Dicas para ter um dia cheio de motivação e alegria

· 14 de dezembro de 2017
A felicidade é algo pessoal, um conceito subjetivo que depende de cada pessoa e seu contexto. No entanto, no final, a felicidade é uma escolha, assim como a motivação e alegria.

Quando éramos pequenos, tudo parecia ser muito mais fácil e divertido. No entanto, à medida que crescemos, nosso caminho através da vida nos faz esquecer de nossos sonhos.

Ao longo do tempo, programamos e caímos no círculo vicioso de conforto.

Desta forma, nos tornamos escravos da rotina. Percebemos o quão é importante para nós alcançar uma vida cheia de felicidade e satisfação.

No entanto, cada um de nós tem o poder de determinar nosso próprio humor e o curso de nossas vidas.

O humor determina a direção de sua vida. Você decide em que estado de espírito está. Portanto, você é o capitão de sua própria felicidade.

Alfredo Culebro

Felicidade, motivação e alegria

Moça sentindo motivação e alegria

Matthieu Ricard, o homem mais feliz do mundo, define a felicidade como a “profunda sensação de serenidade e plenitude”.

Ricard diz que qualquer pessoa pode encontrar a verdadeira felicidade, que é alcançada através da sabedoria, altruísmo, compaixão, deixando de lado as “toxinas mentais”, isto é, o ódio, ganância e ignorância.

Da mesma forma, o Dalai Lama em “The Book of Joy” argumenta que os próprios seres humanos criam condições que minam a alegria e a felicidade devido a tendências negativas da mente, reatividade emocional ou incapacidade de apreciar e usar recursos internos.

Por outro lado, assim como o ser humano tem o poder de alimentar seu próprio sofrimento, ele também tem a capacidade de gerar mais motivação e alegria.

De acordo com o Dalai Lama, a chave para a felicidade reside na gestão interna, que inclui as atitudes e reações que tomamos e aplicamos na vida diária.

Além disso, um elemento fundamental para atingir nossos objetivos para ser feliz é a motivação. 

Ricard, mencionado acima, argumenta que o ser humano tem a capacidade de se sugerir sentir felicidade, motivação e alegria quando quiser.

No entanto, se o nosso objetivo for altruísta ou sincero, será muito mais provável desfrutar com paixão o que é feito todos os dias e também espalhar essa atitude para outras pessoas.

Veja também: Os amigos duplicam as alegrias e dividem as tristezas

O que fazer para viver mais feliz?

Michael Fordyce foi um dos pioneiros da Psicologia Positiva; isto é, dos métodos e atividades que visam cultivar sentimentos, comportamentos e cognições positivas.

Ele foi o criador de um programa chamado “14 princípios básicos de felicidade”.

Este programa visa fazer com que as pessoas apliquem cada um dos princípios característicos das pessoas felizes, para que também possam ser felizes.

Essas 14 condições são as seguintes:

  • Seja mais ativo e fique ocupado
  • Socialize por mais tempo
  • Seja produtivo em algum trabalho significativo
  • Seja organizado e planeje
  • Evite se preocupar
  • Diminua aspirações e expectativas
  • Desenvolva um pensamento otimista e positivo
  • Viva no presente
  • Trabalhe com uma personalidade saudável
  • Promova uma personalidade extrovertida e sociável
  • Seja você mesmo
  • Elimine sentimentos e problemas negativos
  • Relacionamentos próximos são recursos da felicidade
  • Valorize a felicidade

Além dos princípios do programa Fordyce, existem outros aspectos importantes que devem ser levados em consideração. Em Melhor com Saúde selecionamos o seguinte:

Cuide da sua saúde física e psicológica

Mulher relaxando e sentindo motivação e alegria

Deve-se considerar que as causas da apatia também podem ser causadas por doenças, problemas de tireoide, estresse, distúrbios químicos e psicológicos, consumo de drogas ou mesmo menopausa.

Além disso, é essencial dedicar tempo à atividade física, porque os efeitos sobre o corpo são incontáveis. Portanto, cuidar do nosso corpo é uma das chaves para viver com motivação e alegria.

Você se sente constantemente estressado? Nós o convidamos para ler o seguinte artigo: 7 indícios de que o estresse está afetando-o além da conta

Evite a inveja

A inveja geralmente aparece quando a pessoa está muito concentrada no material e, como resultado, é impossível manter a tranquilidade mental. De fato, o efeito da inveja é corroer qualquer tipo de relacionamento, destruindo a mente e a saúde.

Por esse motivo, é importante cultivar emoções que produzam alegria e paz de espírito, como conhecimento ou experiência. Desta forma, nossa concentração será direcionada para cuidar dos nossos valores autênticos.

Desfrute de emoções positivas

Mulher desfrutando de um dia com motivação e alegría

Todas as emoções têm uma função positiva, porque permitem o autoconhecimento.

No entanto, emoções positivas, como perdão, esperança, generosidade e gratidão ajudam a neutralizar os negativos. Elas não só provocam prazer, mas também melhoram as habilidades pessoais, intelectuais, físicas, psicológicas e sociais.

Aceite experiências dolorosas

As emoções negativas sempre serão inevitáveis ​​na vida, pois estaremos expostos à perda, erros e falhas.

No entanto, a felicidade não é apenas a ausência de sofrimento, mas depende do equilíbrio de emoções positivas e negativas.

Portanto, ao aceitar experiências dolorosas, o autocontrole e a flexibilidade psicológica são fortalecidos e continuarão a crescer apesar das tragédias.

Em conclusão, alcançar a motivação e alegria que nos levam à felicidade requer vontade, esforço e trabalho. No entanto, viver com alegria significa viver mais e, por essa razão, vale a pena trabalhar nisso.