Melhor Com Saúde
 

Ectoparasitas: ácaros, pulgas e muito mais

A maioria dos ectoparasitas causa coceira e vermelhidão na pele. Alguns deles podem atuar como vetores de doenças graves, como o tifo.

Ectoparasitas: ácaros, pulgas e muito mais

Última atualização: 08 Dezembro, 2020

Todos nós já ouvimos falar dos parasitas. São organismos que vivem dentro ou na superfície de outros seres vivos, obtendo certos benefícios e causando alguns problemas. Os ectoparasitas, em particular, são aqueles que vivem na superfície externa de outros organismos.

Esses tipos de seres muitas vezes provocam doenças chamadas de parasitoses. Eles são comuns em animais e humanos. No nosso caso, esses tipos de patologias tendem a aparecer no verão e causar danos na pele.

Alguns ectoparasitas podem ser a rota de transmissão de infecções sistêmicas graves e com consequências desastrosas. Além disso, sua erradicação não é tão fácil. É por isso que, neste artigo, explicaremos os fatos mais importantes sobre os ectoparasitas, enfatizando os ácaros e as pulgas.

Quais são os ectoparasitas mais comuns?

Os ectoparasitas são pequenos organismos que vivem às custas de outros seres vivos. No caso dos humanos, este grande grupo inclui uma gama de artrópodes diferentes uns aos outros.

Como regra geral, esses seres aderem à superfície da pele e permanecem nela por um período de tempo que pode ser prolongado. Eles podem até penetrar, ficando em camadas mais internas da derme. Uma vez dentro, os sintomas esperados são coceira e até reações alérgicas.

Embora os artrópodes hematofóbicos estejam incluídos nos ectoparasitas, é mais fácil separá-los em dois grupos diferentes. Os artrópodes hematofóbicos são insetos, como mosquitos, que se alimentam de sangue humano. Seu comportamento é diferente e as doenças que transmitem também.

O maior problema com todos os ectoparasitas, e especialmente com os artrópodes hematófagos, é que eles podem agir como vetores. Ou seja, eles carregam patologias como malária e tifo.

Mosquito na pele de ser humano
Os mosquitos são hematófagos, mas não os incluímos na categoria de ectoparasitas devido ao seu comportamento diferencial.

Sarna ou escabiose

A sarna é uma das parasitoses mais comuns e conhecidas. É provocada por um tipo de ácaro chamado Sarcoptes scabiei. As infecções geralmente ocorrem na forma de epidemias, pois este ácaro é transmitido de pessoa para pessoa muito facilmente.

Além disso, pode persistir em roupas e lençóis, por isso muitas vezes é difícil erradicá-lo. Este inseto cava pequenos túneis na pele. Provoca lesões características que causam coceira e, além disso, predominam à noite.

Diagnosticar a escabiose não é um grande desafio, mas às vezes alguma técnica de microscopia é necessária para detectar o parasita. No entanto, os médicos muitas vezes encontram as lesões à primeira vista.

Você pode estar interessado: 4 remédios caseiros para eliminar as pulgas

Os ácaros

Os ácaros são um grupo amplo dentro dos ectoparasitas. Acabamos de mencionar um tipo específico de ácaro, aquele que provoca a sarna. No entanto, quando a maioria das pessoas fala sobre ácaros, geralmente se refere aos causadores de alergias.

Neste caso, esta família de parasitas é chamada de Dermatophagoides pteronyssinus. É uma espécie que geralmente habita a poeira presente nos móveis de qualquer casa. É um artrópode muito pequeno que é inofensivo para os humanos.

O único efeito negativo que eles causam são as alergias, constituindo a causa mais comum de reações após o pólen. A origem está em ácaros mortos ou em suas fezes, que formam um pó muito fino e fácil de inalar.

Você pode gostar de ler: 7 conselhos para reduzir os ácaros em casa

Pulgas

Pulga vista de perto
Alguns ectoparasitas, como as pulgas, são encontrados principalmente em animais.

As pulgas são pequenos ectoparasitas que, quando adultos, se alimentam de sangue. É muito comum encontrá-los em cães e gatos, especialmente aqueles que vivem na rua ou no campo.

Elas podem agir como vetores de muitas doenças. As mais importante são tifo e peste bubônica. No entanto, as presentes em cães e gatos geralmente transmitem outras, como tênias solitárias. Além disso, sua picada causa coceira e vermelhidão da pele.

Atenção aos ectoparasitas!

O que devemos lembrar é que os ectoparasitas abrangem uma ampla gama de organismos. É importante ressaltar que, se você tem animais em casa, a desparasitação é um procedimento essencial para garantir a saúde deles e a sua.

Se você apresentar coceira, irritação, alergias dérmicas ou sinais de pequenas lesões na epiderme, você deve consultar um médico. Muitos ectoparasitas são imediatamente detectados na primeira visita com o profissional, e o tratamento pode ser instituído imediatamente.

Como eliminar parasitas com cravos secos e linhaça

Como eliminar parasitas com cravos secos e linhaça

A vantagem de se usar cravos secos e semente de linhaça para eliminar parasitas é que esses ingredientes naturais não desequilibram o corpo.



  • Infestación por sarna – Trastornos de la piel – Manual MSD versión para público general. (n.d.). Retrieved June 4, 2020, from https://www.msdmanuals.com/es/hogar/trastornos-de-la-piel/infecciones-cutáneas-parasitarias/infestación-por-sarna
  • Alergia a los Ácaros del Polvo – sgaic.org. (n.d.). Retrieved June 4, 2020, from http://www.sgaic.org/wordpress/alergia-a-los-acaros-del-polvo/
  • Infestaciones por ectoparásitos y lesiones por artrópodos | Harrison. Principios de Medicina Interna, 19e | AccessMedicina | McGraw-Hill Medical. (n.d.). Retrieved June 4, 2020, from https://accessmedicina.mhmedical.com/content.aspx?bookid=1717&sectionid=114944262
  • Acerca de los parásitos. (n.d.). Retrieved June 4, 2020, from https://www.cdc.gov/parasites/es/about.html
  • Fustà-Novell, X., D. Morgado-Carrasco, and S. Puig. “Confirmación diagnóstica de escabiosis mediante microscopia confocal.” Actas Dermo-Sifiliográficas (2019).
  • Bejarano, Cristina. “Prevalencia de Dipylidium spp, Ancylostoma spp y Toxocara spp en perros y factores de riesgo en la salud humana Ambato.” UTCiencia” Ciencia y Tecnología al servicio del pueblo” 2.1 (2017): 35-43.