Dor nos ovários: sintoma de um problema maior

A dor nos ovários costuma estar associada com a chegada da menstruação, mas pode ter outras causas. 

A dor nos ovários pode se apresentar com intensidade variável, desde uma leve fisgada até chegar a ser mais forte e constante. Pode aparecer por alguns instantes ou por horas; também pode variar todo mês.

Tudo depende da pessoa. Pode-se sentir durante a ovulação, no início da menstruação, na metade do ciclo ou durante todo o ciclo.

Como é a dor nos ovários?

Mulhercom dor nos ovários

Os ovários são duas glândulas que produzem os óvulos. Têm o tamanho e a forma de uma amêndoa. Estão localizados na parte baixa do abdômen, ambos lados do útero, especificamente acima das tubas uterinas.

Na idade reprodutiva da mulher, sua função principal é a produção de óvulos. Por outro lado, os hormônios (estrogênios e progesterona) permitem o bom funcionamento do sistema reprodutor feminino.

A dor nesta área de nosso corpo é provocada por complicações vinculadas com o sistema reprodutor da mulher e dos órgãos que estão próximos dos ovários.

De acordo com alguns estudos científicos, a dor no abdômen ou na área pélvica é uma das causas ou razões mais frequentes das visitas das mulheres aos ginecologistas e de hospitalização. Muitas vezes não significa que seja algo grave, mas temos que estar atentos.

Fatores para levar em consideração

  • Cirurgias recentes
  • Localização da dor.
  • Mudanças na urina ou defecação.
  • Momento de início dos incômodos.
  • Medicamentos de uso habitual e interação dos mesmos.

É bom levar em consideração estes fatores e estar atentos à evolução dos sintomas. Esta informação será de grande utilidade para ir ao médico e receber um diagnóstico mais preciso.

Sintomas 

Mulher com dor nos ovários

A maioria das dores nos ovários não causa nenhuma sintomatologia em específico e, no geral, desaparece sozinha. Ou seja, são um incômodo transitório. No entanto, podemos dizer que:

  • Dor ao defecar.
  • Sensação de peso no abdômen.
  • Náuseas, vômitos ou sensibilidade nos seios.
  • A dor abdominal é a que mais se manifesta.
  • Pode-se sentir pressão a bexiga, o que induz a urinar com maior frequência.
  • Dor pélvica (que pode se espalhar até a coluna ou coxas).
    • Dor pélvica durante o sexo.

Causas

Dor abdominal é um sintoma da dor nos ovários

  1. Ovulação. Crescimento do folículo que influencia na superfície do ovário. Esta dor nem todas as mulheres sentem, mas costuma ser muito frequente e se manifesta antes, durante e depois da menstruação.
  2. Menstruação. É muito comum nas mulheres. Estes incômodos podem ser leves ou intensos. São produto da contração dos músculos do útero.
  3. Cistos ovarianos. Os cistos nos ovários podem ser de diferentes tamanhos, mas no geral são benignos. Estes estão cheios de líquido e quando se rompem provocam uma dor aguda.
  4. EndometrioseEste é um transtorno muito frequente. A dor se apresenta quando estas células crescem fora do útero (ovários, bexiga, intestino).
  5. Primeiro mês de gravidez. As mudanças que o útero sofre costuma provocar estas dores.
  6. Gravidez ectópica. Uma gravidez ectópica é quando uma gravidez se desenvolve fora do útero (matriz), e quando não é tratada a tempo é potencialmente mortal para a mãe. Um dos sintomas mais comum é sangramento vaginal anormal, dor na coluna e ausência de períodos menstruais. Também pode aparecer uma pressão forte no reto, cólicas moderadas ou leves sentidas de um lado da pélvis e dor na parte baixa do abdômen.
  7. Anexite. Doença inflamatória pélvica (DIP) é a inflamação dos ovários, nas tubas uterinas e anexos do útero. É causada por infecções bacterianas, principalmente por gonococos que são causadores da gonorreia.
  8. Infecções. 

Leia também: Tratamentos que são usados para combater os cistos nos seios

Tratamento

Bebermuito café pode provocar dor nos ovários

O tratamento dependerá da causa da dor de ovários. Por isso, é necessário procurar um médico. No entanto, existem certas medidas que podem reduzir a dor nos ovários:

  • Evite o consumo de café durante a menstruação. O café contrai os vasos sanguíneos aumentando os níveis de tensão e isso faz com que se produza ou aumente a dor nos ovários.
  • Esporte. Praticar algum tipo de esporte beneficia no controle da dor, além de levar uma vida mais saudável. Você pode praticar duas ou três vezes por semana.
  • Infusões. Existem muitas infusões que ajudam a reduzir a dor nos ovários.
Recomendados para você