As Lentilhas: Você sabia que elas são fonte de proteínas e antioxidantes?

· 17 de maio de 2016
A lentilha tem um índice calórico alto, mas o arroz ou a carne de frango também têm. A chave está em comer todos com moderação e combinados com alimentos saudáveis

As lentilhas, assim como o resto das leguminosas, são básicas em uma alimentação saudável. São ricas em fibra, proteínas e nutrientes essenciais para qualquer pessoa.

Então, vale a pena responder… você as consome de forma regular? Gosta de lentilha? Ou costuma excluí-las por achar que lhe farão ganhar peso?

A maioria das leguminosas contém poucas gorduras e nos oferece diversos benefícios, mas entre elas, sem dúvidas, as lentilhas são uma das melhores opções que podemos escolher.

São esponjosas, aveludadas e deliciosas, tão ricas em antioxidantes e outros nutrientes que costumam ser a base para muitas dietas vegetarianas dado ao seu alto índice de proteínas. Gostaria de saber tudo o que as lentilhas podem fazer por você? Então continue lendo nosso artigo!

As lentilhas: uma fonte natural de proteínas que cuidam da sua saúde

lentilhas-com-verdura

Você vai gostar de saber que em países como a Índia, onde muita gente escolhe não comer carne animal, grande parte das proteínas diárias é obtida graças às lentilhas e a soja.

Assim, é possível que no seu caso cada vez que você veja as lentilhas as associe imediatamente a esses pratos tão proteicos e calóricos, onde adicionamos linguiça, presunto, batatas, etc.

São deliciosas de todas as formas, oferecem muita versatilidade e são um alimento importante em muitos lares. Por isso, vale a pena nos determos uns instantes para entender um pouco mais quais são todos os seus benefícios.

  1. É verdade que as lentilhas engordam?

Começaremos por este ponto que certamente interessa a todos nós. É fato que as lentilhas contêm um índice calórico alto, mas é o mesmo índice que o arroz ou a carne de frango.

A segredo está, então, no equilíbrio, e em consumi-las com moderação. Com a quantidade exata, adequada, podemos colher grandes benefícios na hora de perder peso:

  • As lentilhas são ricas em zinco, um mineral que nos ajuda a regular a fome e, portanto, a necessidade de petiscar entre as refeições. Um prato normal de lentilhas é capaz de nos deixar muito saciados.
  • Contêm proteínas básicas nas dietas de emagrecimento, afinal, oferecem firmeza ao músculo e ajudam a evitar a flacidez.
  • As lentilhas contêm uma dose muito interessante de potássio, o qual evitará que acumulemos líquidos e que fiquemos inchados.
  • O segredo para que as lentilhas sejam uma ajuda para perder peso é cozinhá-las da forma adequada. Então, que tal se prepararmos uma deliciosa salada com elas?

Você também pode se interessar: 5 hábitos que podem piorar a gastrite

  1. Ricas em proteínas, porém muito digestivas

Um dos inconvenientes das proteínas é que costumam demorar bastante para serem digeridas. Quando comemos, por exemplo, um filé de carne, demoramos bastante para fazer a digestão e para que os nutrientes sejam absorvidos pelo intestino.

No caso das lentilhas isso não acontece. Isso se dá porque elas dispõem de um tipo de aminoácidos que facilita a digestão, sempre e quando as combinarmos com os alimentos certos.

Então, se adicionamos linguiça, bacon e presunto, como é óbvio, será mais difícil digeri-las do que se optarmos por comê-las acompanhadas de cenouras ou abobrinha.

Outra vantagem das lentilhas é seu teor de fibras e seu baixo teor em lipídios, algo que nos ajudará muito a regular nosso peso ao mesmo tempo que facilitará o transito intestinal.

  1. Fonte natural de nutrientes

São versáteis, saborosas e uma fonte natural de vitaminas, minerais e proteínas. Como resistir? Estas leguminosas consumidas em praticamente todo o mundo podem fazer muito por você. Anote sua interessante composição:

  • Vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C e E.
  • Potássio
  • Fósforo
  • Cálcio
  • Ferro
  • Magnésio
  • Sódio
  • Ácido fólico

Podemos comer um prato de lentilhas entre uma ou duas vezes por semana, combinando-as com os alimentos mais adequados para que cuidem de nossa saúde em geral. Só assim nos oferecerão todos esses benefícios:

  • Combatem a prisão de ventre.
  • Cuidam de nosso cólon.
  • Regulam o nível de colesterol no sangue.
  • Combatem o estresse graças ao seu nível adequado de vitaminas do complexo B.
  • Nos oferecem cálcio, muito adequado para regular a osteoporose e a descalcificação.
  • As lentilhas são muito adequadas para os diabéticos.
  • Para combater a anemia.
  • É aconselhável consumir lentilhas durante a lactação e a gravidez por seu teor de ácido fólico e suas proteínas. Além disso, fortalecem os dentes, os ossos, o cabelo, a pele e as unhas…. E são deliciosas!

Você também pode se interessar: Contribuições das vitaminas nas dietas

Salada fácil e fresca de lentilhas

salada-de-lentilhas-500x333

Ingredientes

  • 400 g de lentilhas cozidas e já escorridas
  • 50 g de queijo fresco sem gorduras
  • 5 tomates cereja
  • 1 cenoura ralada
  • 3 g de salsa
  • 1 cebola pequena picadinha
  • 10 azeitonas
  • 3 colheres de sopa de milho em lata
  • 1 pitada de orégano
  • Azeite de oliva
  • Vinagre branco (a gosto)

Preparo

  • Preparar essa salada é muito fácil e rápido. Primeiramente pique a cebola, rale a cenoura em tirinhas finas e corte em cubinhos o queijo fresco sem gorduras.
  • Em seguida adicione em uma tigela as lentilhas cozidas. Depois adicione o milho, a cenoura, o queijo, a cebola picadinha e a salsa. Mexa muito bem.
  • Por último, adicione as azeitonas e tempere com o orégano, o vinagre e o azeite de oliva. Mexa bem e se sirva.

Ficará deliciosa, não deixe de experimentar!

  • Loures, N. T. P., Nóbrega, L. H. P., & Coelho, S. R. M. (2009). Análise físico-química, microbiológica e sensorial de brotos de lentilha da variedade PRECOZ. Acta Scientiarum - Agronomy. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v31i4.317
  • Gonzalez, N. B. B. (2008). Biodisponibilidade de minerais das fontes leguminosas. Revista Simbiologias.
  • Jenkins, D. J. A., Kendall, C. W. C., Augustin, L. S. A., Mitchell, S., Sahye-Pudaruth, S., Blanco Mejia, S., … Josse, R. G. (2012). Effect of legumes as part of a low glycemic index diet on glycemic control and cardiovascular risk factors in type 2 diabetes mellitus: A randomized controlled trial. Archives of Internal Medicine. https://doi.org/10.1001/2013.jamainternmed.70