Conheça os sintomas de uma parada cardíaca, é melhor estar prevenido

· 17 de junho de 2018
Descubra os sintomas de uma parada cardíaca para saber como evitá-la. Lembre-se, sua saúde sempre vem em primeiro lugar.
A saúde nunca é um problema menor. Portanto, é importante saber quais são os sintomas de uma parada cardíaca, para que você saiba como agir se eles ocorrerem. Além disso, se você aprender a detectá-los poderá ajudar seu médico a coletar informações valiosas sobre o que está acontecendo, e a que se deve prestar atenção.

O que é uma parada cardíaca?

Em primeiro lugar, e antes que possamos ver quais são os sintomas anteriores de uma parada cardíaca, devemos nos lembrar de que se trata esse termo. Bem, um ataque ou parada cardíaca é aquele desconforto que ocorre quando há um coágulo que bloqueia as artérias e, por isso, impede a passagem do sangue para o coração. Quando esse bloqueio ocorre o coração não recebe o oxigênio necessário, e as células cardíacas morrem.

Os sintomas da parada cardíaca

1. Problemas para respirar

Se você tiver uma sensação de cansaço e dificuldade para respirar, tenha muito cuidado, pois pode ser um sintoma de parada cardíaca. Cientificamente, este é conhecido como dispneia, e é um sintoma que tem maior incidência em mulheres. Não precisa ser algo imediato, mas pode aparecer meses antes de sofrermos um ataque cardíaco.

O sintoma inconfundível é que, geralmente, é acompanhado de grande fadiga. Então, se você perceber que está exausto sem uma causa aparente, consulte seu médico assim que possível.

2. Suor excessivo

Excesso de suor é outro sintoma de uma possível parada cardíaca. Se você perceber que mesmo que não esteja fazendo exercício, sua facilmente, pode ser um sinal de que o coração tem algum tipo de problema.

Se nossas artérias estiverem bloqueadas, um bombeamento ocorre com maior dificuldade, e requer que o coração faça um esforço maior, isso se traduz no aparecimento de suor. Uma consequência da resposta do corpo, que tenta manter a temperatura corporal.

Excesso de suor é sintoma de uma possível parada cardíaca

3. Indigestão e vômito

Embora possa parecer que não há relação aparente entre a parada cardíaca e problemas digestivos, mas existe. É fato, que muitas vezes as paradas cardíacas são precedidas por problemas digestivos, que incluem náuseas e vômitos.

É muito difícil que o vômito ou a náusea sejam um sintoma de um problema coronariano, mas se você geralmente tem um estômago de ferro, e não ingeriu nada de anormal, tenha muito cuidado porque pode estar enfrentando um problema mais sério.

4. Dor no peito

Este é um dos sintomas de parada cardíaca mais fácil de reconhecer, e mais frequente. No entanto devemos ter em mente, que esta nem sempre é acompanhada por dor no peito. Em qualquer caso, a dor no peito, se for devido a um ataque cardíaco, geralmente dura cerca de 15 minutos, e para identificá-la vamos sentir uma pressão intensa no peito, que pode fluir para os braços e ombros. Acima de tudo, essas dores serão sentidas na área esquerda do corpo, e podem aparecer dias antes.

5. Dor nas costas e mandíbula

Nós também notaremos uma dor nas costas e na mandíbula, no caso de um ataque cardíaco iminente. Esses sintomas tendem a aparecer mais entre mulheres do que em homens; assim, se você perceber que de repente sente esses desconfortos, vá ao seu médico.

Dor nas costas e mandíbula, sintomas de uma parada cardíaca

6. Atordoamento

O atordoamento também pode ser um dos sintomas da parada cardíaca. O normal é que venha acompanhada de tonturas que podem ir aumentando. A pessoa perde o equilíbrio, e se sente muito confusa nesses casos. Por isso é importante manter a calma, e não fazer movimentos bruscos.

Recomendações

Se você notar algum destes sintomas, e souber que eles não estão associados a algo que possa acontecer com você, como problemas estomacais, um transtorno de estresse diagnosticado, etc… vá ao seu médico para que ele possa determinar as causas desses sintomas.

A prevenção é fundamental para detectar uma possível doença cardíaca, ou simplesmente para melhorar os hábitos de vida antes, que ocorra um ataque cardíaco. Entre os hábitos saudáveis ​​que o ajudarão a evitar um ataque cardíaco, está o fato de seguir uma dieta saudável, não fumar, fazer exercícios, e evitar ter uma vida sedentária em maior ou menor grau.

Se você reconhecer os sintomas e os detectar previamente, pode evitar algo tão sério quanto um infarto do miocárdio, uma das principais causas de morte no mundo. Preste atenção a esses sinais que o seu corpo lhe envia, e mantenha-se saudável.