Dor no sacro ilíaco: quando ficar sentado é insuportável

24 de dezembro de 2019
Visto que a dor no sacro ilíaco pode decorrer de diferentes causas, é importante consultar um médico antes de tomar qualquer medicamento ou se submeter a um tratamento alternativo.

Há um ponto muito delicado em nossas costas que se situa exatamente onde a coluna e a pélvis se conectam. É uma articulação forte que é responsável por suportar o peso da metade superior do corpo humano. Se ficar inflamada, ocorrerá uma dor intensa nesse local chamado de sacro ilíaco.

A referida inflamação é definida como sacroileíte e aparece principalmente quando nos sentamos e levantamos. Além disso, também quando vamos para a cama nos deitar. Pode piorar pouco a pouco, até o ponto de se sentar ficar insuportável.

Há também aqueles que acreditam que esse tipo de condição articular é uma consequência direta do estilo de vida sedentário. No entanto, isso não é totalmente verdade. De fato, a dor no sacro ilíaco pode estar associada a:

  • Artrite
  • Gravidez
  • Trauma
  • Processos infecciosos

Poderia a dor do sacro ilíaco aparecer devido a uma hérnia de disco?

Dor no sacro ilíaco

Febre, uma dor intensa na parte inferior das costas que chega até os glúteos e as coxas… e se o que temos for uma hérnia de disco?

Um paciente com sacroileíte geralmente sente um desconforto cada vez mais intenso quando acorda de manhã na cama ou quando fica sentado por algumas horas.

Algo que deve ser levado em consideração desde o início é que esse tipo de inflamação localizada em uma ou em ambas as articulações sacroilíacas não é fácil de diagnosticar.

É comum associá-la a outros problemas, como hérnia de disco ou até mesmo com a dor lombar clássica.

Da mesma forma, é possível diferenciar, por sua vez, dois tipos de dor no sacro ilíaco:

  • A primeiro tem a ver com uma inflamação simples localizada nas articulações que compõem o sacro.
  • A outra está relacionada a um movimento malfeito ou movimentos incorretos realizados por um longo tempo.

Por exemplo, se sofrermos de um problema no tornozelo devido a uma lesão ou entorse e andamos muito por um tempo, a região do sacro ilíaco sofre e a dor aparece (sem inflamação).

Sintomas da dor no sacro ilíaco

  • Febre.
  • Rigidez nas costas.
  • Dor na área da região lombar que irradia para as extremidades inferiores.
  • Desconforto intenso ao subir escadas, sentar, girar na cama e caminhar mais do que o normal.
Dor na area do sacro ilíaco

Possíveis causas

  • Doenças como a artrite ou a artrose, citadas anteriormente.
  • O lúpus e a psoríase.
  • A doença de Crohn, devido a seus processos inflamatórios, também tem como consequência a dor no sacro ilíaco.
  • Lesões nesta área. Uma queda forte, por exemplo, é geralmente uma das causas mais comuns.
  • A gravidez e, sobretudo, o peso do bebê sobre esta região da mulher pode trazer uma dor intensa no sacro.
  • Infecções como a osteomielite.
  • Infecções nas vias urinárias.
Osso sacro

A dor no sacro ilíaco é geralmente mais comum em mulheres do que em homens. Porque sua origem geralmente vem de processos associados à artrite, lúpus e osteoartrite.

Tratamento

Antes de recorrer a qualquer tratamento, mesmo que seja caseiro ou natural, é necessário obter um bom diagnóstico médico. Falamos sobre isso no começo: não é fácil encontrar a origem exata dessa dor na região lombar.

Portanto, será necessário realizar radiografias, exames analíticos, exames físicos e ressonância magnética para diagnosticar a sacroileíte.

Da mesma forma, e uma vez diagnosticada, é uma prioridade saber o que está causando essa condição. Não usaremos o mesmo para tratar a dor no sacro ilíaco associado à artrite do que a doença de Crohn, por exemplo.

Entre as abordagens terapêuticas mais comuns – e gerais   para reduzir a dor e a inflamação, temos, sem dúvida, as seguintes estratégias:

  • Medicamentos anti-inflamatórios, relaxantes musculares ou infiltrações de cortisona.
  • Massagens realizadas por um bom fisioterapeuta.
  • Natação.
  • Exercícios suaves e alongamentos.
  • Por outro lado, a desnervação por radiofrequência também é uma opção que podemos considerar. Será avaliado por um especialista e baseado na destruição do tecido nervoso que causa dor nas articulações.
  • A implantação de um estimulador elétrico na área problemática também é outra abordagem amplamente utilizada atualmente.
Natação para aliviar a dor

Conclusão

Para concluir, como vimos, a dor no sacro ilíaco pode ter origens diferentes.

Às vezes, desaparece após alguns dias e, em outros casos, esse desconforto pode persistente quando atingimos uma certa idade e começa a surgir doenças desgastantes, embora comuns, como a artrite.

O melhor nesses casos é experimentar diferentes abordagens médicas para encontrar uma que nos permita ter uma melhor qualidade de vida.