Estresse, celular e horários: como afetam a relação

· 30 de novembro de 2018
Dentro do vínculo amoroso sempre são gerados percalços. O que garantirá um bom relacionamento será a vontade de superar os obstáculos, inclusive quando cheguem a se converter em uma crise na relação.

Como em todo relacionamento, há diversos fatores, conflitos e, em certos casos, crises que afetam a relação e que exigem que cada um de seus membros modifique comportamentos e atitudes. É assim que ambos podem se ajustar às novas situações que este tipo de vínculo enfrenta.

Todas as relações, ainda que tenham uma união muito sólida, são susceptíveis de passar por sérias dificuldades. Temos que enfrentá-las e superá-las porque fazem parte do desenvolvimento normal do vínculo amoroso.

Mas, muitas destas situações difíceis costumam se agravar ou se apresentar a partir de três males dos tempos modernos: o estresse, o celular e os horários.

A modernidade trouxe consigo novos problemas nas relações

As brigas são assuntos que afetam a relação

Crises que afetam a relação

Apesar de ajudar na gestão do dia a dia, o celular inteligente te faz estar “online” de forma ininterrupta, o que pode ter consequências que afetam a relação. Este comportamento te faz dependente do celular e pode chegar a evidenciar insatisfação na relação. O tempo que dedica estando conectado te desconecta de seu companheiro e de seus interesses pessoais.

Temos que entender que a vida não é só trabalho e celular. Nesse sentido, apresentamos alguns conselhos para evitar que o estresse do trabalho e seus efeitos prejudiciais pulem na sua cama.

Leia também: O que faço se meu parceiro for infiel?

O que fazer?

  • Diferenciar bem as horas que pertencem ao trabalho e as que pertencem a nós.
  • Aprender a priorizar as tarefas que podem esperar o dia seguinte, assim como delegar trabalho.
  • Explorar mais seus gostos e interesses pessoais, se conectar consigo mesmo. O trabalho é uma área da vida, mas não a única. Não deve se sobrecarregar de responsabilidades.
  • Meditação, praticar esportes, seguir uma dieta saudável, expressar gratitude e criar objetivos com expectativas são algumas formas de se conectar com si mesmo.
  • Procurar um especialista para que te oriente sobre como enfrentar as cargas do trabalho e compatibilizar a vida profissional com a pessoal.

Consequências

Quando você aborrecido pelo dia a dia, as preocupações, os apuros, e este é um dos cenários que afetam a relação de casal, responde de duas maneiras: opta por se apresentar como a vítima ou adota um comportamento que te converte em alguém irritado e agressivo.

Ante as crises que afetam a relação, os envolvidos devem abrir um espaço de diálogo. Assim a pessoa estressada pode drenar sua preocupação, organizar as ideias e verbalizar o que realmente quer. Tem-se que descartar pré-conceitos como os famosos “não me ajuda” ou “não me entende”.

Além disso, se uma pessoa sofre com estresse, seu sono fica alterado e, em certos casos, sofrerá com insônia. Isso, por outro lado, entorpecerá o descanso de seu parceiro. As relações sexuais também ficam afetadas. Em alguns casos, desaparecem e em outros, são utilizadas de forma relaxante ou como fonte de afetividade.

 

Um profissional pode ajudar com as coisas que afetam a relação

Terapia

Felizmente, os apaixonados têm opções diferentes na maneira de levar a relação. A meta principal frente as crises que afetam a relação é recuperar os laços que já foram fortes e que agora se enfraqueceram. É reconhecer que, de certa forma, o problema foi gerado por uma má administração da vida de trabalho e pessoal.

Não deixe de ler: 4 efeitos negativos do uso do celular

O que fazer?

  • Melhore a comunicação. Solidifique a relação e administre as diferenças para resolvê-las.
  • Reduza a tensão incentivando o progresso individual dos dois membros.
  • Crie novas lembranças e novas vivências. Por exemplo, sair para tomar um ar juntos, ler um livro em comum ou fazer a refeição juntos tornará mais fácil criar bons momentos e boas novas sensações.
  • Busque instantes íntimos. Afaste-se do mundo, desligue o celular e dedique um momento para conversar cada uma de suas sensações.
  • Fale de seus sentimentos. O primeiro passo é encontrar e conceder um momento do dia para a conversa, preferivelmente pela noite, na qual se conte o que aconteceu durante o dia.
  • A tecnologia não só serve para romper a estrutura dos casais, e sim para uni-las mais, de modo que você pode deixar mensagens de texto ou de voz, mas sem importunar.
  • Conceda tempo de solidão. Não significa deixar de compartilhar passeios, refeições ou momentos de descanso.

Na terapia para crises na relação, o exercício mais benéfico é não acreditar que o parceiro estará ali aconteça o que acontecer. Temos que seguir ganhando seu amor e seu carinho todos os dias para favorecer e consolidar a plenitude da relação.