Tratamentos usados para combater os cistos nos seios

· 2 de fevereiro de 2018
Mesmo que os cistos nos seios não costumem ser perigosos, sempre é bom procurar um ginecologista para que nos examine e nos dê um diagnóstico adequado 

Os cistos nos seios, também chamados de cistos mamários, são pequenos sacos de líquido que se formam no tecido mamário.

Podem ser alarmantes para muitas mulheres, principalmente quando apalpados, mas na realidade são benignos e não costumam representar um problema grave.

Aparecem em um ou ambos seios e, em geral, são sentidos como uma uva ou balão cheio de água cujo tamanho e forma pode diferir. 

São muito frequente nas mulheres de 30 a 60 anos, mesmo que possam aparecer em qualquer idade devido ao fato de se originarem por diversos fatores.

Hoje em dia existem vários métodos terapêuticos que ajudam a eliminá-los, seja porque tendem a seguir crescendo ou porque produzem dor e inflamação.

Neste artigo compartilhamos suas principais causas e as opções de tratamento que podem ser sugeridas para a sua eliminação.

Por que aparecem os cistos nos seios?

Os cistos nos seios aparecem por alterações benignas das glândulas mamárias.

Com frequência, são o resultado de um bloqueio das saídas dos canais das mamas, o que produz um acúmulo de líquidos.

Sua causa exata não está definida. No entanto, associam-se com:

  • Mudanças hormonais bruscas antes, durante ou depois da menopausa
  • Sobrepeso e obesidade
  • Consumo excessivo de álcool e tabaco
  • Má alimentação

Veja também: Conselhos para prevenir e detectar a tempo cistos nos seios

Sintomas dos cistos nos seios

Mulher palpando cisto no seio

Os cistos podem se formar em uma ou ambas mamasOs sintomas podem variar em cada paciente, em função da etapa na qual são detectados.

Em geral, estes se manifestam com sinais como:

  • Bolinhas ou protuberâncias redondas ou ovuladas, com bordas irregulares, evidentes ao tato
  • Dor em uma ou várias áreas dos seios
  • Sensibilidade na zona do nódulo mamário
  • Secreções transparentes ou amareladas pelo mamilo

Tratamentos para os cistos nos seios

Existem cistos tão pequenos que somente se detectam através de uma mamografia ou ultrassom mamário. Mesmo que estem não representem um problema maior, o médico preferirá vigiá-los para descartar complicações.

Se observarmos que tendem a aumentar de tamanho, os tratamentos aconselhados incluem:

Esvaziamento com agulha hipodérmica

Siringa

A maioria dos cistos não são cancerígenos, logo, o ideal é drená-los e extirpá-los para que não gerem incômodos ou dores.

Se seu tamanho for grande o suficiente para ser apalpado, o médico pode intervir com um procedimento de esvaziamento com agulha hipodérmica.

  • É um tratamento que pode ser incômodo, mas não é doloroso e dura alguns minutos.
  • Depois dele, os cistos reduzem de forma significativa de tamanho e, inclusive, desaparecem.
  • Se os volumes reaparecerem, pode-se voltar a realizar o mesmo procedimento.

Uso de hormônios

Quando os cistos aparecem por certos descontroles hormonaispodem ser sugeridos comprimidos anticoncepcionais ou outros tratamentos hormonais para evitar sua recorrência.

Nestes casos são avaliados os possíveis efeitos secundários e o estado de saúde da paciente, dado que nem sempre é a melhor opção.

Na verdade, é um tratamento que somente se recomenda em mulheres com cistos bastante severos.

Cirurgia para retirar os cistos

A cirurgia para retirar os cistos mamários somente é necessária em casos atípicos ou que manifestam algum sinal de perigo.

Esta opção é considerada se:

  • O cisto produz incômodo e dificulta o dia a dia
  • O cisto reaparece mês após mês, apesar de drenado
  • O volume de líquido contém sangue ou exibe algum sinal preocupante
  • O tumor é cancerígeno

Veja também: 7 motivos da dor nos seios

Remédios naturais

Alimentos para combater os cistos nos seios

As propriedades de alguns remédios naturais podem ajudar a reduzir a sensação de pesado e dor que se relaciona com a presença de cistos nos seios.

Assim, algumas recomendações alimentares podem facilitar sua eliminação e prevenção.

Compressas frias ou quentes

A aplicação de compressas frias ou quentes ajudam a reduzir a sensibilidade nos seios. Estas têm um efeito anti-inflamatório e analgésico que, em minutos, reduz a dor.

Infusões

As propriedades diuréticas, desintoxicantes e anti-inflamatórias de algumas infusões naturais podem ajudar a reduzir o tamanho dos cistos.

Prepare-as com:

  • Camomila
  • Chá verde
  • Cavalinha
  • Tanchagem

Alimentação

Uma dieta saudável e equilibrada, rica em vitamina E e ácidos graxos ômega 3, pode contribuir para melhorar a saúde quando se sofre com os cistos nas mamas.

Não se recomenda o consumo de sal, refinados nem alimentos com altos teores de gordura ou estimulantes como a cafeína.

Sente um nódulo estranho em seus seios? Mesmo que não seja uma razão para se assustar, o melhor é consultar o médico para avaliar sua origem e complexidade.