Dois modelos de dieta para crianças com problemas de obesidade

25 de maio de 2018
É essencial incluir receitas e apresentações apetitosas na dieta para crianças com problemas de obesidade. Caso contrário, corremos o risco de que elas neguem a comida oferecida.

Durante os últimos anos, o número de crianças com problemas de obesidade tem aumentado dramaticamente.

Muitos pais tentam encontrar soluções para alimentar seus filhos, o que impede futuras complicações cardíacas, diabetes, asma, e até mesmo problemas devido à discriminação social. Para contribuir com isso, mostraremos algumas dietas para crianças com problemas de obesidade.

Ajude as crianças com problemas de obesidade a adotarem hábitos saudáveis

Criança sedentária no sofá

Para obter resultados com as dietas para crianças com problemas de obesidade, é essencial equilibrar a ingestão de calorias. A base desta alimentação será incentivar o consumo de frutas, vegetais e produtos integrais, evitando produtos refinados.

Também será importante incluir laticínios com baixo teor de gordura e reduzir o consumo de carnes vermelhas, dando preferência às carnes magras de aves ou peixes.

As leguminosas também devem ser um componente essencial dessas dietas para crianças com problemas de obesidade, já que elas serão uma ótima fonte de proteína vegetal.

As quantidades devem ser moderadas, para evitar a ingestão excessiva de calorias e, é claro, é preciso limitar significativamente o consumo de açúcar e gorduras saturadas. Uma das chaves para essas dietas será evitar que as crianças bebam muitas bebidas açucaradas ou comam doces industrializados.

O problema que deve ser levado em conta com tudo isso é que estaremos lidando com crianças, e os legumes e verduras não costumam fazer sucesso entre elas.

No entanto, não será difícil encontrar métodos para fazer versões mais saudáveis ​​de seus pratos favoritos, assim como informações sobre como incorporar hábitos mais saudáveis ​​ao seu dia a dia.

Modelos de dieta para crianças com problemas de obesidade

Para oferecer algumas ideias de dietas adequadas para crianças com problemas de obesidade, mostraremos alguns exemplos de menus diários. Eles incluem alimentos que lhes fornecerão os nutrientes de que necessitam em sua devida extensão.

Menu 1

  • Café da manhã: para o café da manhã, será essencial apresentar versões desnatadas. Podemos oferecer torradas integrais com azeite e um suco natural de frutas.
  • Almoço: uma salada verde com sementes e alguns legumes fornecerá energia e proteína. Também podemos preparar massa com legumes ou peixe grelhado. Na sobremesa, será muito importante reduzir o consumo de açúcar e oferecer fruta ou iogurte desnatado.
  • Lance: o lanche da tarde não deve ser muito pesado. Nesse sentido, podemos dar às crianças um prato à base de frutas ou uma tigela de cereais integrais com leite desnatado.
  • Jantar: para terminar o dia, podemos incluir mais vegetais na dieta, com um purê de batata ou um prato de frango com legumes. Para a sobremesa, uma banana ou um pêssego pode terminar de cobrir o consumo diário de frutas.

Menu 2

Criança comendo na escola

Esta é outra alternativa para expandir as possibilidades da dieta:

  • Café da manhã: para começar o dia, idealmente, pode ser uma batida de frutas com leite desnatado, grãos integrais ou torradas com geleia. Um iogurte desnatado também pode ser um laticínio adequado ou, para adicionar um possível toque salgado, torradas com abacate, azeite e sal. Desta forma, podemos incorporar uma boa quantidade de gorduras naturais saudáveis ​​na dieta das crianças.
  • Almoço: um prato de arroz integral com legumes ou cogumelos, ervilhas com batata ou um creme de abobrinha podem fornecer às crianças uma boa quantidade dos vegetais necessários diariamente. Um bom truque para agradar ainda mais as crianças poderia ser adicionar croutons.
  • Lanche: mais uma vez, no meio da tarde, podemos dar às crianças um lanche com base em frutas ou laticínios desnatados. Para recompensá-los e incentivá-los a seguir a dieta, outra opção é oferecer pão com chocolate amargo ou queijo light com mel. Desta forma, elas poderão comer algo doce, mas sem um consumo excessivo de açúcar.
  • Jantar: para terminar a dieta diária com uma refeição leve, podemos preparar uma salada de frutas com massa, aspargos gratinados ou um espeto de queijo muçarela.

Resumindo, a chave para essas dietas para crianças com problemas de obesidade é reduzir o consumo de açúcar. Também será importante evitar que as crianças comam refeições rápidas e sem muita preparação, muitas vezes baseadas em produtos industrializados.

Devemos evitar que eles comam de forma distraída, que comam doces enquanto assistem à televisão e, é claro, também devemos incentivar o exercício físico regular.

Recomendados para você