Hábitos para ter mais energia o dia todo

O segredo para ter mais energia no seu dia a dia é manter hábitos saudáveis ​​que agreguem bem-estar. O café é um prazer a mais nessa lista.
Hábitos para ter mais energia o dia todo

Última atualização: 23 Fevereiro, 2021

Ao contrário da crença popular, você não precisa beber litros e litros de café pela manhã para ter mais energia o dia todo. Na verdade, ao realizar uma série de ações muito simples, é possível ficar alerta e bem disposto. Você sabe quais são elas? Descubra abaixo!

Às vezes você não sabe o motivo, mas de alguma forma você se levanta e sente que falta aquele “combustível” para se mover de um lado para o outro e, claro, cumprir com todas as suas atividades. Você experimenta uma deliciosa xícara de café, mas a verdade é que você desperta muito menos do que esperava… Então você se pergunta o que poderia fazer. Tomar outra xícara de café? Não necessariamente! O segredo está nos seus hábitos.

Como ter mais energia o dia todo?

A rotina pode desgastar o organismo e, se acrescentarmos o fato de não dormir ou comer bem, é normal não ter força suficiente para enfrentar o dia.

É por isso que vamos dar os seguintes conselhos para ter mais energia durante o dia todo. Comece hoje!

1. Tente ter um descanso noturno de qualidade

Pode parecer óbvio, mas é necessário fazer essa primeira recomendação. Uma boa noite de descanso é sinônimo de mais energia durante o dia.

Não tem a ver com o número de horas, mas com a qualidade do sono. Tente se sentir confortável na cama, com calor suficiente e a menor intensidade de luz possível. Para evitar a insônia, não assista TV nem use seu celular 1 hora antes de ir para a cama.

2. Faça exercício

Embora pareça o contrário, a prática de atividade física antes das 10 horas da manhã é mais benéfica do que à tarde ou à noite. Isso porque o exercício libera endorfinas que melhoram o humor e nos preparam para o resto do dia.

Outra opção se você não gostar de se levantar cedo, é mover o corpo “informalmente”. Isso significa que, por exemplo, você pode ir trabalhar de bicicleta, usar as escadas em vez do elevador ou deixar o carro estacionado mais longe para ter que caminhar até o escritório.

3. Medite

Talvez o exercício intenso não seja a sua onda e você queira uma atividade mais tranquila para, assim, ter mais energia desde o início do dia. Recomendamos nesse caso que você dedique cerca de 10 minutos à meditação.

Você não precisa ser um monge tibetano experiente nem de uma técnica específica: basta se colocar na posição de lótus (com as pernas cruzadas e as costas retas), fechar os olhos e concentrar-se na respiração.

Deixe de lado quaisquer pensamentos relacionados ao trabalho, ao dinheiro, ao parceiro às ou tarefas domésticas. Concentre-se no seu corpo e sem se importar com mais nada.

4. Deixe uma fonte de luz natural

A melhor maneira de dizer à mente que é hora de se levantar é com a luz natural. Por isso, não perca a oportunidade de deixar uma fonte de luz sempre à vista.

Ao abrir as cortinas quando o alarme tocar, o cérebro começa a se ativar. Ao mesmo tempo, nosso humor melhora.

5. Tome um bom café da manhã

É essencial não atrasar ou ignorar essa refeição tão importante. Em última instância, é a que fornece todos os nutrientes de que seu corpo precisa para começar o dia.

É um hábito muito comum sair de casa com pressa e beber um café no caminho, no entanto, não é o mais apropriado. Levante-se 10 minutos antes e prepare um café da manhã completo que deve incluir frutas, cereais e laticínios.

Os cafés da manhã que contêm carboidratos e fibras são os mais recomendados para ter mais energia durante o dia todo. Um exemplo: um pouco de iogurte grego com aveia, uma fatia de pão integral com queijo e uma banana.

Também é importante beber água antes do primeiro café. Trata-se simplesmente de hidratar o corpo desde cedo e facilitar a correta execução de todos os processos que ele é responsável por realizar.

6. Mantenha a postura adequada

Após começar a trabalhar, você também pode mudar alguns hábitos para se sentir mais enérgico ou acordado sem ter que beber 2 xícaras de café.

Como primeiro passo, aconselhamos você a colocar sua mesa o mais perto possível de uma janela a partir da qual a luz natural entra para que o cérebro fique ativo.

Por outro lado, seria bom manter uma boa postura não só para evitar contraturas e dor, mas também para que você não “adormeça” na frente da tela. Para fazer isso, a parte de trás deve ficar o mais reta possível, os ombros separados das orelhas e o pescoço confortável.

Você quer saber mais? 6 posturas de ioga maravilhosas para perder peso

7. Movimente-se

Durante invernos rígidos, os alongamentos antes da corrida devem ser feitos em ambientes fechados.

Evite a rigidez causada por passar horas na mesma posição. Você pode se levantar do assento 5 minutos a cada hora e dar uma pequena caminhada ao redor do escritório.

Ao ativar a circulação do sangue e se movimentar um pouco, você emergirá da letargia e terá mais energia.

8. Musicalize

Às vezes, não há nada para nos despertar, mesmo tentando diferentes técnicas. O que você acha de colocar um pouco de música animada? Você pode ouvir com fones ou compartilhar com seus colegas, se for permitido, no trabalho ou em casa.

Melodias agradáveis ​​ativam o cérebro e permitem que você aumente a concentração e o foco. Além disso, também reduzem o estresse e a tensão. E deixam a vida muito mais divertida!

Agora que você já conhece todas essas dicas… o que está esperando para colocá-las em prática? Vá em frente e comprove todos os benefícios!



  • Pilcher, J. J., Ginter, D. R., & Sadowsky, B. (1997). Sleep quality versus sleep quantity: Relationships between sleep and measures of health, well-being and sleepiness in college students. Journal of Psychosomatic Research. https://doi.org/10.1016/S0022-3999(97)00004-4
  • Seo, D. Y., Lee, S., Kim, N., Ko, K. S., Rhee, B. D., Park, B. J., & Han, J. (2013). Morning and evening exercise. Integrative Medicine Research. https://doi.org/10.1016/j.imr.2013.10.003
  • Karageorghis, C. I., & Priest, D. L. (2012). Music in the exercise domain: a review and synthesis (Part II). International Review of Sport and Exercise Psychology. https://doi.org/10.1080/1750984X.2011.631027
  • Thoma, M. V., La Marca, R., Brönnimann, R., Finkel, L., Ehlert, U., & Nater, U. M. (2013). The Effect of Music on the Human Stress Response. PLoS ONE. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0070156
  • Lykins, E. L. B., & Baer, R. A. (2009). Psychological Functioning in a Sample of Long-Term Practitioners of Mindfulness Meditation. Journal of Cognitive Psychotherapy. https://doi.org/10.1016/j.ijrefrig.2013.09.027