6 benefícios do azeite extravirgem para a saúde

São vários os benefícios do azeite extravirgem. Para obter o melhor de suas propriedades, devemos garantir que seja de primeira pressão a frio. Podemos aproveitá-lo tanto internamente quanto externamente.

Conheça os benefícios do azeite extravirgem, usado regularmente em cozinhas em todo o mundo, tanto em nossos lares quanto por personalidades de renome no mundo da gastronomia.

Seu sabor o torna um excelente ingrediente para acompanhar diferentes receitas. Não obstante, a parte saudável também desempenha um papel importante. São as suas propriedades que o tornam o motivo mais importante para seu uso.

Os benefícios do azeite extravirgem são decorrentes de seus componentes, entre os quais destaca-se uma grande quantidade de gorduras monoinsaturadas.

Além de nos fornecer vitamina E, este azeite é rico em ácidos:

  • Oleicos
  • Palmíticos
  • Esteáricos
  • Palmitoleicos
  • Linoleicos

Benefícios do azeite extravirgem

Incluir este ingrediente no cotidiano traz consigo vários benefícios para o organismo. Os componentes mencionados anteriormente desempenham um papel fundamental.

A seguir, vamos expor uma série de benefícios obtidos pelo uso deste azeite.

Tratamento de dores

Mulher segurando jarra de azeite

Muitas das condições que causam dor são causadas pela ação inflamatória do organismo. O azeite extravirgem é reconhecido por suas propriedades anti-inflamatórias, portanto, pode ser muito útil.

Graças ao oleocantal presente no mesmo, aplicá-lo na área afetada por meio de uma massagem favorece a desinflamação. Por sua vez, a dor também diminuirá gradualmente. Esse é um dos grandes benefícios do azeite extravirgem.

Propriedades contra o câncer

Antes de mencionar este benefício, devemos ressaltar que nenhum alimento no mundo funciona para curar ou eliminar o câncer .

No entanto, ingeri-los ajuda a reduzir a possibilidade de sofrer dessa doença. É o caso do azeite extravirgem.

De acordo com vários estudos, componentes como o ácido oleico presente nele reduzem a probabilidade de sofrer de câncer .

Além disso, o ingrediente em questão é um dos melhores antioxidantes naturais que existem, por isso também ajuda a eliminar toxinas do corpo.

Protege o organismo

Benefícios do azeite de oliva extravirgem

As propriedades acima mencionadas não só funcionam para favorecer o funcionamento celular em relação ao câncer.

O azeite extravirgem contribui para o corpo em geral, especialmente o sistema imunológico.

Bactérias e outros tipos de organismos celulares prejudiciais são atacados pelos componentes do azeite e são eliminados progressivamente.

Isso ajuda na proteção contra uma série de doenças ou doenças relacionadas a vírus.

Combate o colesterol

Dentro da proteção oferecida pelo azeite de oliva em relação ao organismo, sua capacidade de reduzir o colesterol é um dos mais destacados benefícios do azeite extravirgem.

Suas gorduras monoinsaturadas estimulam o sistema circulatório para eliminar o colesterol ruim (LDL). Por sua vez, favorece o colesterol bom (HDL).

Desta forma, pode nos ajudar a prevenir doenças associadas ao sistema cardiovascular e, inclusive, promover a respiração celular, uma vez que o transporte de oxigênio é facilitado.

Cuida da pele

Mulher com rosto maquiado

Um dos benefícios do azeite extravirgem mais conhecidos é o cuidado da pele. Não é segredo para ninguém que o tecido da pele está exposto a muitos elementos prejudiciais, como poeira ou luz solar.

Estes são responsáveis ​​pela deterioração progressiva e afetam a pele. Felizmente, este óleo tem propriedades para cuidar da derme, especialmente quando usado topicamente.

Claro, não deve ser usado como protetor solar, pois pode ser contraproducente .

Sua aplicação hidrata e evita a deterioração prematura das células. Também interrompe o envelhecimento e repara o tecido danificado.

Previne a doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer pode afetar a forma como você pensa, age, se comporta e recorda. No entanto, apesar de ocorrer em idades mais avançadas, não está relacionado ao envelhecimento.

Atualmente, é caracterizado como um dos tipos de demência mais comuns no mundo. Com a passagem do tempo, os efeitos pioram o estado do cérebro.

Por outro lado, a doença de Alzheimer está entre as chamadas doenças neurodegenerativas, o que indica que pode ser tratada, mas não curada. No melhor dos casos, pode ser prevenida.

O azeite de oliva extravirgem pode ser um excelente aliado a este respeito. Isso foi revelado por um estudo recente.

Sendo um antioxidante natural, seu consumo ajuda a eliminar toxinas presentes no cérebro, que causam a doença em questão.

Você já conhecia estes benefícios do azeite extravirgem? Não deixe de aproveitar todas as suas propriedades em sua dieta regular.

Recomendados para você