Devemos esquecer a dor para começar de novo

· 23 de agosto de 2018
Não se prenda a pensamentos tristes e negativos, pois isso o impedirá de avançar em seus projetos e afetará sua saúde. Tente adotar uma atitude positiva e pense que tudo passa.

As emoções geradas pela dor sempre estarão presentes na vida de qualquer pessoa. Há momentos em que você pode dominá-las e bloqueá-las, mas devemos aprender a lidar com elas para começar de novo.

As emoções relacionadas à dor são o medo e a tristeza. A emoção é uma reação psicofisiológica a um evento que se apresenta ao indivíduo. Não podemos nos esquecer de que a pessoa é um ser de emoções, e a cada dia estamos em constantes mudanças emocionais.

A dor gera mudanças fisiológicas, cognitivas e comportamentais que podem gerar estados de ansiedade e depressão. Ao nos mantermos presos à dor, o humor muda e é constante. Portanto, em um humor depressivo, tudo ao seu redor produzirá tristeza, nostalgia e depressão.

Há situações emocionais, como a perda de um membro da família, doenças, crises financeiras ou qualquer evento que gere dor ao indivíduo. Como todas as emoções, a dor deve ser vivida e a tristeza assumida no momento, mas não superar a dor pode causar instabilidade emocional e depressão.

Para superar essas emoções, existem ferramentas como a inteligência emocional. Isso consiste em um conjunto de habilidades emocionais para controlar funções fisiológicas fundamentais, como percepção e atenção aos estados fisiológicos ou expressivos.

As habilidades emocionais incluem:

  • Perceber, valorizar e expressar suas emoções com precisão.
  • Gerar sentimentos que facilitem o pensamento.
  • Compreender as emoções e o conhecimento emocional.
  • Regular as emoções promovendo o crescimento emocional e intelectual.

Ao controlar suas emoções, você pode avançar e liberar a dor que o incomoda. Se você se encontrar em uma situação de tristeza, aqui explicaremos como esquecer a dor para começar de novo.

Revise suas emoções e viva-as no momento

Mulher tentando superar a dor sozinha

Uma situação pode gerar reações diferentes, e as emoções determinarão suas ações. Se você estiver em um momento de dor, a primeira coisa que você deve fazer é entender aquilo que lhe afeta e que aceite a emoção.

Em algumas ocasiões, você pode se reprimir e não chorar, gritar ou expressar o que sente no momento por medo dos outros. No entanto, isso é prejudicial, porque se você não lidar com a emoção no momento, você pode entrar em um estado de depressão. Viva a emoção, não a reprima!

Não pressione ou julgue a si mesmo porque você se sente assim. Você deve entender que são situações momentâneas que acontecem na vida. Não temos controle das situações externas e há questões que podem nos afetar, já que não somos perfeitos. No entanto, você deve entender que a dor não durará a vida toda.

Esqueça a dor e se apoie em seu círculo social

Não se vitimize e esqueça a dor. Todos estão vulneráveis ​​a situações que os desafiam e os levam ao limite. Você não é o único que vive com tristeza e medo. Devemos enfrentar esses sentimentos com força e ter a vontade de superar esses momentos.

A dor pode gerar uma sensação de solidão e talvez você sinta que o mundo virou as costas para você. No entanto, você não está sozinho: apoie-se na sua família, amigos ou parceiros para superar a dor. Eles vão acompanhá-lo e ocupar sua mente com conversas que vão distraí-lo.

Apoiar-se no seu círculo social é compartilhar com eles e aproveitar o momento. Distraia-se, mas não sobrecarregue os outros com seus problemas, porque você não sabe o que a pessoa que está ouvindo pode estar sentindo.

Limpe sua mente com atividades recreativas

O apoio familiar ajuda a esquecer a dor

Sair para um passeio, praticar um esporte, viajar ou fazer qualquer atividade que você goste, irá ajudá-lo a esquecer a dor. Manter a mente ocupada é a opção para superar a tristeza.

Avalie o que faz você se sentir bem, experimente fazê-lo deixando o medo de lado. Seu bem-estar depende de você; aproveite os pequenos momentos que a vida lhe oferece.

Comece de novo com um plano de vida

Esquecer a dor é uma decisão pessoal, cabe a você superá-la e enfrentar a situação com coragem. Assim você pode repensar os objetivos e continuar com seu plano de vida. Não deixe a dor te fazer estagnar ou desviá-lo de seus objetivos, e coloque a resiliência em prática.

No início é difícil retomar o curso da vida em uma situação de dor, mas a vida continua e devemos continuar com ela. Diante de uma queda, agite a poeira e levante novamente para continuar na estrada.

Viver em um estado de dor constante vai deprimi-lo e pode causar danos à sua saúde mental e física. Um estado de depressão e ansiedade pode se tornar uma doença psicológica. Além disso, você pode somatizar essas emoções e afetar sua saúde física. Supere a dor. Viva a vida e seja feliz!