Ervas medicinais para tratar dores articulares

· 8 de janeiro de 2015
Dado que os anti-inflamatórios podem acabar danificando nosso fígado, podemos complementá-los com as ervas medicinais para dar-lhe um descanso sem perder benefícios, ao mesmo tempo em que depuramos nosso organismo.

As dores articulares são uma das realidades mais comuns entre a população. Em síntese, essas dores limitam a nossa mobilidade e diminuem nossa qualidade de vida.

No entanto, uma maneira de aliviar o seu impacto é por meio de remédios à base de plantas, um recurso barato e fácil que vai ser de grande ajuda.

Os benefícios das ervas medicinais para as dores articulares

Pessoa com dores articulares no joelho
Afinal de contas, as plantas medicinais podem realmente ajudar se eu estiver sofrendo com dores articulares? Sim, elas podem.

É verdade que muitas pessoas estão mais acostumadas a usar anti-inflamatórios, que são bastante úteis, mas que a longo prazo podem danificar o fígado. Sendo assim, as ervas medicinais podem servir como complemento ao tratamento médico.

Às vezes, a dor articular é o passo anterior à artrite reumatoide, portanto, devemos estar sempre sob supervisão médica. A seguir, vamos ver como as ervas medicinais podem nos ajudar:

  • Em primeiro lugar, as ervas podem ajudar a limpar os resíduos metabólicos e as toxinas de nosso corpo;
  • Melhoram nossa circulação favorecendo a limpeza linfática. Tudo isso significa que haverá menos elementos tóxicos no organismo que causam inflamação e dor;
  • Muitas plantas agem como antibióticos naturais;
  • Também têm propriedades anti-inflamatórias;
  • Relaxam, acalmam e eliminam a tensão em nossos músculos, exercendo assim uma menor pressão sobre as articulações.

Ervas medicinais para aliviar as dores articulares

1. A cúrcuma

A raíz de cúrcuma pode ajudar nas dores articulares
A cúrcuma é um item que nunca deve faltar na nossa cozinha e nossa casa.

Isso porque ela é um produto muito eficaz para reduzir a inflamação no corpo, que ajuda no relaxamento e é indicada quando o assunto são músculos, ossos e articulações.

Graças ao seu princípio anti-inflamatório, ela é ótima para este caso, mas também traz outros benefícios, pois apresenta propriedades anticancerígenas e antioxidantes.

Visite este artigo: 3 receitas com cúrcuma para perder peso

2. A raiz de bardana

A infusão de bardana serve para tratar dores articulares
Uma das melhores coisas para tentar combater as dores articulares é o aumento do consumo de ácidos graxos essenciais.

Além de nozes, peixe azul, cavala ou salmão, é muito adequado incluir em sua dieta a raiz de bardana. Isso porque ela também é um potente anti-inflamatório, muito eficiente e pode ser tomada duas vezes por dia.

Você pode encontrar a raiz de bardana seca e picada em qualquer loja de produtos naturais.

Dessa forma, para preparar a infusão, basta colocar uma colher de chá em uma xícara de água fervente. Deixe repousar por 5 minutos e vá tomando em pequenos goles. É ótimo!

3. O gengibre

O gengibre tem muitos benefícios para as dores articulares
Em primeiro lugar, já falamos muitas vezes das grandes virtudes do gengibre em nosso site.

O gengibre é uma planta com muitas propriedades anti-inflamatórias e anti-reumáticas. Isso porque tem dois componentes básicos: um inibidor de COX-2 e o TNF, que são basicamente o que fazem a inflamação de prostaglandina E2 parar.

Além disso, muitos estudos apoiam sua eficácia em casos de artrite reumatoide ou osteoartrite. O gengibre não só reduz a dor e a inflamação, mas também reduz o inchaço.

E mais, não apresenta efeitos colaterais. Por isso, não perca essa oportunidade!

Leia também: 13 razões para usar gengibre diariamente

4. O linho ou a linhaça

A linhaça pode ajudar a tratar dores articulares

Com linho ou linhaça você terá uma fonte natural de ômega-3 de origem vegetal.

Graças a esse elemento, a sua imunidade estará mais forte e haverão menos toxinas capazes de se acumularem em suas articulações, portanto você terá menos dor.

Assim como todas as outras ervas, o linho ou a linhaça também vão diminuir a inflamação e aliviar a dor.

Para aproveitar integralmente, o melhor é ingerir essas sementes polvilhadas em saladas ou outros pratos. Neste caso não faremos infusões. Por quê? Porque ao aquecê-las, a potência dos seus componentes com ômega-3 perde-se e o que nós queremos é desfrutar de todas as virtudes dessas sementes.

Então, lembre-se, o melhor é ingeri-las cruas. Com duas colheres de sopa por dia você terá uma dieta adequada.