Hábitos que ajudam no tratamento da osteoartrite

· 9 de maio de 2019
Embora não exista uma cura definitiva para a osteoartrite, a prática de alguns hábitos saudáveis ​​pode facilitar o controle dos sintomas. Descubra algumas dicas.

A osteoartrite é uma doença crônica que compromete a saúde das articulações. Frequentemente afeta pessoas com mais de 60 anos, mas pode ocorrer em adultos de qualquer idade. Embora não haja cura, alguns hábitos podem impedir sua progressão. Como deve ser o tratamento da osteoartrite?

Hábitos para apoiar o tratamento da osteoartrite

A osteoartrite se desenvolve devido a danos progressivos nas articulações. Essa deterioração pode ocorrer com o tempo, seja devido ao processo de envelhecimento ou a uma lesão. Em qualquer caso, desencadeia sintomas como dor, rigidez e dificuldades para executar movimentos.

Embora seu nível de gravidade possa variar em cada paciente, em geral, geralmente produz uma deterioração na qualidade de vida. Portanto, o tratamento da osteoartrite visa reduzir a progressão da doença e controlar os sintomas. O que você deve levar em consideração?

Confira ademais: Artroscopia do joelho: quais são seus benefícios?

1. Faça exercício físico

Hábitos para apoiar o tratamento da osteoartrite

As dores que a osteoartrite produz frequentemente diminuem a capacidade de realizar determinados exercícios. No entanto, não é conveniente cair na inatividade. Fazer exercícios regulares de baixo impacto permite fortalecer os músculos ao redor das articulações para evitar complicações da doença.

Entre outras coisas, cerca de 20 a 30 minutos por dia de atividade física servem para aliviar a rigidez e evitar crises de dor. Assim, você pode praticar atividades leves, como caminhar, nadar ou se alongar. Você também pode escolher realizar sessões de ioga ou tai chi.

2. Perder peso ajuda com o tratamento da osteoartrite

O sobrepeso e a obesidade são fatores que podem acelerar a deterioração das articulações em pacientes com osteoartrite. De fato, ambos estão incluídos como possíveis gatilhos da doença. Devido a isso, aqueles que estão acima de um peso normal devem se esforçar para perder peso.

Um peso saudável diminui a pressão nas articulações e, portanto, ajuda a controlar os episódios de dor. Além disso, diminui o risco de outras complicações de saúde, como doenças cardiovasculares ou a síndrome metabólica.

3. Durma bem

Durma bem para recuperarse das dores

Ocasionalmente, a dor que ocorre devido à osteoartrite afeta a qualidade do sono. Apesar disso, é essencial tentar dormir bem todos os dias, pois o descanso é fundamental para reduzir o inchaço e a inflamação nas articulações. Se você estiver tendo problemas de sono, siga estes conselhos:

  • Garanta um ambiente confortável no quarto.
  • Evite usar o quarto para trabalhar.
  • Fique longe de elementos que distraiam, como computadores, telefones ou tablets antes de dormir.
  • Consuma alimentos que promovam o sono.
  • Coma um jantar saudável e de baixa caloria.
  • Tome infusões relaxantes, como o chá de maracujá ou valeriana.

4. Tome infusões naturais para o tratamento da osteoartrite

As infusões medicinais não substituem o tratamento farmacológico prescrito pelo médico. No entanto, seu uso pode ser benéfico no tratamento da osteoartrite. Algumas opções recomendadas por suas propriedades anti-inflamatórias são: infusão de gengibre, chá verde e chá de açafrão.

Não deixe de ler: 7 dicas para prevenir a osteoartrite

5. Aplique uma terapia de calor e frio

Aplique uma terapia de calor e frio na osteoartrite

A terapia com calor e frio pode contribuir para o tratamento da osteoartrite. O calor ajuda a abrir os vasos sanguíneos, melhorando a circulação. Graças a isso, o transporte de nutrientes para os tecidos afetados é facilitado. Além disso, o calor produz um efeito calmante que diminui a rigidez.

Por outro lado, a aplicação de gelo restringe os vasos sanguíneos e reduz o inchaço e a dor. Por esta razão, é uma boa opção para complementar o efeito do calor. Como realizar essa terapia?

  • Para começar, aplique o calor com uma bolsa de água quente ou uma almofada de aquecimento. Se você não tiver nenhuma dessas opções, umedeça uma toalha com água quente (tenha cuidado, porque você pode se queimar).
  • Posteriormente, aplique por 20 minutos na área afetada e descanse.
  • Se você preferir usar o frio, enrole vários cubos de gelo em um pano ou bolsa e, novamente, aplique por 20 minutos.

Evite aplicar o gelo diretamente sobre a pele, pois pode ser prejudicial. Ao aplicar calor, certifique-se de que a temperatura é suportável.

Em resumo…

A osteoartrite é uma condição crônica que pode piorar sem um tratamento oportuno. Por isso, é essencial se atentar aos sintomas e solicitar exames médicos quando houver suspeita da doença. A combinação de medicamentos e bons hábitos torna o prognóstico mais positivo.

  • Thomas, J., & Kravitz, L. (2014). Exercise Benefits People With Osteoarthritis. IDEA Fitness Journal.
  • Beckwée, D., Vaes, P., Cnudde, M., Swinnen, E., & Bautmans, I. (2013). Osteoarthritis of the knee: Why does exercise work? A qualitative study of the literature. Ageing Research Reviews. https://doi.org/10.1016/j.arr.2012.09.005
  • B Sun, H. (2014). Osteoarthritis – Why Exercise? Journal of Exercise, Sports & Orthopedics. https://doi.org/10.15226/2374-6904/1/1/00104
  • King, L. K., March, L., & Anandacoomarasamy, A. (2013). Obesity & osteoarthritis. Indian Journal of Medical Research.
  • Bliddal, H., Leeds, A. R., & Christensen, R. (2014). Osteoarthritis, obesity and weight loss: Evidence, hypotheses and horizons – a scoping review. Obesity Reviews. https://doi.org/10.1111/obr.12173
  • Long, L., Soeken, K., & Ernst, E. (2001). Herbal medicines for the treatment of osteoarthritis: A systematic review. Rheumatology. https://doi.org/10.1093/rheumatology/40.7.779
  • Brosseau, L., Yonge, K. a, Robinson, V., Marchand, S., Judd, M., Wells, G., & Tugwell, P. (2003). Thermotherapy for treatment of osteoarthritis. The Cochrane Library. https://doi.org/10.1016/S0031-9406(05)60490-7