmente. Para isso, escolhemos três ingredientes que acreditamos serem básicos. A seguir, veremos algumas de suas propriedades:

  • Hortelã: acalma as condições do estômago relacionadas à digestão. Por exemplo, reduz o inchaço, evita a flatulência e ajuda a combater cólicas incômodas.
  • Manjerona: Destina-se a aliviar as digestões lentas que ocorrem com fortes dores, devido às cólicas resultantes desta.
  • Erva-doce: mantém sob controle a distensão abdominal que pode ser causada pelo acúmulo de gases. A erva-doce permite expulsá-las e, além disso, ajuda a combater a acidez, que pode aparecer nas digestões lentas.

Como percebemos, não poderíamos fazer uma infusão para tratar digestões lentas com ingredientes melhores que estes. Agora vamos ver como podemos prepará-la, para aproveitar todos os seus benefícios.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 colher de sopa das 3 ervas mencionadas (15 g de cada)
  • mel

Preparação 

  • Vamos colocar uma panela de água para ferver. Quando estiver no ponto de ebulição, abaixamos o fogo e adicionamos os ingredientes.
  • Começaremos com a hortelã, esperaremos um minuto, adicionaremos a manjerona e, finalmente, a erva-doce.
  • Vamos deixá-las infundir por cerca de 10 minutos, e retiramos do fogo.
  • Coaremos o resultado, e colocamos a infusão em um copo.

Podemos consumir essa infusão imediatamente após comer. Se costumarmos ter digestão lenta com frequência relativa, é melhor beber cerca de duas xícaras por dia. Por exemplo, depois do almoço e depois do jantar.

Por que sofro de digestões lentas?Infusão de hortelã

Comentamos no início que a digestão pesada pode ser causada por refeições abundantes. No entanto, pode haver outro conjunto de razões pelas quais parece que esse problema se tornou crônico. Veremos algumas delas.

Consumo excessivo de alimentos ricos em gordura

Em primeiro lugar, seria conveniente revisar o tipo de alimento que consumimos. Por exemplo, aqueles que são ricos em gordura podem nos prejudicar, se comermos mais do que nosso corpo precisa. Pois só precisamos de uma quantidade muito pequena.

Por esse motivo, não apenas precisamos reduzir a ingestão de gordura, mas também diferenciar entre aquelas provenientes de produtos, que podemos considerar “bons”, e aqueles que chamamos de “menos bons”. No primeiro grupo, encontramos o azeite de oliva e, como exemplo do segundo, os doces.

Intolerâncias

Outra razão pela qual podemos ter uma digestão pesada pode estar relacionada à alguma intolerância alimentar. Hoje, muitas pessoas desenvolvem intolerância à lactose ou ao glúten.

Se para nós é difícil digeri-los, precisamos levar isso ao conhecimento do nosso médico de confiança para descartar essa possibilidade. Quando um alimento não nos cai bem e continuamos a consumi-lo, estamos prejudicando a nós mesmos e a nosso corpo.

Conheça as Doenças que podem se esconder por trás da indigestão

Estresse

Embora neste momento vejamos o estresse como normal, a verdade é que não remediá-lo pode começar a afetar nossa digestão. Por esse motivo é importante começar a tomar algumas medidas. Praticar meditação mindfulness ou exercícios físicos pode ajudar.

Você costuma sofrer com digestões pesadas? Como costuma tratar as digestões lentas? Esperamos que dê uma oportunidade à infusão que abordamos neste artigo, pois esta pode trazer muitos benefícios à sua saúde. Tantos, que é possível que, a partir de hoje, o problema de sua digestão lenta termine de uma vez por todas.