Elimine a papada com argila e pepino

4 de fevereiro de 2019
Elimine definitivamente esse problema antiestético com alguns conselhos e um excelente remédio caseiro à base de argila e pepino.

A papada ou queixo duplo é uma acumulação de tecido gorduroso debaixo do queixo, uma questão que nos preocupa, sobretudo, pela estética. Em muitos casos, ela é o resultado de um excesso de peso e da flacidez dos tecidos, mas em outros, ela pode se ocasionada por outros problemas de saúde.

Benefícios da argila na eliminação da papada

Um dos fatores que influi na aparição da papada é uma má drenagem linfática, o que promove a acumulação de gorduras e toxinas nessa zona. Para facilitar a expulsão dessas substâncias de maneira natural, através dos poros da pele, contamos com as excelentes propriedades da argila.

Antigamente, usava-se o barro para muitos problemas de saúde, e hoje em dia contamos com argilas limpas e de diferentes tipos. As mais utilizadas são a verde e a vermelha. Para a zona da papada podemos usar qualquer uma delas.

A argila vai nos beneficiar de três maneiras:

  • Desinflama a zona, caso a papada também esteja relacionada com tensões na musculatura mandibular.
  • Elimina e drena toxinas através dos poros da pele.
  • Remineraliza, contribuindo com nutrientes imprescindíveis para a saúde.

Leia também: 4 remédios com argila para curar as afecções cutâneas

mascara-lama-The-Style-PA-500x449

Benefícios do pepino

O pepino é um alimento que tem a propriedade de tonificar a pele, o que nos permitirá combater a flacidez que vai aparecendo debaixo do queixo como consequência do passar do tempo e da exposição ao sol.

O pepino é usado em tratamentos naturais como tônico, já que, além de dar firmeza, ele também oferece muita hidratação. Para esse tratamento, vamos precisar tanto do pepino como de sua casca, da maneira que vamos explicar em seguida.

Leia também: Suco de pepino, limão e hortelã para perder peso

pepino-Stacey-Spensley-500x334

Com preparamos?

  • Para preparar esse remédio, precisamos de argila em pó e suco fresco de pepino. Se tivermos um liquidificador, podemos batê-lo e depois peneirá-lo. Ao mesmo tempo, vamos reservar a casca do pepino.
  • Em vez de preparar a argila com água, vamos misturá-la com suco de pepino; já que dessa maneira vamos conseguir potencializar os efeitos dessa máscara que vamos aplicar sobre a zona da papada.
  • É bom lembrar que, para não perder as propriedades da argila, não podemos usar nenhum recipiente nem utensílio de plástico ou de metal. Vamos optar pelos de vidro, barro ou madeira.
  • A textura desse preparado deve ser homogênea e cremosa. Ele não pode ficar muito seco, pois deve ser aplicado com facilidade, e nem muito líquido, para que não escorra pelo pescoço.

Como aplicamos?

  • Vamos aplicar uma mão desse preparado sobre a papada, com uma espessura aproximada de meio centímetro, e vamos deixar atuar até secar completamente, aproximadamente meia hora. Durante esse tempo, vamos tentar não falar, nem gesticular.
  • Continuando, tiraremos o preparado com água morna e, finalmente, vamos aplicar água fria para fechar os poros.
  • Depois de ter secado bem a pele, vamos aplicar por toda a zona a parte interior da casca do pepino que reservamos, para potencializar ainda mais os efeitos hidratantes e tonificantes desse vegetal. Além disso, vamos acalmar um pouco a pele que, às vezes, pode estar um pouco avermelhada.
  • Quando a pele estiver seca, vamos aplicar nossa loção hidratante habitual para a cútis.

Vamos repetir a aplicação a cada 2 ou 3 dias durante, pelo menos, um mês. Depois, vamos poder ir espaçando mais as aplicações; de acordo com os resultados obtidos.

sol-Dd-500x334

Nota final

Para que o resultado seja o esperado, é importante combinar esse remédio caseiro com outros conselhos que já compartilhamos em outros artigos:

  • Uma alimentação equilibrada e rica em antioxidantes;
  • Exercícios faciais para relaxar e tonificar a zona;
  • Tratamento natural do hipotireoidismo, se for nosso caso, o que pode estar relacionado com a aparição da papada;
  • Proteção solar adequada;
  • Uma boa postura ao nos sentarmos;
  • Tratamento natural do bruxismo, em caso de sofrer de tensão na zona mandibular;
  • Se tivermos excesso de peso, devemos fazer uma dieta progressiva, sem emagrecimentos bruscos que possam provocar uma flacidez da pele e um posterior efeito sanfona.
  • Mendonça, R. da S. C., & Rodrigues, G. B. de O. (2011). As principais alterações dermatológicas em pacientes obesos. ABCD. Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva (São Paulo). https://doi.org/10.1590/S0102-67202011000100015
  • Mukherjee, P. K., Nema, N. K., Maity, N., & Sarkar, B. K. (2013). Phytochemical and therapeutic potential of cucumber. Fitoterapia. https://doi.org/10.1016/j.fitote.2012.10.003