Dor no sacro ilíaco: quando ficar sentado é insuportável

Dado que a dor no sacro ilíaco pode decorrer de diferentes causas, é importante consultar um médico antes de tomar qualquer medicamento ou se submeter a um tratamento alternativo.

Há um ponto muito delicado em nossas costas que se situa exatamente onde a coluna e a pélvis se conectam.

Em caso de inflamação, surgirá uma dor intensa e pungente no sacro ilíaco, uma condição muito mais comum do que imaginamos.

Esta doença é conhecida como sacroileíte e a notaremos principalmente quando nos sentamos e nos levantamos, ou quando nos viramos na cama.

Além disso, há quem mantenha a ideia de que este tipo de dor articular é consequência direta do sedentarismo, mas isso não está totalmente certo.

Na realidade, a dor no sacro ilíaco pode estar associada aos seguintes fatores:

  • Artrite
  • Gravidez
  • Quedas um pouco traumáticas
  • Processos infecciosos

Hoje, em nosso espaço, queremos falar mais sobre este tipo de condição que você já pode ter enfrentado alguma vez.

A dor no sacro ilíaco: quando acreditamos que temos uma hérnia de disco

Dor no sacro ilíaco

Febre, uma dor intensa na parte inferior das costas que chega até os glúteos e as coxas… e se o que temos é uma hérnia de disco?

Este é, sem dúvida, o primeiro pensamento de um paciente com sacroileíte e que, no geral, sente um incômodo cada vez mais intenso quando se levanta da cama pela manhã ou quando passa horas sentado.

Algo que é importante levar em conta desde o início é que este tipo de inflamação localizada em uma ou nas duas articulações sacroilícas não é fácil de diagnosticar.

É comum a associarmos a outros problemas como a hérnia de disco ou até a clássica dor lombar.

No entanto, é importante diferenciar dois tipos de dor no sacro ilíaco:

  • A primeira delas tem a ver com uma simples inflamação localizada nestas articulações que formam o sacro.
  • A segunda está relacionada a um mau movimento ou movimentos incorretos realizados durante muito tempo.

Por exemplo, se temos um problema no tornozelo por uma lesão ou uma torção e caminhamos de forma errada durante um tempo, a região do sacro ilíaco sofre e aparece a dor (sem inflamação).

Sintomas da dor no sacro ilíaco

Dor na area do sacro ilíaco

A dor no sacro ilíaco costuma ser mais comum nas mulheres do que nos homens (devido ao fato de que sua origem parte, muitas vezes, de processos associados à artrite, ao lúpus, à artrose…)

  • A dor é notada principalmente na região dos glúteos e parte inferior as costas.
  • O incômodo irradia para as pernas, a virilha e até os pés.
  • A dor é intensa quando subimos escadas, quando estamos sentados, quando nos viramos na cama ou damos passos mais largos.
  • Podemos ter febre.
  • É comum sentir rigidez nas costas.

O que causa a dor no sacro ilíaco?

Assim como falamos no início, esta dor não tem relação exclusiva com a vida sedentária.

Fica claro que manter uma vida ativa e fazer exercícios reduz a incidência deste tipo de condição articular, mas nem sempre está em nossas mãos prevenir em 100% este problema.

Vejamos a seguir algumas das possíveis causas:

  • Doenças como a artrite ou a artrose, citadas anteriormente.
  • O lúpus e a psoríase.
  • A doença de Crohn, devido a seus processos inflamatórios, também tem como consequência a dor no sacro ilíaco.
  • Traumas ou pancadas na região. Uma postura errada nas costas, por exemplo, pode ser uma causa.
  • A gravidez e, sobretudo, o peso do bebê sobre esta região da mulher pode trazer uma dor intensa no sacro.
  • Infecções como a osteomielite.
  • Infecções nas vias urinárias.
Osso sacro

Que tipo de tratamento existe para a dor no sacro ilíaco?

Antes de recorrer a qualquer tratamento caseiro ou natural, é necessário obter um bom diagnóstico médico. Dissemos no início: não é fácil encontrar a origem desta dor.

Será, portanto, necessário fazer radiografias, análises, um exame físico e uma ressonância magnética para ter a sacroileíte diagnosticada.

Além disso, uma vez diagnosticada, é fundamental saber o que originou esta condição. Não é a mesma coisa tratar uma dor associada à artrite ou à doença de Crohn, por exemplo.

Entre os enfoques terapêuticos mais comuns – e gerais – para reduzir a dor e a inflamação, temos as seguintes estratégias:

  • Medicamentos anti-inflamatórios, relaxantes musculares ou infiltrações de cortisona.
  • Massagens feitas por um bom fisioterapeuta.
  • Natação.
  • Exercícios leves e alongamentos.
  • Por outro lado, a denervação por radiofrequência também é uma opção que podemos considerar. Um especialista irá avaliar esta possibilidade de destruir o tecido nervoso que causa a dor na articulação.
  • A implantação de um estimulador elétrico na região problemática também é outro enfoque muito usado atualmente.
Exercícios de alongamento para a dor no sacro ilíaco

A dor no sacro ilíaco pode ter diversas origens.

Às vezes ela desaparece após alguns dias, e em outros casos pode ser um incômodo persistente após chegarmos a uma certa idade e surgirem doenças comuns, como a artrite.

O melhor nestes casos é experimentar diferentes enfoques médicos para encontrar o que nos permita ter uma melhor qualidade de vida.

Recomendados para você