Conselhos para as pessoas idosas durante a quarentena

26 de março de 2020
As pessoas idosas precisam de mais apoio do que nunca nesse momento. São elas que correm mais risco e, também, que devem aplicar as medidas mais rigorosas. No entanto, esse período também pode ser agradável se as decisões corretas forem tomadas.

Certamente, as pessoas idosas do mundo todo sentiram uma grande carga de estresse nas últimas semanas. Ninguém estava preparado para enfrentar medidas tão drásticas como a quarentena, uma situação que muda completamente a vida cotidiana e restringe as possibilidades de ação. Por isso, vamos dar alguns conselhos para pessoas idosas durante a quarentena.

Os idosos, assim as pessoas que sofrem de algumas doenças, correm o maior risco e carregam o maior peso psicológico nessa situação. São principalmente eles que devem aderir às restrições impostas com maior rigor. A primeira delas é: não sair de casa.

Essa questão não tem discussão, visto que ficar em casa é a medida fundamental para proteger a vida das pessoas idosas. No entanto, essa medida pode se transformar em um fator adicional de angústia se não for adequadamente tratada. O confinamento não é fácil de suportar, mas é possível com uma dose de boa vontade. A seguir, oferecemos alguns conselhos para tornar essa situação menos difícil.

Reduzir a exposição: uma medida crucial para os idosos

Todas as evidências científicas disponíveis, assim como a experiência em vários países do mundo, indicam que a medida mais eficaz para evitar o contágio é o isolamento. Evitar o contato com outras pessoas é importante para todo mundo, mas principalmente para os idosos.

Portanto, a primeira razão para ver essa situação em termos positivos é a seguinte: existe uma chance de evitar o contágio, e isso é ótimo. Portanto, as pessoas mais velhas devem se agarrar a essa possibilidade, porque é o passaporte que têm para seguir com suas vidas e continuar presentes na vida das pessoas que amam.

Leia também: Como conviver com uma pessoa com coronavírus?

Compreender que é algo temporário

A medida de quarentena é temporária e serve para limitar o contágio, ou seja, diminuir a velocidade com que o vírus se espalha e, assim, tornar a situação mais controlável. O isolamento não vai durar para sempre. Quanto mais pessoas respeitarem essa medida, maior é a probabilidade de que termine em menos tempo.

Nos momentos em que o isolamento pesar muito, você deve se lembrar de que será apenas uma situação de dois ou três meses. Portanto, o mais adequado é organizar a mente para aproveitar esse período da melhor maneira, de forma que logo se torne apenas a memória de uma experiência diferente.

Mulher idosa descansando durante a quarentena
Quem tem um pequeno quintal pode aproveitar a oportunidade para passar algumas horas lá, sem sair de casa

Como as pessoas idosas podem aproveitar o tempo durante a quarentena?

É uma boa ideia planejar uma rotina adequada à nova situação. Quando uma pessoa fica em casa por muito tempo, é comum que comece a agir com uma certa preguiça, mas você não pode permitir que isso aconteça. É aconselhável organizar o tempo com as atividades que podem ser realizadas.

O ideal é não alterar os horários normais de sono e das refeições. Levante-se de manhã, tome banho e se arrume para um novo dia, que dessa vez vai ser vivido dentro de casa. Não devemos nos deixar cair na tentação de passar o dia todo de pijama e na frente da televisão trocando de canal.

Descubra: Informações sobre o coronavírus para pessoas com câncer

O que as pessoas idosas podem fazer durante a quarentena?

Jovem lendo e tomando café

Existem muitas respostas para essa pergunta, mas, em geral, pode-se dizer que isso depende dos gostos, dos interesses e dos hobbies de cada pessoa. Uma boa ideia é começar fazendo uma lista de atividades que estejam pendentes há algum tempo e que possam ser realizadas em casa. Por exemplo, organizar o guarda-roupa ou os livros, ou terminar uma tarefa doméstica.

Na medida do possível, também é um bom momento para explorar os hobbies que às vezes são deixados de lado por causa da rotina habitual. Por exemplo, escrita, pintura ou jardinagem. Escrever um diário para registrar os detalhes da experiência também é uma atividade que ajuda a ordenar as ideias.

Manter contato com outras pessoas

É importante que, durante a quarentena, as pessoas idosas se mantenham em contato com familiares ou conhecidos. Ficar em casa não significa cortar todos os vínculos. Para evitar que isso aconteça, existe o telefone, a Internet e os outros meios de comunicação.

Talvez essa seja uma oportunidade de explorar um pouco mais algumas alternativas oferecidas pelos aparelhos tecnológicos, que nos permitem manter contato com os outros facilmente. É aconselhável entrar em contato com conhecidos para perguntar como eles estão e informá-los a respeito de como você está. Existe, inclusive, a possibilidade de criar uma rede ou um grupo para manter contato diariamente e fornecer ajuda mútua, se for necessário.

Também é positivo procurar se manter informado pelo rádio, pelos jornais ou pela televisão, para saber como a situação está progredindo. Cada dia de isolamento e distanciamento social é uma conquista e aumenta as chances de superarmos a atual pandemia.