Os incríveis benefícios da espirulina

· 13 de junho de 2017
Embora seja conhecida como um suplemento alimentar para perder peso, a espirulina também pode nos ajudar a desintoxicar o organismo e reduzir os níveis altos de colesterol e triglicerídeos.

Você já ouviu falar? Sabe todos os benefícios da espirulina? Não deixe de conhecer tudo o que podemos obter dessa fonte de nutrientes.

Apesar de na atualidade a espirulina ser consumida como suplemento, há vários séculos ela era “conseguida” de maneira natural.

Ela já era utilizada na época dos maias e dos astecas, e tem muitas propriedades benéficas para a saúde.

Neste artigo, falaremos tudo sobre a espirulina, um remédio ancestral muito poderoso.

Breve história da espirulina

Nas crônicas sobre a conquista do México por parte de Hernán Cortés, é mencionada uma vegetação que havia na superfície do lago Texcoco e que era colhida pelos astecas.

Eles a secavam ao sol e depois assavam para consumir como alimento.

O nome usado pelos nativos era “Tecuitlat”, que significa “produto de pedra”.

Essa espécie só sobrevivia em águas com grande teor de sais minerais.

A utilização da espirulina como alimento também está presente em outras culturas tais como, por exemplo, os Kanenmbu, na região do lago Chad.

Na Espanha, pode-se encontrar essa espécie no Parque Nacional de Doñana, em Huelva, mais precisamente na laguna de Santa Olalla.

Não é originária da Península Ibérica, mas chegou a essa região transportada pelos flamencos em sua migração da África.

Na última metade do século XX, a espirulina foi usada de forma industrial.

O cultivo começou em 1962 nas regiões áridas onde a salinidade da água não era apta para a agricultura convencional.

Apesar de se acreditar que se tratava de uma alga, na verdade, são organismos procariontes com uma região central (onde está o ácido nucleico) e uma periférica (com clorofila).

Na atualidade, ela é consumida crua em forma de comprimido ou em pó.

Podemos encontrar, geralmente, no setor de suplementos dietéticos das lojas e supermercados.

Leia também: Vitaminas e sucos verdes para o café da manhã

Nutrientes e propriedades da espirulina

da espirulina

Esta cianobactéria com forma de espiral (daí seu nome) tem uma cor azul esverdeada devido à ficocianina e à clorofila que contém.

É um complemento maravilhoso que oferece proteínas mais digestivas do que muitos alimentos (57% do peso é formado por esse nutriente).

A espirulina também é uma grande fonte de carboidratos, lipídios, ácidos nucleicos e vitamina A e B12.

Dentre os minerais que oferece destacamos o cálcio, o ferro, o magnésio e o fósforo.

São muitos os benefícios para a saúde e a beleza que podemos aproveitar ao consumir espirulina.

Para começar, trata-se de um suplemento dietético que atrasa o envelhecimento das células.

Ao mesmo tempo, como também oferece antioxidantes, como o betacaroteno, é muito bom para a saúde ocular.

Por ter muito ferro, é recomendada para pessoas com anemia, cansaço e desmineralização.

Atletas profissionais a consomem para aumentar seu rendimento nas competições e nos treinos, já que permite recuperar a energia, a vitalidade e a forma física.

Por ser pobre em gorduras saturadas e ácidos graxos essenciais, é um complemento ideal para pessoas que querem perder peso ou se alimentar de forma mais saudável.

Como se não fosse suficiente, a espirulina quase não oferece calorias. Além disso, contém um aminoácido capaz de suprimir o apetite.

A espirulina proporciona diversos benefícios

A espirulina tem a capacidade de proteger e nutrir tanto o fígado quanto os pulmões.

Além disso, também nos ajuda a:

  • Desintoxicar o organismo;
  • Reforçar o sistema imunológico;
  • Regenerar a flora intestinal (é aconselhada em casos de prisão de ventre, já que favorece a formação das fezes).
da espirulina

Leia também: 5 receitas para limpar o fígado

Por outro lado, contribui na produção de um neurotransmissor chamado acetilcolina, que mantém as funções neuronais em equilíbrio e melhora a saúde do sistema nervoso central.

Graças às vitaminas da espirulina, as células cerebrais têm um melhor funcionamento (perfeito para consumir antes de uma prova, por exemplo).

Esse organismo que habita as águas salgadas também tem muitos benefícios para a saúde cardiovascular, pois reduz o colesterol e os triglicerídeos, assim como diminui a pressão sanguínea elevada.

Claro que há muito mais vantagens deste excepcional complemento, como, por exemplo:

  • Evita a osteoporose durante a menopausa.
  • Ajuda a dormir melhor.
  • Reduz os sintomas causados pela artrite reumatoide.
  • Trata o zumbido nos ouvidos.
  • Diminui o mau hálito.
  • Desinfeta e cicatriza as úlceras ou feridas na boca.

Benefícios da espirulina para a estética

da espirulina

Além de todos os benefícios dessa planta para a nossa saúde, também podemos destacar suas propriedades na área da beleza.

Para começar, devemos mencionar que devido ao seu grande teor de minerais, vitaminas e aminoácidos, ajuda no crescimento e fortalecimento capilar.

  • Por este motivo, é recomendada para pessoas que sofrem de queda de cabelo.
  • Evita a fragilidade das unhas.
  • Também age como um rejuvenescedor da pele graças à clorofila, aos ácidos linoleicos e à vitamina E.

Como consumir espirulina?

Podemos encontrar esse complemento em diferentes apresentações: cápsulas, líquido, comprimidos, tintura e pó.

A dose diária permitida em adultos é de 3 a 5 gramas.

Contraindicações e efeitos colaterais

Devem evitar o consumo de espirulinas pessoas que sofrem de gota ou hiperuricemia, assim como mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Pode causar diarreia, vômitos, reações na pele e dor de cabeça. 

Nestes casos, portanto, deve-se deixar de consumi-la e consultar um especialista.