7 conselhos para reduzir os ácaros em casa

· 10 de dezembro de 2017
Os ácaros podem sobreviver durante muito tempo, por isso é conveniente lavar as roupas na mudança de temporada, assim como os edredons e similares, antes de usá-los.

Quer saber como reduzir os ácaros em seu lar? Eles são organismos microscópicos que vivem nos tecidos ou superfícies similares.

Eles se acumulam principalmente no quarto (colchões e travesseiros são seus lugares favoritos) e podem causar alergias e doenças.

Para evitar estas reações adversas, compartilharemos a seguir algumas dicas de como reduzir os ácaros em casa.

O que são os ácaros?

Alergia causada pela presença de ácaros em casa

Trata-se de um subtipo de aracnídeos e não medem mais do que alguns milímetros de longitude. Têm habitats diversos e colonizam ambientes terrestres e marinhos, e inclusive lugares extremos como desertos, altas montanhas e águas termais.

Muitos ácaros se alimentam de musgos, folhas, samambaias, talos e flores, outros vivem dos cultivos (pragas).

Alguns causam alergias nas pessoas e outros são parasitas dos animais. O primeiro caso se deve aos excrementos e aos exemplares mortos (que não vemos, mas que se acumulam em casa).

Os ácaros do pó podem estar em qualquer ambiente e podem ser inalados sem nos darmos conta, desencadeando alergia perene ou asma.

Este tipo é muito comum nos colchões, mantas, lençóis, travesseiros, almofadas e sofás, e podem viver até 3 meses. Nesse período podem pôr até 100 ovos.

As épocas mais propícias para a reprodução são o outono e a primavera.

Entre os sintomas de alergias a ácaros do pó podemos encontrar:

  • Coriza
  • Espirros (principalmente pela manhã)
  • Congestão nasal
  • Lacrimejamento e coceira nos olhos
  • Vermelhidão da pele
  • Chiado ao respirar

Como reduzir os ácaros em casa?

Devido ao seu diminuto tamanho e ao fato de que podem estar presentes em qualquer lugar que usamos habitualmente, como a cama ou o sofá, muitas vezes não nos damos conta de que se apoderaram de nosso quarto ou da sala até que comecem os primeiros sintomas.

Por isso a limpeza é fundamental para a prevenção das alergias ou asma causadas por este organismo.

Alguns conselhos que podem ser de grande ajuda para reduzir os ácaros:

1. Troque a roupa de cama regularmente

Os ácaros se alimentam principalmente de pó e de pele morta. Quando dormimos soltamos partículas para que estes organismos façam a festa.

Portanto, trate de trocar os lençóis e mantas a cada uma ou duas semanas.

2. Lave a altas temperaturas

Como lavar as roupas para reduzir os ácaros

Toda roupa de cama deve ser lavada com água o mais quente possível (55 ºC, aproximadamente). Você pode programar a máquina com essa temperatura.

Não deixe de usar um detergente potente e de boa qualidade. Recomendamos os produtos que contenham óleo de eucalipto, de árvore do chá ou de cedro para aumentar a eficácia da lavagem.

  • Se você usa água fria ou morna convém usar, além do detergente de roupa, algum tipo de alvejante para roupas.
  • Não misture a roupa de cama com as demais roupas para evitar que os ácaros passem de um objeto para o outro.
  • Depois da lavagem você pode enxaguar a máquina com água quente para se desfazer por completo dos parasitas.
  • Para secar a roupa coloque no sol durante o dia todo, mesmo que já tenha passado ela pela secadora quente.

3. Passe o aspirador semanalmente

Este eletrodoméstico não serve só para as fronhas, mas também pode ser usado para o sofá, as cortinas, as almofadas (segundo o estofamento que tenham), a cama, etc.

Ou seja, todos aqueles móveis ou lugares onde as pessoas se deitam e podem deixar células mortas de pele.

  • Para que o aspirador faça seu trabalho de forma eficaz, deve ter uma bolsa de camada dupla com microfiltro, ou seja, que prenda partículas de pó e ácaros ao mesmo tempo.
  • Tenha em conta que aspirar as superfícies não é garantia de que estes patógenos e seus alérgenos desapareçam.
  • O bom é que o pó e as partículas com as quais os ácaros se alimentam se reduzem muito. Não se esqueça de fazer a manutenção adequada do aspirador para que funcione melhor.

4. Limpe com vapor

Limpeza com vapor

Principalmente se você tem tapetes no chão. Esta opção dissolve a sujeira, mas também mata os germes e ácaros tanto da superfície quanto das partes mais profundas do tecido.

Depois desta limpeza você deverá passar um secador ou produto a seco, já que a umidade pode criar o ambiente ideal para que as bactérias se acumulem e chamem a atenção destes micro-organismos.

  • Recomendamos que não use espanadores ou panos secos, porque espalham os alérgenos no ar.
  • Melhor usar um pano úmido ou um esfregão para as superfícies secas.

5. Lave a roupa guardada

É comum guardar as mantas e roupas de frio quando o verão começa e depois tirar quando o inverno volta.

  • Antes de colocá-las na cama ou usá-las, aconselhamos que as lave primeiro.
  • Durante todo o tempo que estiverem em uma caixa ou debaixo da cama, os ácaros se multiplicarão e sobreviverão.

6. Cubra os travesseiros

Cobrir as fronhas para reduzir os ácaros

No mercado podemos encontrar fronhas antialérgicas à prova de pó para evitar que os ácaros se estabeleçam.

É melhor que os travesseiros sejam de preenchimento sintético. Por sua vez, os colchões adequados são aqueles que contêm espuma viscoelástica.

7. Diga adeus aos bichos de pelúcia e às almofadas

Para evitar que os ácaros façam estrago em nossa saúde é melhor reduzir as superfície onde possam se desenvolver como, por exemplo, os brinquedos de pelúcia e as superfícies acolchoadas.

Também recomendamos que não durma no sofá para evitar que se proliferem nele, e que tenha uma menor quantidade de objetos que atraiam pó.

Uma decoração minimalista pode ser a chave. E não se esqueça de ventilar os ambientes pelo menos uma vez por semana.

Gostou destas dicas para reduzir os ácaros em sua casa? Comece a aplicá-las hoje mesmo para proteger a sua saúde!